The Vampire Diaries 8×02: Today Will Be Different

18
1747

O dia não foi diferente em Today Will Be Different.

Está semana em The Vampire Diaries acompanhamos mais uma morte terrível: a da criatividade. Sarah morreu, ok, constei em ata, bola pra frente, o dia dela foi ontem, quem comemorou, comemorou, quem não comemorou fica a oportunidade aberta nos comentários. Pois bem, em plena última temporada, com um arsenal imenso de possibilidades em relação a todos os personagens – o que incluiria a passagem do canto da sereia Shondanás nos estúdios da CW – e o que os roteiristas decidem fazer? Reciclar um plot láááá do início da sexta temporada, só que agora invertendo os papéis, fazendo com que Damon esqueça todas as lembranças que tinha em relação nossa dorminhoca ex-protagonista. Sim, minha gente, Kevin Williamson voltou pra isso. Uma passagem rápida pelo Twitter comprova o papel de trouxa que estamos fazendo:

img1

– 07 de Outubro de 2014

img2

– 29 de Outubro de 2016

Duas línguas, mas um só sentimento: preferia star morto. Mas pra quem já foi trouxa uma quarta temporada inteira, não vamos fazer drama em plena oitava temporada, né non? Mentira, vou sim, pelo menos um pouco. Vocês se lembram da sangria desatada que foi acompanhar Damon, de episódio em episódio, tentando convencer Elena de que um dia eles foram apaixonados? Ele sendo aquele herói perfeito, cada dia salvando alguém diferente, lutando com todas as forças para tirar BonBon do mundo prisão e tentando impressionar Elena de todas as formas, para que ela visse seu melhor lado? Se você se lembra, eu lamento muito. Continuando, não tenho preparo psicológico para ver Elena nesse papel agora. Alias, a volta de Elena está cada vez mais próxima e a própria série está escancarando isso, reforçando a presença de Elena a todo o tempo, muito mais que na sétima temporada. Ela volta, e tá chegando a hora. A questão é como ela acordará! De todo modo, até eu que tento ser mais carrancudo, preciso admitir que estou ansioso e nostálgico quanto a esse retorno, sobretudo se ele vier envolto num corpo de uma perigótica doppelganger Katherine. Por favor, produção, eu nunca pedi nada.

Falando em gente que lacra, chegou a hora de falar da melhor pessoa/peixe dessa temporada: Sybil. Ela tem nome sim, e é nome que tem “y”, e como já é de conhecimento comum, nomes que tem “y”, “w”, “h” e consoantes duplicadas, são de pessoas que não vieram pra terra pra passarem despercebidas. Ela veio derrubar forninhos, devorar suas vítimas em uma piscina aquecida de um hotel de luxo e fazer o serviço sujo de macacão branco de costura fina (#saudadesCarminha). Ela é moderna, conscientizada sobre os maus tratos de frangos em cativeiro, passa no salão pra deixar o cabelo sempre com aspecto molhado e ainda obriga os boys a servirem-na em tempo integral. Quem já não a ama de graça, vai ter que amar obrigado. Não sei se deu pra perceber, mas eu gosto de graça mesmo, real oficial. Aliás, esse episódio só serviu pra confirmar a impressão dos três segundos de tela que nossa vilã teve semana passada: ela é kenga com força.

Os fatos são os seguintes: temos uma vilã, que invade a mente dos outros e ataca seus entes queridos – uma observação aqui, qual a necessidade dela colocar a mão no rosto da pessoa pra ler sua mente? Ela já faz isso sem as mãos mesmo. A única explicação: kenga que é kenga não perde a oportunidade de encostar nos boys. Ela está ciente sobre Bonnie e está ciente quanto à existência da Elena, o que a resta fazer? Tirar os empicilhos que impedem Damon e Enzo de serem dela por completo. E provavelmente será esse o rumo dos próximos episódios. No entanto, por conveniência de roteiro, ela preferiu se fazer substituir no papel de Elena e apenas tomar conhecimento de BonBon, ou seja, já sabemos quem ela vai perseguir primeiro. Só espero coisas boas desse plot, afinal, que dia que duas mulheres brigando é tedioso? Já quero sangue.

Por fim, temos o plot de Ric, estagiária ressuscitada e o símbolo cuneiforme. De início, já começo dizendo que aquele símbolo tem zero cara de que foi feito pelo diabo. Achei até bem harmônico e colocado num lugar sensual do corpo da moça. E a explicação pra ela não saber como a tatoo foi parar ali é óbvia: no dia do acidente de carro com a amiga dela, ela bebeu todas e, antes de ir pra casa, passou em algum estúdio gravou a imagem no corpo. Acontece o tempo todo. Isso tudo foi só um jeitinho que ela arrumou de mostrar a barriguinha pro Ric. Deixa o dia que, no meio dessas pesquisas, ela descobrir o passado das esposas dele… irá preferir que o diabo tenha marcado ela.

