The Walking Dead 7×03: The Cell

124
3570

O chato desnecessário de The Cell!

As verdades sobre The Walking Dead já estão estabelecidas e não adianta lutar contra elas. Infelizmente, os equívocos de ritmo que a série comete são parte desse sistema de diretrizes que ela mesma se impôs lá atrás. Dividir sua narrativa em núcleos é um ótimo recurso para que os roteiristas tenham como preencher 16 episódios, mas do ponto de vista do espectador, é como se nada no show fosse fluído. Ao invés de tornar-se inesquecível com uma narrativa de crescentes que não dá nem tempo pro público respirar, ela prefere o “coito”com pausas voluntariosas: quando tá ficando intenso, ela interrompe para dar uma dormidinha. Assistir The Walking Dead é como fazer sexo tântrico: você continua porque é gostoso, mas nunca chega a conhecer a explosão de verdadeiro prazer.

The Cell é daqueles episódios que a gente conhece bem: tem uma função clara na trama (apresentar a morada de Negan), mas quer mesmo é perder tempo sendo “profunda” na exploração de Daryl. E nesse propósito, vai fundo nas suas manias macarrônicas de como a filosofia deve ser empregada na dramaturgia, se esquecendo que ser complexo não é ser pedante. É curioso notar como a série recorre sempre aos mesmos maneirismos narrativos para fingir-se de inteligente, usando longos silêncios, aplicando repetições em determinadas sequências e sempre, sempre fazendo com que alguém precise sair em algum tipo de expedição. Quando se coloca em perspectiva o que o episódio apresentou em termos de elementos relevantes, sobram dois ou três itens que poderiam ser facilmente explorados em um bloco e não em 42 minutos. 

Daryl e Suas Canções 

Essa questão do tempo é importante na estrutura de The Walking Dead. Sabemos que dividir a trama em núcleos não significa precisar abordar um deles de cada vez (pensem que terão sido três semanas inteiras até vermos o que aconteceu com Rick e o seu grupo). A série quer que acreditemos que faz isso pelo bem da história, mas nenhuma trama pode ser beneficiada pelos estanques de tensão que esses cortes provocam. Não só ela opta por essa abordagem homeopática, como torna ralo o conteúdo dessas divisórias. Se o texto fosse comprometido, firme e realmente criativo, não haveria o peso dessas quebras de ritmo. Tantas séries usaram o mesmo artifício (Lost era expert no quesito) e conseguiam não cair na sonolência. 

Com The Walking Dead é como se depois de cada grande evento a série tomasse um diazepan e adormecesse. Assim que The Cell começou com a letra de Town Called Malice (Cidade Chamada Maldade), eu já sabia que seria mais um daqueles “vejam como nossa chatice é embasada”. E é mesmo. A letra da canção, o episódio de Who’s The Boss, tudo sublinhando – quase desenhando – que ali Negan era o chefe e que a cidade era bem pior do que podíamos imaginar. O mesmo clima de “terror escondido na neblina” que já tínhamos visto em todos os outros lugares por onde os personagens passaram. 

Todo o episódio deveria adentrar o mundo de Negan, mas vimos muito pouco dele. Acredito, inclusive, que ainda não vimos tudo. No seu afã de ficar martelando naquelas insuportáveis repetições de dinâmica entre cena e música, o episódio –  como sempre – deixou o que era mais importante para lá. Soubemos o básico: que Negan é como uma espécie de Deus onipresente (afinal, todos são ele) e que ele faz as regras. Quem não cumprir provavelmente terá o rosto queimado com ferro quente, exatamente como nosso amigo Dwight, que para não ser morto por Lucille teve que ver sua esposa “casando” com seu líder. O chefão não força ninguém a nada, mas deixa todos sem saída, num clássico do terrorismo psicológico. 

Não Sou Tuas Negan 

Me preocupa se a série nos dará alguma posição sobre a soberania de Negan. O Governador, por exemplo, fazia a linha “justo” e isso de certa forma justificava que todos os apoiassem. Negan anda por ali com um um taco enrolado com arame, esmagando crânios, comendo as mulheres alheias e desfigurando maridos. A mulher que ficou abordando Daryl falou do horror do lugar milhões de vezes… Precisamos saber porque ele é tão respeitado se matá-lo seria tão fácil. Dwight poderia tê-lo feito milhões de vezes e se o exército de Negan só responde a ele, a morte então significaria a liberdade. Porque todos o seguem? O protegem? Precisamos saber de onde vem essa soberania e The Cell perdeu uma ótima chance de nos explicar. 

