Once Upon A Time 6×06: Dark Waters

20
820

Agora é que são… Eles?

Once Upon A Time nos entregou um episódio meio morno e com velhos assuntos batidos e rebatidos mil vezes na série.

É de praxe que se OUAT se baseia em histórias e mitologias com releituras diferentes e totalmente desapegadas das versões originais. Já passamos pelo passado, presente, Terra do Nunca, Camelot, Nova Iorque, Oz, País das Maravilhas e por aí vai. A bola da vez está com a Terra de Histórias Não Contadas, baseados em histórias que ninguém conta (é nada) e até um pouco desconhecido para muitos (para mim é).

Dark Waters focou em Hook e na sua relação com Henry e também teve a tarefa de introduzir o Capitão Nemo (que não está procurando Dory e não tem nada a ver com peixes palhaços). Cap Nemo é uma personagem vinda diretamente das páginas do famoso (???) livro Vinte Mil Léguas Submarinas de Júlio Verne, datado de 1870. Desconhecido para você? Para mim também. Além do mais, tivemos alguns relances da eterna trouxisse de Bela e a construção de um vínculo muito legal entre Emma e Aladdin, os dois salvadores.

O submarino Nautilus foi o lugar onde Capitão Nemo e Hook se conheceram. Ainda na Floresta Encantada, Hook vai parar no submarino do capitão e ele o ajuda a encontrar um tesouro que os levará para outro mundo. Nesse meio tempo, Hook revela que matou seu pai e deixou um meio-irmão vivo. O famigerado tesouro é encontrado e Hook descobre que seu meio-irmão está a bordo do submarino e está de vingança no seu coração. Ao tentar matar Hook, Liam acaba esfaqueando Nemo. Nesse meio tempo, Hook pica a mula do submarino e os dois vão parar na Terra das Histórias Não Contadas. O que nos transporta diretamente para os dias de hoje.

Nenhum episódio foi focado na relação de Henry com Hook e isso foi uma das coisas que mais gostei. É difícil para um menino em plena adolescência aceitar um padrasto de uma hora para outra. É ainda mais difícil para Hook colocar na cabeça que, ao estar com Emma, terá uma família. Afinal, ele falhou com pai e com a Mila e não vai ser de uma hora para outra que ele vai aceitar ser de uma família tão rápido assim. Apesar de ter gostado deste foco nos dois, fico cansada ao ver esse negócio de problemas familiares sendo jogado de novo na série. Mas entendo o porquê de a série ter trazido isso à tona agora: uma nova família está se formando em Storybrooke.

Ainda falando nessa parte de família: Henry agora tem três mães. Isso mesmo que você leu. Mamãe Regina, mamãe Evil Queen e mamãe Emma. É muita mãe para pouco Henry! Com certeza ainda teremos muita confusão por causa disso.

Enquanto Hook e Henry estão presos no submarino tocando o terror, Evil Queen tá solta em Storybrooke. Sedenta de vingança, a bruxona quer o coração de Snow White. De novo. Numa bandeja. De novo. Mata-la. De novo. Para isso, ela troca a Cisalhas do Destino (???) e pede ajuda a Rumple. Além do mais, esse joguinho de sedução dela para cima de Rumple foi estranhíssimo de se ver. Malucona do momento.

Por fim, Emma teve uma pequena conversa com Aladdin. Ela, já sabendo as consequências e as glórias de ser uma ‘salvadora’, o aconselha a enfrentar esse desafio, mesmo não tendo seus poderes mais. Emma sabe do que está falando já que tentou fugir muitas vezes desse posto, até que no fim, decidiu abraçar esse seu outro lado. A ajuda mutua entre os dois foi bonito de se ver e espero que ainda explorem essa relação entre eles. Para completar a cereja do bolo, quando Aladdin passa a aceitar um pouco mais, descobre através de Jasmin que Agrabah sumiu. E agora? Veremos nos próximos capítulos.

Snow e David não fizeram nada demais nesse episódio, a não ser fazer o bebê de Zelena chorar e salvar o Archie. Bela continua sendo a trouxa que sempre é quando se fala de Rumple.

Uma coisa que me deixou intrigada e jogo o questionamento aqui: aquela Cisalha do Destino serve para que? É só para tirar a magia de um salvador? Se sim, para que Rumple a quer para usar na Bela e filho? Se não, para que ela serve? Ele não tem quase cabelo para cortar mais. O que ele quer fazer com isso? Fica a pergunta no ar.

Numa temporada que começou ruim e está melhorando a passos bem lentos, Dark Waters não foi bom nem ruim. Ele está naquela corda bamba, pende para um lado e pende para o outro. Os plots surgindo do nada e indo para lugar nenhum são um ponto fraco da temporada com um todo. Espero que melhorem né? Vamos ver o que Capitão Nemo e a Terra das Histórias Não Contadas nos reserva.

> Veredito da 3ª temporada de Black Mirror!

Era uma vez um PS1: Amiga Evil Queen, que cara branca é essa? Caiu no gesso e esqueceu de limpar a cara foi querida? Regina já disse: Bring it, queenie.

Era uma vez um PS2: Hook confuso no submarino. Bloody hell!

Era uma vez um PS3: Liam, você não chega aos pés de Damon Salvatore ao dizer – Hello, brother.

