This Is Us 1×05: The Game Plan

19
1753

Uma das maiores dúvidas de This Is Us finalmente foi revelada em “The Game Plan”, diante de uma bela história de vida e morte, sobre as incertezas em ter um filho e claro que no cenário de uma paixão mundial, o Futebol Americano.

Já havia citado em reviews anteriores, como é gratificante ter um tema central em cada episódio, fazendo as conexões necessárias entre passado e presente e dando a continuidade necessária para a história fluir livremente, independente dela seguir uma ordem cronológica ou não. Afinal isso não importa, o legal aqui é ver que cada história se encaixa em um gigante quebra cabeça, todas claro com sua carga dramática.

Foi exatamente em “The Game Plan” que podemos ver o que de fato aconteceu com Jack, mas antes de entrar nesse plot, vamos desenvolvendo a questão da narrativa que fez chegar à resposta que tanto aguardávamos. Foi nesse episódio que descobrimos que Rebecca não queria ter filhos, justamente pela situação que ela vivera com seu pai em sua infância. Foi muito perspicaz da parte dos roteiristas, terem trabalhado Flashbacks aleatórios nesse ponto da trama, pois deu uma agilidade maior, além de um clima novo para a história.

Pensa bem, a primeira cena nos mostra Rebecca ainda pequena, e no decorrer do episódio, vemos vários antepassados daquela família, isso para mim foi uma jogada de mestre, realmente foi o tempero certo para a trama.

Enquanto Rebecca tinha medo por acabar com sua vida caso tivesse filho, Jack demonstrava o interesse contrário, e foi tão surpreendente ao mesmo tempo ao ver que ele teve uma infância muito parecida com ela, não é de se espantar que a paixão pelo futebol americano se revelasse nessa perspectiva como uma maneira de consertar uma relação desgastada com seus respectivos pais e lógico essa relação passou também para os filhos se tornando mais forte com Kate.

THIS IS US -- "The Game Plan" Episode 105 -- Pictured: (l-r) Mandy Moore as Rebecca, Milo Ventimiglia as Jack -- (Photo by: Ron Batzdorff/NBC)
This Is Us — The Game Plan

Pela primeira vez, tive raiva de Toby, está certo que ele tenta tirar Kate daquela situação deprimente em que vive, mas não é difícil entender de que ela precisava ficar sozinha durante um jogo de Futebol Americano, uma tradição que ela tinha com seus pais. A insistência às vezes pode ser cruel, foi perceptível ao longo da história o rumo que chegaria e por mais que fosse certeiro a ideia de que Jack não tenha sobrevivido, o meu pensamento era que algo poderia provar o contrário, mas infelizmente Jack não sobreviveu e o que me direciona a crer que o restante da temporada focará muito em seu personagem, então nos renderemos ao choro quando vermos a morte dele em ação.

Só que nem tudo está perdido, seus filhos herdaram muitas características de seus pais que os produtores realçam em todo episódio, mesmo Randall não sendo filho biológico de Jack e Rebecca, a relação que ele possui com a esposa é encantadora e mesmo com o dilema traçado pela ideia de uma suposta gravidez, ele se manteve fiel e íntegro, pois mesmo nas adversidades, Randall é um cara família. A surpresa mesmo foi no finalzinho quando ele sozinho chora ao saber que sua esposa não está grávida, ou seja, a semelhança com Jack é bem visível nesse ponto.

Já Kevin é uma pessoa que tem características distintas tanto de Jack quanto de Rebecca, a capacidade de não acreditar em si vem muito de seu pai – lembra das conversas de Jack no bar com seu melhor amigo? – Ao mesmo tempo a falta de tato com algumas pessoas e logo depois ele se predispor a consertar o erro – vem muito de Rebecca, essa atitude ficou muito clara com a sobrinhas, como ele já não tem aquele apoio constante de Kate, sobra para Kevin decifrar essa nova fase de sua vida e William com a experiência de vida que tem deu o conselho certo na hora certa.

This Is Us -- The Game Plan
This Is Us — The Game Plan

> 5 Novas Séries Imperdíveis!

Nessas alturas, já começo a me preocupar com o que a série poderá nos oferecer, se por um lado já sabemos como está a vida de todos no presente, por outro, o desenvolvimento a partir de agora poderá ser um pouco mais arrastado para que a série consiga fechar a temporada redondinha. Só que This Is Us conseguiu nos surpreender em 5 semanas consecutivas, só nos resta a ter um pouquinho de fé de que essa história permaneça com maestria por toda season, mesmo sabendo que é algo quase impossível.