The Walking Dead --- The Cell
The Walking Dead — The Cell

Negan fala em conforto, em proteção, mas tampouco aqueles que ficam com ele desfrutam de paz. Tudo é intimidação, ao ponto de todos se curvarem quando ele passa. Negan pode ser forte, mas é um só e ainda está nebuloso para mim que todos continuem temendo tanto, se curvando, se sacrificando, se a morte do líder seria o mesmo que um reboot social. E tudo naquele universo acabou manejável justamente porque não existem mais códigos de conduta. Tudo bem que Os Salvadores são um grupo que coloniza outros grupos para sobreviver, esse seria motivo suficiente para que os homens quisessem que o líder ali permanecesse, mas isso não explica porque eles se permitem tanta intimidação. 

Então, depois de uma hora de episódio com Daryl sendo catequizado, ele continua se recusando a ser um Negan. Ou seja, tempo desperdiçado com nada, porque os conflitos morais e emocionais de Dwight não valiam um episódio inteiro. O pouquíssimo assunto foi esparramado em 42 minutos de chatice e é impossível não pensar e lamentar no tanto de potencial que a série joga fora quando tenta fingir que o que está fazendo é pelo bem de si, quando na verdade é só pelo bem dos que lucram consigo. 

ATENÇÃO, SPOILERS DOS QUADRINHOS. QUEM NÃO QUISER SABER VAI COMER UM SANDUÍCHE DE PEDIGREE E VOLTE DEPOIS. 

Nos quadrinhos, logo após a morte de Glenn, Carl desenvolve uma obsessão por se vingar de Negan e durante a primeira coleta que o Salvador faz em Alexandria, Carl se esconde num caminhão e vai parar na morada dos inimigos. Negan descobre que o filho de Rick está lá depois que o garoto metralha um monte de homens, e fica impressionado com a coragem do garoto. É pelo olhar de Carl (e é interessante, porque é um olho só), que conhecemos a rotina dos Salvadores, de modo bem detalhado e objetivo. Negan fica fascinado com a atitude do menino e com o horrendo buraco que ele tem no lugar de um dos olhos. Carl fica conhecendo a história de Dwight e vê o mesmo que aconteceu com ele acontecer a outro dos homens de Negan. Ao final da “expedição”, Carl é devolvido, naquilo que Negan anuncia como um gesto de boa vontade (e que será cobrado adiante, claro). E o melhor: tudo isso acontece de modo fluído, já que a história como um todo já é estruturalmente metafórica, não havendo a menor necessidade de didatismo filosófico. 

FIM DOS SPOILERS 

> As séries favoritas do Fábio Porchat!

Right Bite: Foi um toque de crueldade calculada deixar para Daryl aquela foto de Glenn esmagado. 

Random Bite: Qualquer Zé Ruela sabe que Dwight não está satisfeito com o que lhe aconteceu. Aguardemos… 

Wrong Bite: Não quero ouvir nenhuma daquelas canções NUNCA MAIS.

  • The Man Machine

    A mesma coisa do episódio anterior, não achei tão chato, mas poderiam editar esses episódios 2 e 3 em um só pra deixar a narrativa mais fluida. não tenho muito tempo, senão até faria uma edição desses 2 eps em um só pra ver como fica. estou gostando do desenvolvimento do Dwight, mas o Negan ainda não me desce muito, não sei se o texto dele é muito forçado e afetado, cheio de frases de efeito, ele parece estar sempre dentro de um personagem (já sendo um personagem!), está um vilão muito unidimensional, tomara que desenvolvam com mais profundidade.

    • Joilton Almeida

      Eu estou meio preocupado com a atuação o Jeffrey Dean Morgan. Ele tem que tomar cuidado porque tá no limite da caricatura. Sei que ele está se esforçando para ser parecido com o Negan da HQ… mas ainda acho o Negan da HQ mais legal. Mas torço que o Jeffrey encontre o ponto exato.

