The Voice Brasil 5×04: Audições às Cegas Parte 4

3
1295

Esse episódio pode ter sido o mais fraco até o momento, mas ainda continua com um nível muito acima das temporadas anteriores.

Embora tenha diminuído o número de participantes com 4 cadeiras viradas, ainda tem muita gente com potencial, até porque a quantidade de cadeiras viradas nem sempre reflete o potencial dos cantores (Amanda Brown teve apenas uma) e a essa altura do jogo, como as vagas estão diminuindo, é normal que os técnicos fiquem criteriosos em vez de sair apertando o botão para todo mundo, como fizeram nos dois primeiros episódios.

O elogio desse episódio foram os feedbacks, os jurados já tinham melhorado isso na temporada passada, mas chegou ao ápice nesse episódio com os discurso de Lulu e Cláudia Leitte para as duas pessoas reprovadas desse episódio. No caso de Juliara Ghiner, estava nítido a falta de personalidade artística e inexperiência e Lulu soube pontuar muito bem a necessidade de um cantor se descobrir antes de tentar uma exposição no nível desse programa.

Por outro lado, Carol Hends era uma cantora que tinha tudo para ser front-runner do programa, a voz dela é linda, ela tem experiência, história e carisma. Um mínimo erro no começo da sua apresentação a tirou de ter essa oportunidade e quem roubou cena foi Claudinha em uma linda mensagem para ela. Todo artista está sujeito a errar, mas a forma como lida com o erro é que o define. Quero muito que ela retorne na próxima temporada e mostre todo potencial que ela tem, e acredito que as chances disso acontecer são altas. Já que falei dos reprovados, vou focar agora naqueles que passaram e garantiram uma vaga.

Gabriela Ferreira – Chandelier

imagem-1

Foi muito bom ver essa apresentação um dia depois de Diego ter destruído essa música no X Factor Brasil (#JusticeforPrih!) para mostrar como é que se faz. Gabriela tem voz, personalidade, afinação e ainda conquistou muita gente na internet. É o nome mais forte que foi para o Lulu e por isso, se ele não inventar de arrastar seu queridinho, ela tem tudo para ser sua finalista. Meu único problema com ela é que ela tenta ser engraçada a todo momento e isso me deu preguiça, mas isso pode acabar sendo outro ponto positivo e ser um diferencial.

Veja a apresentação aqui.

Daniel Franco – Gostava Tanto de Você

imagem-2

Não entendi a pressa para virarem as cadeiras para ele, não vi nada demais. A voz dele é afinada e defende um estilo que não é muito valorizado no programa, mas achei precipitado. Ele só me convenceu depois de 1 minuto quando mostrou que também é capaz de estender a voz sem perder o tom. É mais um para o Team Milk e acredito que sairá vencedor em uma batalha contra o Lumi.

Veja a apresentação aqui.

Ariel – Encontros e Despedidas

imagem-3

Depois que Lorena fez uma das poucas apresentações boas da temporada passada com essa música, ficaria difícil de Ariel se destacar. Ela não é ruim, mas achei fraca, cantoras como ela, toda temporada tem pelo menos umas cinco no Team Brown e nunca passam das batalhas. Mas como ela canta o estilo que mais defendo e gosto de ver na versão BRASIL, aprovação justa e todo sabe que ela será pareada com a Cinthia Ribeiro.

Veja a apresentação aqui.

Nanda Loren – At Last

imagem-4

Seu inglês é bem ruinzinho pra quem morou anos nos Estados Unidos, hein? Ela é boa e pode fazer uma boa batalha, a voz não valorizou todo seu potencial, mas foi o suficiente para mostrar que ela tem chances de ir longe se fizer as escolhas certas de repertório e ter força para derrubar os front-runners de Cláudia Leitte.

Veja a apresentação aqui.

Matheus Santanielli – Escreve Aí

imagem-5

Achei péssimo, inexperiente e com um timbre chato. Espero sinceramente que o Telô só  virou  para descartá-lo na batalha contra o Bruno.

Veja a apresentação aqui.