Era uma vez um PS4: Ainda não aceito o fato de o plot de Aladdin ainda não ter aparecido o Gênio e Abbu. Quero o Abbu mesmo e não aquele projeto de macaco-dourado-peso-de- espadas.

Era uma vez um PS5: Eu gargalhei alto quando vi o nome do Capitão. Nemo. Risos. Seriam o Liam a nova Dory?

Era uma vez um PS6: E aí meu povo! Como podem ver, não é a Priscilla que está escrevendo a review hoje. Estou quebrando um ganho para ela e cobrirei o episódio 6 e o 7. No oito ela já estará de volta! Espero que gostem.

  • Vitor Neves

    Na verdade, acho que a temporada começou boa e esse episódio foi chato. Mas vamos lá, estamos falando de OUAT.

    • Edith Larissa

      Hahahaha. Sem muita exigência com OUAT.

  • Ronaldo

    Acho que a cisalha muda o destino já traçado, no caso o Aladdin era destinado a ser o salvador e, quando usou a cisalha isso mudou e por isso ele ficou sem os poderes.

    • Edith Larissa

      Boa. Não tinha pensando nisso.

  • João Manoel

    Foi ironia sua ou realmente você não conhece 20.000 Léguas Submarinas?

    • Edith Larissa

      Não foi ironia. Não conheço, de verdade. Dei uma pesquisada por cima e parece ser uma história massa.

      • João Manoel

        Muito boa. Leia, você não vai se arrepender. É um dos maiores clássicos da literatura mundial.

        • Edith Larissa

          Já está na WishList! 😀

  • Laerte Neto

    Caramba, não conhecia 20 mil léguas submarinas?
    Eu não li, mas conheço a história.
    Acho que é questão de geração, mesmo. A nossa geração talvez não conheça tão bem, mas é super famosa na geração dos nossos pais. Teve inúmeras adaptações das mais diferentes formas e mídias. A mais recente que eu me lembre foi o no Filme a Liga Extraordinária em 2003! Filme ótimo, recomendo! Prefiro o capitão Nemo de lá.

    • Edith Larissa

      Caramba! Agora eu to curiosíssima para ler. Vou arranjar esse livro logo. Tem até filme? Gente…. Vou procurar na internet para assistir!

      Eu fiquei boiando quando vi a personagem na série. O único Nemo que eu conhecia era de Procurando Nemo. HAHAHAHA

  • Jackson Douglas

    A historia é bem famosa, aliás o capitão nemo integra a liga extraordinária, da qual o medico e o monstro tbm fazem parte. E o Nemo(peixe) recebeu esse nome em homenagem a esse capitão.

  • João Carlos

    Quando eu vi um submarino ja imaginei que seria de Mil Leguas Submarina. Para mim essa obra é igual caviar nunca vi, só ouço falar.
    E concordo que a melhor coisa do episódio foi a relação entre Hook e Henry.

    PS: Evil Queen aparece só para semear a discordia e ir embora.
    E se está no cio tem pessoas melhores que o Gold

  • Marcelo

    Pra mim a temporada começou legal e tá ficando chata, espero que melhore.

  • Giovana Montezelo

    20000 léguas submarinas é um dos maiores clássicos da literatura, é parte do currículo das escolas lá fora, mas aqui no Brasil não.
    Quanto a Cisalha do destino, eu entendi que ela “corta” o destino, não os poderes. Quanto ela corta o destino da Emma, automaticamente ela deixa de ser a salvadora. Rumple viu o destino, ele estragou tudo e o filho o odeia, ele quer a Cisalha pra isso, pra cortar o destino e ter uma “família feliz”.

  • Flavio Batista

    Julio Verne, gente, pelo amor de Deus!!!!!!! Não to criticando, so to besta mesmo de ter pessoas q nao conhecem.
    Deve ser uma questão de geração… Uma pena.
    Mas ainda bem q vcs viram e teve ate gente q se interessou. Leiam, é bom demais.
    Outros classicos dele: Viagem a Lua, Viagem ao Centro da terra, A volta ao mundo em 80 dias, esses vcs ja devem ter ouvido falar.
    Nem assisto mais OUAT, mas entrei so pra incentivar mesmo.
    Parei na 4 temporada, compensa voltar?

    • G.S

      Vale sim viu! A primeira parte da quinta temporada é focada na Emma, e na minha opinião, depois da primeira temporada e a parte que focou na Zelena e Oz da terceira, é sem dúvidas, a melhor parte da série!

      • Flavio Batista

        Valeu! Vou voltar pessoal, ate pq minha noiva decidiu começar agora. Entao verei desde a primeira temporada com ela e la pela 10a. temporada devo alcançar vcs hahaha

  • G.S

    Essa temporada tá até boa. Tá inferior a 4A e a 5A porque ambas são excelentes, respectivamente Frozen e Dark Emma, mas ainda assim eu estou gostando, foi apenas um episódio mediano de outros bons que já tivemos. Eu não gosto do personagem Hook, até hoje nunca gostei de um episódio focado nele.

    P.S: Existe alguma relação amorosa entre o Capitão Nemo e o Liam ou foi coisa da minha cabeça? =O

  • “famoso (???) livro Vinte Mil Léguas Submarinas de Júlio Verne”

    oO Só um dos livros mais conhecidos da história da humanidade.

  • Larissa M.

    Essa temporada tá bem ruinzinha. Se não tivesse um apego tão grande por essa série, já teria largado.