      Só sei que o Negan da HQ é show hehehehe

  • Dario

    Cara, para de fazer as críticas de twd, tudo bem que todos sabemos que poderiam ser 2 blocos de 20min sobre cada local, alexandria/reino, reino/salvadores por ex.
    Mas n é, o episódio foi não necessariamente chato, achei até mt bom, o conflito passado por daryl e o seu sofrimento e a tortura foram bem passados, ta mais pesado é acompanhar a review com a msm estética de crítica que agt já sabe q vai ter, do que a estética de twd.

    • Marcelo Augusto

      Curti esse ep tbm, acho q ainda vai mostrar o pq negan eh tão temido, mas deu p trabalhar o terror psicológico e concordo com a parte do daryl, achei q foi bem trabalhada a parte da culpa dele, inclusive com aquela música no momento da foto do Glenn

    • henriquehaddefinir

      Sorry, mas vai continuar sendo chato aqui enquanto for chato lá. Mas, dá uma lida no texto do primeiro episódio. É um dos exemplos de como a série pode refletir um texto bem mais positivo.

      • Dario

        Meu velho, até no 1 episódio da temporada, onde li varias outras resenhas, tu ainda quis encher de críticas desnecessárias

        • henriquehaddefinir

          O que você chama de “críticas desnecessárias” tem um monte de gente aí corroborando. Então, para alguém foi necessário, te garanto.

    • josimar

      Pois é, né, pq esse cara mala não pára de fazer as críticas do ep? Bota logo alguém que entende a beleza e a complexidade filosófica extremamente profunda da série, e, claro, chorou com o martírio do Daryl enquanto sofria nas mãos do maligno Negan, o vilão mais malvado a surgir desde o João Bafo De Onça e Paola Bracho. [/SARCASM]

    • João Paulo

      Não entendo como as pessoas conseguem defender um episódio desse de TWD e ainda colocam a culpa no reviewer.

      As reviews do Henrique de TWD são melhores que os episódios, fato. Salvo quando os roteiristas decidem pensar e trabalhar e nos entregam episódios decentes como o primeiro dessa temporada.

      Não sei da onde ele tira esses textos quando o episódio não entregou nada.

  • Nando

    Até que eu queria que a audiência de TWD caísse drasticamente, mas assim como eu, sei que muitos se prendem por alguns episódios ótimos jogados no meio de um monte de enrolação.

    Eu NÃO consigo entender mesmo o porque deles acharem q ficarem separando tramas por episódio é legal, seria muito melhor um episódio onde todos aparecessem e tudo fosse fluindo no seu ritmo. Esse ep 3 num teve clímax algum, foi melhor que o último, mas ainda tá longe de ter sido algo bom.

  • Ronaldo

    Imagina se GOT fosse um núcleo por episódio! Já até acostumei com esses episódios de TWD, cochilei no meio e não perdi nada. Queria que tivessem mantido o harém do Negan já que ele é bem sem noção mas certas coisas a série é meio covarde.

  • Douglas Damacena

    O episodio teve uns 20 min proveitosos, pra mim o legal n foi ver nem a tortura do Daryl, que a gente sabia que não se curvaria, mas sim oque aconteceu com Dwight, onde até mesmo o Daryl compreendeu o porque dele estar fazendo aquilo, e acho que vamos ter uma união entre eles para frente.

    P.S.1: também pensei na hora por que mesmo o Dwight com 1milhão de motivos para matar o Negan, não o faz, sendo que ele pode mata-lo a qualquer hora.

    • Talline Carvalho

      Nos quadrinhos o Dwight faz esse papel de submisso sendo o homem de maior confiança de Negan, mas na realidade ele já está montando um plano pra destruir Negan de forma que os salvadores não fiquem sem líder! Ele se une ao grupo de Rick e se torna uma ferramenta útil na vingança de Alexandria, acredito que a série vá utilizar o mesmo artifício já que deu um enfoque aos dilemas de Dwight e sua relação com Daryl, provavelmente os dois terão um papel fundamental na trama!

  • vinland

    Chato como o segundo. Não paravparava de mexer no cel, de enfadonho que estava esse episódio

  • Barbara

    Já tá ficando meio batido ficar reclamando da monotomia de TWD né? Se não vão deixar de assistir, get over it!