Agora falando sério, afinal, estamos aqui pra isso (ou não) a única dedução que consegui tirar desse mistério quanto a ela ter ou não feito um stopover no inferno, é que o real vilão dessa temporada será o próprio capiroto. Soa bem improvável, eu sei, mas como explicar tantas referências a ele nessa temporada? Não bastasse a sereia já ser tratada como a “mensageira do diabo”, ela ainda recruta apenas “homens maus”, o que vai de acordo com a crença padrão de que quem peca desce de tobogã pro forno do demônio. Temos ainda a caixa misteriosa que foi entregue ao Arsenal em 1.790 e precisou ser mantida abaixo do nível da terra. Ademais, um detalhe, mas que pode ter ligação, foi Damon dizendo, enquanto ameaçava Sarah, que já tinha certeza que iria pro inferno. Pode ser uma grande bobagem, ou não. Meu sonho é que Katherine tenha sido mandada pra lá, tenha dado um golpe, tomado o poder do diabo e volte a rainha da porra toda. Tá, parei.

Enfim, por ser aquele típico episódio ponte, Today Will Be Different acabou por trazer apenas o necessário para o desenvolvimento dos próximos episódios e não se preocupou em deixar um grande gancho pra essa semana. De todo modo, cumpriu o papel de promover a interação de quase todos os personagens, tirando um pouco do mistério que envolve Sybil e deixando o roteiro mais aberto para enfrentamento diretos. Que eles venham, então.

> Veredito da 3ª temporada de Black Mirror!

P.S.1: Carol e Stefan vão se casar. Basta esse comentário né, gente? Tem teoria pra criar sobre isso não.

P.S.2: Seline, a babá, ganhou um aumento. Fizeram parecer que foi pelos bons serviços prestados, mas gostaria de dizer que ela deixou uma estranha entrar na casa, pegar uma faca e cortar o pescoço dela. Ótimo trabalho.

P.S.3: Sybil, te amo tá, mas a Caroline sambou na sua fuça quando tentou matar a Sarah.

P.S.4: “Navegarei oceanos e atravessarei sereias por você”, disse Enzo. Vou nem zoar essa melação, vai que é doença.

P.S.5: O nome desse episódio é “Today Will Be Different”. Só se o hoje for o mundo prisão e repetir todo dia.

  • Jurandir Marques

    Queria ter essa certeza que Elena vai voltar. Tenho medo de isso não acontecer, ou só acontecer no último episódio. Mas num geral curti bastante o episódio, tirando essa repetição de plot…

  • Deivisson Ferreira

    Acho engraçado como antes tinha um coro “Sai Elena” e agora ta todo mundo na expectativa da volta dela.. Eu ja sonho que ela voltando pra encarar a Sibyl e tirar a vadia da mente do Damon.

  • Ronaldo

    Queria que a Elena estivesse morta, ou ido embora com o Matt para todo sempre mas já que é assim nós vamos tolerando. Ainda bem que é a última temporada, não consigo desapegar fácil mesmo estando ruim kkkkkkkk.

  • Andréia Viana

    Não dá pra aguentar mais melação Delena, que coisa chata, já pode deixar o Damon ir pro inferno, se mandaram a Katherine (melhor personagem ever), ele pode ir tbm e ficar por lá. Algo de ruim vai acontecer nesse casamento Steroline.

  • Carol

    Só tenho uma coisa a dizer: ainda bem que é a última temporada..
    E digo isso com o pesar de quem já foi fã.. pelo menos nas três primeiras temporadas.. depois continuei vendo de teimosa..

  • Marcos Bastos

    Amando a Kardashian como sereia. Ainda tenho esperança de ver Katherine voltar no inferno e terminar com o Stefan, do jeito que tem que ser.
    Acho que o verdadeiro inimigo da temporada ainda vai ser revelado, e deve ser algo mais poderoso que uma sereia.

  • Felipe Oliveira

    kkkkkkkkkkkk, rindo com essa review. Esperava mesmo que você fosse comentar a atuação do Paul Wesley para quem está de luto.

    • Bruno Nunes Arruda

      Se deixar, tem P.S. sobre a atuação do Paul todo episódio Hahaha

  • #MarcoosHenryque

    Engraçado que mesmo com todas as citações, eu não tinha pensado nessa possibilidade do inferno ser explorado. Só sei que se realmente esse for o foco da temporada, é um bom motivo pra eles fazerem um Crossover com Supernatural!!
    PS1: Quero muito Katherine voltando.
    PS2: Elena provavelmente vai voltar e nos dois últimos episódios.
    PS3: Não gostaria, mais acharia bem corajoso eles matarem a Bonnie pra volta da protagonista.
    PS4: Não que eu esteja achando ruim mas, cadê o Matt que não deu as caras ainda nessa temporada?! Será que eles podem deixar menos claro que o personagem é inútil!!