  • Libriane

    Eu não sou de me emocionar facilmente, mas This is us faz isso comigo todas essas semanas e acredito que ainda haverá mais surpresas como por exemplo, o envolvimento do Mario com Rebeca e o quanto isso não deve ter agradado aos trigêmeos, adolescência…

    Incrível como uma série que fala, basicamente, de cotidiano, nos brinda com tanto lirismo, em tanta originalidade em contar o dia a dia.

    Bem, acho que o choro de Randall no final, não era sobre a esposa não estar grávida, e sim da morte eminente de seu pai biológico (ele tinha nas mãos o chapéu de Willian). E também, acho, lembrando da perda do pai adotivo.

    Entendo a posição de Randall e esposa em relação ao irmão/cunhado, mas achei tão fria aquela cobrança, afinal, a família original é muito unida.

    • Ramon Vitor

      A família é unida, mas Randall não é muito próximo de Kevin. Lembro do segundo episódio quando Kevin admite ao telefone: não fui um bom irmão para você… A mágoas aí a serem resolvidas, e Kevin é extremamente espaçoso também.

  • Alípio

    Se desde o primeiro episódio a série tem nos surpreendido semana após semana, entregando momentos emocionantes e sempre encantadores, não consigo entender pq essa insistência de que ela “pode se arrastar”, “enrolar” etc.

    Já fui tão cativado por ela que tô confiando tranquilamente…

    • João Paulo

      Eu concordo com você, desde o piloto a série vem surpreendendo, e já havia um bom tempo que não aparecia uma série assim, sem muitas pretensões mas que nos emociona semanalmente.

      O porém que a galera ainda fica com um pé atrás, é que são muitos episódios para conseguir manter todo esse “amor”.

      Mas a série merece a nossa confiança, ela não caiu o nível em momento algum, e é a melhor estreia dessa Fall Season, considero ela melhor até que Westworld.

  • Marcelo Henrique

    Realmente This Is Us é espetacular. Mas creio que Randall chorando no final foi pela morte de William.

  • Dhéo

    Por essa não esperava…uma morte confirmada e outra possível. Como já nos revelou o q esperávamos, mas para ser informado mais para o avançar da temporada, TIU, nos mostrou q Jack está morto. Fiquei surpreso pela revelação assim no quinto episódio. E agora ainda tem a possível morte do William…não sei mais o esperar…ADORANDO.

  • Marco A

    “Nessas alturas, já começo a me preocupar com o que a série poderá nos oferecer…” – fiquei pensando exatamente isso enquanto via o episódio.
    Então pensei em Brothers and Sisters, que tinha essa pegada mais tranquila e não precisava de surpresas o tempo todo, alinhando ao fato de contar a história no passado e no presente. Acredito que dá pra continuar interessante por umas 3/4 temporadas…

  • carla machado

    Me identifiquei muito com a Kate ao querer ver futebol forever alone. A entendo completamente.
    Chorei . E muito.

  • duh13

    “A surpresa mesmo foi no finalzinho quando ele sozinho chora ao saber que sua esposa não está grávida, ou seja, a semelhança com Jack é bem visível nesse ponto”

    Na verdade, pra mim foi mais um flashfoward, do Randall guardando as coisas do William após ele morrer, tanto que enquanto Kevin está falando o monologo dele, na hora que ele fala sobre morrer no futuro, é quando aparece essa cena.

    • Luana Bernardo

      eu ja acho que ele esta guardando as coisas do pai de criação que faleceu. até por que a série tem o costume de voltar o passado e não ir para o futuro.

  • Rosi Nunes

    Gostei da review, mas acho que a cena do Randall chorando não tem é uma cena atual chorando porquê a Beth não estava grávida, mas sim do futuro quando o pai biológico morre.

    • Felipe Oliveira

      Pensei a mesma coisa, pelo fato de Randall está esvaziando o quarto em que William estava.

    • Reinaldo

      Isso mesmo, ele estava mexendo nas coisas do seu pai biológico.

    • Barbara

      Também foi o que pensei!

  • LUIS HEBER

    Mais um ótimo episódio daquela série que mal começa e já acaba…

  • Ramon Vitor

    Eu no final do episódio esperando ansiosamente Kevin dizer: This is us.

  • netohemp

    Para mim, umas das melhores surpresas do ano, não consigo descrever o quanto estou gostando dessa série, e essas reviews só fazem isso aumentar! =D obrigadoo!