    • Talline Carvalho

      Pois é, a crítica sempre começa exatamente do mesmo jeito!! Parece o cara que escreve sobre FTWD…. Caramba já são 7 anos de série, todo mundo já sabe a dinâmica do Show e ainda assim insiste em acompanhar!! Cara eu tava assistindo FTWD, tava até curtindo e coisa e tal, aí vem o ultimo ep da 2ª temp e Boom! Parei, pq não me agrada, pq achei ruim, então não pretendo mais acompanhar, ou seja se não gosta, se não tá bom, se não agra, para de assistir! Parece que a galera já assiste pra falar mal!!

    • henriquehaddefinir

      Já tá ficando meio batido reclamar que eu reclamo da monotonia de TWD, né? Se não vão deixar de ler, get over it!

      • petunia

        E mesmo assim a galera volta pra ler as resenhas…kkkkkkkkk

        • henriquehaddefinir

          Assim como voltamos pra ver os episódios, rsrs

          • petunia

            Falo da galera q reclama das resenha, ‘mas tá sempre por aqui comentando. Eu adoro suas resenhas 😁

        • Vanessa

          deve ser pq as pessoas acompanham as resenhas, não o autor. tanto é que vira e mexe muda e o povo continua acompanhando o SITE.

      • Barbara

        Me referi aos comentários que sempre vejo por aqui. Quanto as suas reviews, enquanto assistir a série vou acompanhar. 🙂

      • Vanessa

        seguindo a lógica: se você não vai deixar de ver e perder minutos preciosos da sua vida escrevendo reviews sobre a série, get over it!

        • henriquehaddefinir

          Sabe o que cês precisam “get over a lot”? A ideia de que as pessoas só gostam de ler reviews positivas. Eu hein…

          • Vanessa

            quem disse que só gostamos de reviews positivas? eu mesma não curti tanto o episódio e tenho ressalvas ao ritmo da série. sabe lidar com críticas? agora só pode falar se for bem? eu hein, coisa doida…

          • henriquehaddefinir

            Vanessa, quando você não lê o próprio comentário fica difícil… E se eu faço uma review negativa e vocês reclamam, quem naõ sabe lidar com críticas?

          • Vanessa

            henrique, faz tempo que vc faz críticas com a mesma tônica. se a fórmula da série é batida, o formato das suas reviews idem. a reclamação é essa.

          • henriquehaddefinir

            Vanessa, se a série não muda eu vou inventar uma tônica que não existe? Think about it. Mesmo porque, quem reclama dessa tônica são os defensores do show e essa é uma posição incompatível com textos que avaliam episódios terríveis como esse.

  • Kico Moraes

    Enxergo Negan como um líder meio Malafaia, que se apoia no carisma e no medo para impor sua vontade… Não lembro se nos quadrinhos foi explicado sua ascensão. Mas concordo com alguns comentários que dizem que essa série é ame e enfrente essa estrutura ou deixe-a…

    • Talline Carvalho

      Nos quadrinhos nada é dito sobre ele, como ele chegou a ser um líder tão temido, ele ainda está vivo nas HQs, mas nada sobre o passado dele foi esclarecido, em uma das histórias ele até começa a falar alguma coisa sobre, vc vai acreditando e no final se mostra uma manobra pra dar cabo de um inimigo, de sorte que vc não entende se o que ele disse era real ou apenas uma história pra emocionar e criar empatia com o outro… Eu estou achando a série bem fiel a HQ com relação ao Negan, falt um pouco mais de palavrões e coisa e tal mas nada que comprometa o personagem…

      • Kico Moraes

        Tbm estou achando bastante fiel. Inclusive achei a cena do “julgamento” mais impactante e sangrenta do que nas hqs.

      • petunia

        Tem HQs independentes que contam a história do Negan. Não li ainda, mas já vi comentários de quem leu dizendo que são muito boas.

  • Samantha Pistor

    TWD me faz flertar, todo o ano, com a possibilidade de parar de ver a série. Quando eu começo a pensar que o episódio da Carol com o episódio do Daryl poderia ser feito tudo num só, tenho vontade de esquecer a série e seguir a vida. Ia ter o mesmo propósito, ia ser parado mas pelo menos ia ter mais conteúdo.