    • Bruno Nunes Arruda

      Meu sonho um crossover com Supernatural!!!!
      Sobre o Matt, na finale da temporada passada, ele saiu de Falls sem data de retorno, em deprê pela morte da namorada dele, lembra? Mas quem se importa.

      • #MarcoosHenryque

        Eu lembro dele indo embora, mas achei estranho não o terem trazido ainda de volta. Invés disso, trouxeram o Tyler que já faz anos luz que não aparece, só pra morrer(?).

  • Arnaldo Jumem

    Rindo Horrores com a Review!!! kkkkk Bem, a minha análise tá pronta desde de sexta mesmo, logo após o episódio, escrita a flor da pele.

    Ao acabar esse episódio, me veio de forma confortante uma sincera lembrança. Faltam só mais 14. É muito, eu sei, mais dá pra aguentar.

    As definições de episódio ruim foram atualizadas. Nem mesmo o player conseguiu executar o vídeo até o final. Lá pela altura de Steroline e seu anel do que não é necessário dizer ele já havia travado. Sorte minha.

    O precoce retorno de Sarah Nelson, foi tão decepcionamento quando seu aparecimento. Uma personagem com papel inexpressivo, uma passagem insignificante e uma morte vergonhosa. E só.

    Bonnie conseguiu destruir uma parcela do prestígio que ainda lhe resta com seu drama. Meu Deus, deve ser birra minha porque isso tá um saco.

    Stefan conseguiu se sair pior que na premiere e fiquei com um desejo tão grande de que desse a louca nos roteiristas, produtores, dono da CW… alguém que matassem ele, ai sei lá, queria que ele morresse hoje… Mas nem sempre temos tudo que queremos né noon!

    Uma vilã sem objetivo, sem motivações, sem nada além de um rosto bonito é difícil de sustentar. Já se foram 2 episódio e ainda não entendi o que a mulher quer. Será somente fome? Gente, tem bobs e MCDonalds espalhados por todo canto!

    Enfim, não foi tão ruim quanto a premiere, mas não foi, nem de longe, se quer um episódio mediano. Tive vontade de pular pro final na metade do episódio, mas sou guerreiro! Como disse no começo, faltam só mais 14. É muito, repito, mais dá pra aguentar.

  • Luan

    Ótima review kkkkkk também tive o mesmo pensamento de que o capiroto será o vilão da outra parte da temporada, ou a Katherine vai voltar ou pra onde ela foi (quem viu o trailer do episódio 4 sabe por que estou dizendo isso). Mas depois de tanto martelar no capiroto e no inferno, acredito que todas as almas que fazem algum mal ainda vão para este lugar de tortura, coisa que deve ser pior do que “o outro lado”. Parabéns pela review e amando e odiando a Sybil ao mesmo tempo. kkkkk

    • Bruno Nunes Arruda

      Fico feliz demais que gostou do texto, Luan! Vlww! Abraço

  • Ingrid

    Acho que vai ter inferno e satanás dando as caras sim. Parece que a preguiça dos roteiristas tá tão grande que eles estão se aproveitando bastante do enredo do livro que originou a série. Na sétima temporada eu notei várias referências ao livro, como a Bonnie ter usado o nome do livro pra se internar no hospital psiquiátrico e também a gravidez da Caroline de gêmeos, mas não tenho certeza e nem me lembro de tudo. Inclusive, esse plot de inferno também é coisa do livro. No livro Damon faz um acordo com um kitsune pra prender a alma do Stefan e no fim das contas, Damon cheira um pó da cura por acidente, vira humano e o Stefan fica acorrentado no inferno.
    P.S: Gosto muito dos nomes dos episódios, me dá até tristeza.
    P.S: Espero que o Exu Caveirinha traga Katherine de volta
    P.S: Klaroline era Perfect Illusion, vemos que a série tá no fundo do poço quando Steroline e Bozo são os pares românticos.
    P.S: -Spoiler- Pelas entrevistas, os atores disseram que não ia ter final feliz e no final do último livro Damon morre pra nunca mais voltar do mundo das trevas.

  • Nao sei pq, mas to achando que a Seline eh uma sereia tbm…

    • Bruno Nunes Arruda

      Profetizou? Como assim? Hahahahaha

  • Carol

    Eu não sei o que me decepciona mais.. Eles reciclarem plot ou o Enzo resistir mais que o Damon por amor..