The Young Pope 1×05: Chapter 5

0
260

Para que tipo de pessoa estamos dando poder? O jogo político vale mais à pena do que o voto sincero? Esses dois questionamentos são cruciais para entendermos melhor o que representa Lenny Belardo nesse excelente Chapter 5 de The Young Pope. Mais que uma crítica à igreja e ao seu papel na nossa contemporaneidade, a série vem trazendo um tom muito político, que reflete um movimento presente em vários lugares: o retrocesso político.

Se o mundo está em constante movimento, e a sociedade globalizada se mostra cada vez mais moderna, instituições seculares como a igreja católica precisam estar em constante metamorfose para acompanhar essas mudanças. Às vezes, contudo, essas mudanças são tão rápidas, que se cria uma certa aversão à elas, resultando em coisas como a eleição de Belardo, um papa que não “deve à ninguém”, que não está preocupado com o jogo político dentro da congregação, e por isso toma atitudes absolutamente impopulares.

Se Pio XIII já vinha se mostrando um sujeito de ideias conservadoras, em Chapter 5 ele realmente colocou as garras para fora e deixou claro que o seu objetivo é “despopularizar” a igreja. É curioso quando ele diz que o papa anterior fez um trabalho de aproximação. Será que o pontífice anterior era o próprio Francisco? Se a resposta for positiva, o movimento é razoavelmente semelhante à morte de João Paulo II e ascensão de Bento XVI, um cardeal mais conservador que o anterior.

Chegando justamente na metade da temporada, os conflitos de Belardo ficam cada vez mais claros: ele não tem certeza se Deus existe, e busca isso desesperadamente em tudo que possa lhe dar algum sinal, seja em uma mulher estéril que tenta engravidar, em um canguru que ronda os jardins do Vaticano, ou nas palavras de uma prostituta em um hotel. O Santo Padre é atormentado pela falta de seus pais, e a presença de Deus é importante justamente por lhe dar alguma evidência de que ele encontrará os dois em algum momento. Enquanto não tem certeza, ele chega à conclusão de que o melhor caminho é ser rígido. Se houver Deus, ele está cumprindo a sua palavra à risca; se não houver, ele tem todos sob o seu julgo.

Pio XIII mostra para Voiello que quando ele está indo, o papa já está voltando - The Young Pope --- Chapter 5
Pio XIII mostra para Voiello que quando ele está indo, o papa já está voltando – The Young Pope — Chapter 5

Acredito que quem tomou o maior susto com o total controle de Lenny sobre os pormenores da igreja foi justamente Voiello. Crente que continuaria a exercer uma enorme influência sobre o papa, Voiello foi engolido por Lenny, que se mostrou um passo à sua frente em todas as situaçôes. Nesse sentido, palmas para a cena em que Belardo abre para o cardeal o seu conhecimento sobre a espionagem que estava acontecendo, uma sequência maravilhosamente dirigida por Sorrentino, em que o Papa se mostra literalmente um “gigante”.

> As séries favoritas do Fábio Porchat!

Enfim, The Young Pope segue de uma forma bastante curiosa, nesse momento. Que tipo de medidas Belardo tomará para garantir que a igreja seja mais imperativa e pare de distribuir perdões a torto e à direito? Ainda não sei, mas uma coisa me parece certa: ao final desse processo, a igreja estará bem diferente daquela que conhecemos hoje.