    40 minutos mostrando as tentativas de desconstrução do Daryl e os pensamentos do Dwight não seguram um episódio.
    40 minutos e não mostrarem toda a dinâmica dos Salvadores é inaceitável.
    40 minutos de puro nada, apenas com filosofia de buteco e livro de auto-ajuda.

    Pelo visto, é bem capaz de acontecer ainda o episódio com o Carl, ou seja, o episódio três tem tudo para ser simplesmente um filler mais mais mau escritos, sem sequer ter a função de nos mostrar os Salvadores.

    E não sei quem é o responsável por estas decisões, mas elas são péssimas: a season premiere já passou faz duas semanas. Com esses episódios meia boca para ruins, já perdermos todo o sentimento de tensão e expectativa que a SP nos causou. Pra que? Pra nada.

    • henriquehaddefinir

      Esse é o ponto principal, Samantha. Eles não conseguem segurar a tensão. Nunca.

      • Samantha Pistor

        Acho que eles não precisam. Tá meio provado pra mim que os fãs do TWD hoje não se preocupam com tensão nem com a fluidez, querem apenas ver um drama com alguns momentos de tensão. Eu já fico puta porque quero o contrário.

        Acho que você disse Henrique, em uma das reviews: a série tenta ser pretensiosa e fingir que tem um “grande enredo” quando na verdade seus melhores momentos é quando ela descamba para a violência. TWD é excelente quando se propõe a dar sangue e construir uma trama no meio, mas não o contrário e é inacreditável que eles ainda não saibam disso.

        E, por mais que digam que “a audiência segue firme e forte”, audiência para mim não quer dizer muita coisa nem atesta que a fórmula funciona. É a mesma coisa que defender que 50 Tons de Cinza foi bom porque teve uma grande bilheteria.

        • Mich

          nossa eu lembro que quando li as HQ’s desde que o Negan apareceu cada edição era uma tensão e isso que é quadrinhos!!

    • petunia

      Essa é a estrutura narrativa que eles usam desde os primórdios da série. E os roteiristas acham que funciona pq a audiência ta aí firme e forte.

      • Samantha Pistor

        Não me lembro deles usarem essa narrativa nas três primeiras temporadas. Esse recurso começou a ser usado dessa forma esdrúxula na quarta temporada.

        • petunia

          Sempre usaram a partir do momento q a série passou a ser formada por vários núcleos. Não lembro exatamente a temporada…

        • henriquehaddefinir

          Na fazenda isso já começou.

          • Samantha Pistor

            Achei que o recurso começou a ser mau utilizado na quarta temporada. Não vou nem questionar porque eu literalmente dormi na temporada da Fazenda e, tirando a morte da Sofia, Shane e tiro do Carl, não me lembro de muita coisa.

          • henriquehaddefinir

            hahahahahahaahh

    • João Paulo

      Concordo demais com você. Assistir esse episódio e ficar olhando para a parece é a mesma coisa. Não acrescentou em nada para a temporada.

      Colocar personagens numa cena silencioso e com a cara pensativa e ainda gastar 42 minutos com isso, não é sinal de inteligência, é enrolação com o público, essas cenas não quer dizer nada. Ainda mais com um personagem como Dwight que ninguém se importa, nem me lembro direito de como ele foi adicionado na série, e nem poderia me importar menos.

  • edujakel

    Nossa, que difícil que foi ver esse episódio. Mais dificil ainda foi ouvir o @michelarouca:disqus falando que gostou no Derivado, se nao me engano. Ta de brincation né tio Michel?

    Pq diabos deveria eu me importar com os dramas do Dwight? E pra ajudar o episódio abre com uma montagem mostrando o quão escroto ele é…q pra montar um sanduíche ele passou por cima de todo mundo, roubou um monte de gente, abusou. E depois passam o episódio inteiro me tentando ter simpatia pelo drama dele? Pela mordida q ele tomou no saco e agora tá brocha (ou nao)? Que o cara ta comendo a mulher dele e ele ta comecando a ficar contrariado com tudo aquilo? Agora D? Devia ter pensado nisso antes né?

    E o Daryl?? Qta baboseira…tanta tortura, pra nao dar em nada. como já esperavamos. E afinal, nem foi tanta tortura assim. Acho q foi mais torturante pra gente que pro Daryl.