Lanna Rodrigues – Pra Você

imagem-6

Ela tem uma voz que me chama atenção, aquela voz que parece que está contando uma história. Foi uma excelente escolha de música e que valorizou suas qualidades, mas não sei se ela tem capacidade de mostrar mais do que isso já que ela me pareceu um pouco limitada também.

Veja a apresentação aqui.

Gabi D’Paula – Força Estranha

imagem-7

Voz poderosíssima, mas a melhor apresentação dessa música ainda é de Thalita na primeira temporada. De qualquer forma, é mais um grande reforço para o time de Brown que está cada vez mais próximo de destronar Claudinha. Tem tudo para chegar nas lives, ainda mais que Brown costuma criar um vínculo com cantoras desse gênero e ela será bem aproveitada em seu time.

Veja a apresentação aqui.

Carol Vianna – Sozinho

imagem-8

No começo tinha achado uma boa cantora, apenas isso. Ela merecia passar, mas apenas para ser eliminada nas batalhas, mas as poucos foi me convencendo de que tem potencial e pode chegar longe. Com essa música foi tudo certo, mas tive a impressão de que não seria tão bem se fosse outra música, mas estou curioso para ver sua batalha, porque não faço a menor ideia com quem o estratégico Telô vai colocá-la.

Veja a apresentação aqui.

Kiko Britez – As Dores do Mundo

imagem-9

Típico cantor de baile de formatura. É bom, é animado, mas genérico. Já pode sair nas batalhas.

Veja a apresentação aqui.

Amanda Lince – Infiel

imagem-10

O time de Telô está realmente pesado para o sertanejo, mas como tem bons nomes do gênero, isso não me incomoda. Amanda me agradou em alguns pontos, mas ainda a achei muito inexperiente e força muito a voz em alguns pontos. Provavelmente será pareada com Jade Baraldo e ser eliminada.

Veja a apresentação aqui.

Os times estão assim:

imagem-11

  • Team Milk conseguiu 8 four-chair em seu time e segue na liderança, prometendo as melhores apresentações. Meus favoritos são: Alexey, Joana, Nanda e Renan.
  • Team Brown segue um pouco atrás, mas ainda sim com grandes nomes na disputa, e como ele é um ótimo estrategista e o que melhor exerce a função de técnico, existem muitas oportunidades de ele ser o vencedor: Minha torcida vai para: Afonso Cappelo, Camila Matoso, D’Lara e Lilian & Layane.
  • Team Telô foi o maior fortalecido nesse episódio e tenho certeza que ele vai chegar nas lives com uma popularidade altíssima. Gosto de Brena Gonçalves, Bruno Gadiol, Carol Vianna e Luiz Otávio.
  • Existe uma linha bem tênua entre os três times acima, com um nível bem elevado e Team Lux, que esse ano está com o time mais fraco, o que é uma consequências das sucessivas péssimas decisões que ele fez em temporadas passadas. Ainda sim tem muita gente que eu gosto aqui: Cammie, Fabiane Alcântara, Gabriela Ferreira e Isabela Huk.

Semana que vem os times se completam e eu farei a minha aposta dos pareamentos e vencedores de cada batalhas. Por enquanto, minha reação com o nível dos participantes dessa temporada está assim:

imagem-12

  • Léo

    Também achei o programa mais fraco das audições mas isso não quer dizer que seja ruim. Dos que passaram, talvez só a Gabriela consiga avançar pós batalhas. Falando nelas, já as quero e o primeiro dia vai ser numa quarta como a estreia. A Globo já podia anunciar como vai ser essa batalha de técnicos, tá tudo tão escondido que eu já vejo eles acabando com essa temporada.

    • Diogo Figueiredo

      Gabi tem muita chance de passar das batalhas. Batalhas numa quarta? Adoro ver essa falta de planejamento da emissora com o programa #sqn

      Eu tambem estou com medo dessa batalha de tecnicos, o nivel da temporada está muito bom para destruirem essa temporada!

  • Gabriel

    Acho que a Carol do time teló tb deve passar. Ele tende a passar os candidatos four chair hahaha Mas vai saber né. Achei bem mediano tb, mesmo assim, candidatos ótimos. O Bom da temporada é a pluralidade de estilos, isso torna a franquia excelente.