    Em suma, ta tudo certo o q escreveu na review. Um desperdício de série.

    • Gabriel

      Dwight vai trair o Negan, e o Daryl vai ser a ponte de transição pro Dwight mudar de lado, então o episódio foi necessário sim!

      • edujakel

        mas é uma promessa futura (q a série pode nem seguir), baseada nos quadrinhos. e eu q nao li os quadrinhos, devo me contentar com isso? sendo q eu nao tenho fé nenhuma nos produtores?

        E mesmo se for o caso, o episódio nao fez nada pra eu me importar de verdade com ele..pra mim é só o cara que tem briguinha com o Daryl e vai acabar virando amigo…blehhh

        • Gabriel

          Não é só promessa, isso é um dos fatores das HQs que acontecem na série pra história poder decorrer. E o episódio não foi pra se importar com Dwight, mas ver o desprezo que ele tem pelo Negan pra dar uma razão do porque fazer a traição. No momento Dwight só trabalha como cachorro pro Negan , porque achava que não tinha vida lá fora, e agora descobriu que tem, e a fidelidade do Daryl com seu grupo mostra para o Dwight que Alexandria pode ser um lugar melhor de se viver, e tudo isso vai levar a traição e a pontos importantes no futuro da história.

          • edujakel

            nada disso foi mostrado na série. nao leio HQs.

        • petunia

          Eles usaram exatamente a mesma história do Dwight nas HQs. Se vc não gostou nas HQs, dificilmente vai gostar na série.
          E o Daryl explica o pq dele não se dobrar ao Negan depois de tudo aquilo….ele não tem ninguém alí com que se importar. Ao contrário do Dwight que tem a esposa. Ele não tem briguinha com o Daryl….ele se vê no Daryl há um tempo atrás.

  • edujakel

    Pra acrescentar, ainda fiquei puto com o Dwight por ter atirado no amigo nas costas e nao na cabeca. ainda leva o corpo do cara de volta pra virar cerca viva? Que cornito.

    • Maurício

      Eu acho que ele fez isso só pra se justificar com o Negan, já que não poderia voltar de mãos vazias.

  • Marcos Bastos

    Pior episódio até agora. Eu amei o episódio 2, mas esse foi difícil de engolir, principalmente por não ter tido nenhuma mudança no final e o Daryl continuar sendo Daryl. Próximo episódio será em Alexandria provavelmente, e depois voltaremos pra Carol… E assim será pelo menos até o midseason finale.

    E aquelas músicas devem ta na minha cabeça até agora 😣

    • André

      A Carol,Morgan e Ezekiel so irâo aparecer no oitavo agora.(Aleluia)
      O quinto vai ser Sasha e Maggie em Hilltop e o seixto Tara e Heath na floresta

      • Marcos Bastos

        Ah eu amei o Reino! Mas serio que cada núcleo, mesmo que pequeno, vai ter seu próprio episódio? Assim fica difícil! 40 minutos de Tara e Heath?

        • André

          Eu gosto da Tara,fico feliz que agora que ela é main cast vai ter mais destaque. O episodio dela vai ter bastante açâo,zumbis e vai incluir um novo grupo de mulheres na série,acredito que vai ser melhor que esses ultimos dois pelomenos que foram mornos. Mas concordo que esses primeiros 6 eps podiam ter mostrado tudo isso que estâo mostrando/vâo mostrar sem ter ser um nucleo a cada episodio. Fica meio massante assim

          • Marcos Bastos

            Eu espero que não seja igual o episódio do Morgan com a cabra (estou com trauma de episódios focados desde aquele dia)

        • Lucas Souza

          A Tara ta sem aparecer a uns 6 eps, tem que da um pouco de destaque pra bichinha ne so espero que não seja tão ruim quanto esse ultimo

          • Marcos Bastos

            Eu gosto dela, mas não acho que ela seja boa o bastante pra sustentar 40 minutos sem fazer o público bocejar. Mas vamos vendo, quem sabe não nos surpreendemos?

          • Michonne

            gente bocejei so de ler que talvez tenha ep só dela e do Heath hahahaa

        • Fabi Alves

          nem lembrava mais que eles existem

          • Marcos Bastos

            Hahaha né?! Eu tbm

        • Vanessa

          cara, só de pensar no episódio da Tara e Heath me deu sono, que seja só especulação.

          • Marcos Bastos

            Se não for especulação, espero que seja bom e nos surpreenda!

          • Vanessa

            acho que são personagens fracos demais pra sustentar uma episódio. ainda que dê pra falar um pouco da raiva que a tara vai sentir quando souber da morte da denise não justifica muito, ainda mais considerando o que tivemos da tara até o momento. o heath TALVEZ seja interessante mas é cedo demais pra ganhar um episódio pra si.

          • Marcos Bastos

            Verdade. Eu até gosto quando os coadjuvantes tem destaque, mas não um episódio inteiro. Ou vai ser muito bom ou muito ruim. Torcendo pra ser bom

          • André

            Ja foi confirmado que vai ter,é certeza. Mas vai ter bastante açâo e zumbis mesmo vc nao curtindo muito os dois personagens nâo deve ser pior que esses ultimos 2. Tara,Rosita e Eugene se tornaram principais nessa temporada.

  • klaus

    TWD sendo TWD

  • alguém notou que um dos zombies no chão, quando Dwight empurrava a moto perto do viaduto, tinha a cara de Donald Trump?

  • Junito Hartley

    Carai as criticas desse site tao demorando pra caramba de sair, ta saindo quase no lançamento do proximo episodio, sem falar de criticas de serie que para do nada.

  • Gabriel

    Dwight vai trair o Negan, e o Daryl vai ser a ponte de transição pro Dwight mudar de lado, então o episódio foi necessário sim.

    • Fabi Alves

      40 min necessários pra acontecer algo que todo mundo já sabe …. . parece novela da globo quando no primeiro ep tu ja sabe quem vai casar ter filho e morrer

      • edujakel

        e vai terminar numa festa de casamento, claro.

  • Lucaa

    Quando o Dwight tá conversando com o cara que fugiu da comunidade, antes de atirar nele, ele meio que da uma explicação sobre o porquê de aceitar o Negan. Quote da conversa (minuto 26):

    Cara aleatorio que morreu: – Ele é só um e nós somos vários. Por que estamos vivendo assim?
    Dwight: – Veja bem onde estamos! Estávamos perdendo. Agora não estamos.

    Eles aceitam isso pra sobreviver. Eles são superiores aos outros graças ao Negan, sem ele eles seriam só mais um grupo pronto pra morrer no apocalipse

    • edujakel

      entendo seu ponto…mas o fato é q a série ainda nao mostrou essa lideranca toda do Negan. Até agora só mostrou a brutalidade, mas uma brutalidade facilmente superada por qualquer um ali dentro. A série por exemplo nao mostrou nada que provasse q ele seja um eximio estrategista q fez o lugar prosperar. Só mostrou q ele bota o terror nos outros qdo estao em maior numero. Talvez um flashback mostre isso. Mas tem q mostrar bem feito pra compensar o povo aceitar ser tao maltratado e aterrorizado assim.

      • Lucaa

        Na verdade, no final da sexta temporada ele consegue prever os movimentos do grupo do Rick e fecha as estradas por onde eles iriam passar, levando-os até a ‘armadilha’ que matou o Glenn. Mesmo assim entendo seu ponto, nesse caso a série não mostrou o Negan planejando, até porque ele não tinha sido apresentado, e isso poderia passar facilmente despercebido. Acho que os roteiristas só vão mostrar ele criando estrategias e sendo inteligente num futuro combate contra Alexandria, talvez só no final da sétima temporada.

        • edujakel

          sim…mas mesmo essa questao do final da temp passada, foi uma coisa absurda. pq nao daria pra prever nada..e a cada bloqueio tinham pessoas diferentes na estrada. Entao a impressao q deixou é q Negan tem um exército de umas 3mil pessoas e bloqueou todas as estradas dos USA. Nao acho um bom exemplo, pq nao foi inteligencia e sim forca bruta.

      • lucas

        Sem contar a forçação de barra que tá sendo essa insistência dele em “adquirir” o Daryl, que é um fan favorite. Faz parecer que é um vilão que não tem nada melhor pra fazer. Tinham que ter mantido o plot com o Carl mesmo, que provavelmente faria mais sentido.

        • Fabi Alves

          é que o negan tb ve twd e o favorito dele é o daryl kkk só pode

  • lucas

    Chega a ser vergonhoso a forma que eles utilizam massivamente certos recursos pra dar a impressão de complexidade na cabeça do público. Repetição nas cenas que mostram a rotina dos personagens, cenas silenciosas, etc…
    Na boa, TWD não é e nunca será uma Breaking Bad da vida, então por que caralhos os roteiristas não aceitam isso e seguem com a balada? Se todas as outas milhões de séries do mundo conseguem trrabalhar com mais debplots por episódio, por que TWD não consegue? Pior é ver fã trouxa querendo atacar quem tem o mínimo de senso crítico pra não engolir essa enrolação.

    • edujakel

      resposta simples pra sua pergunta: pq tá dando dinheiro desse jeito. simples assim. é uma pena, mas é a realidade.
      inclusive se vc pegar a propria BB, esse tipo de recurso é utilizado de vez em qdo…qdo necessário. Montagens com repeticoes, silencios, etc…era uma vez ou outra…TWD é sempre a mesma ladainha.

      • lucas

        Nenhuma série força tanto complexidade quanto TWD. Ainda assim, se for listar os melhores episódios, quantos desses que se venderam como complexos vão aparecer na lista? Pois é.

        TWD é um daqueles programas que só vivem no topo da cadeia alimentar porque tiveram a sorte de encontrar um público resignado.

        • edujakel

          e bota resignado nisso.
          a série encontrou um publico zumbi. afinal eles fazem a mesma coisa com a gente há 7 anos e a gente continua acreditando q o proximo vilao vai ser o tal.

          • lucas

            Eu assisto porque o universo criado é, de fato, bom. Mas a condução da história dos personagens no meio desse mesmo universo já são outros quinhentos. Nunca que eu daria minha audiência pra AMC ou pouparia a seria de ser criticada quando deve ser. Nós, que acompanhamos essa novela mexicana por mais de 7 anos sabe, sabemos que os roteiristas tem capacidade de fazer coisa muito melhor que isso. Mas é aquilo: os caras tão numa zona de conforto criada pela audiência e frisada pela falta de senso crítico do público.

          • edujakel

            sabem fazer coisa melhor no primeiro eps, no mid season e no finale. só.

      • Vanessa

        mesma ladainha que vc repete em todo episódio. tá ganhando dinheiro, pelo menos?

        • edujakel

          obrigado pela atencao. fico lisonjeado, de verdade.
          e sinta-se à vontade para por seus contra-pontos. estamos aqui pra isso. a internet precisa saber nossa opiniao.

          • Vanessa

            ixi, nem precisa 😛

      • João Paulo

        Não poderia deixar de concordar mais com vocês.

        Na temporada anterior que já foi fraquissima, pelo menos o início dela nos enganou direito com ótimos episódios, nessa nem isso estão fazendo.

        TWD tenta se vender como uma série dramática e tudo mais, mas a verdade é que suas filosofias são baratas, sonolentas e vazias.

        Os melhores episódios da série são de ação, tensão.
        Colocar personagens numa cena silencioso e com a cara pensativa e ainda gastar 42 minutos com isso, não é sinal de inteligência, é enrolação com o público, essas cenas não quer dizer nada. Ainda mais com um personagem como Dwight que ninguém se importa, nem me lembro direito de como ele foi adicionado na série, e nem poderia me importar menos.

    • josimar

      “Buábuábuá mimimi, se não tá gostando não assiste simples assim mimimi mimimi”

      Ass.: Fanboys insuportáveis de TWD do Tuíter.

      • Vanessa

        buabua mimimi mas você perde uma horinha semanal vendo e ainda comenta as reviews em sites especializados, é ainda pior que fanboy

        • Samantha Pistor

          As vezes quando leio alguns comentários, penso que o povo quer acabar com o debate.

          “Assiste quem gosta, quem não gosta não é obrigado a assistir. Pra que você assiste se não gosta e ainda comenta em site especializado?…”

          Eu assisto porque quero, comento porque quero e acima de tudo, porque gosto de debater. Gosto de ler as opiniões de quem assiste e está satisfeito da série, gosto de ler opiniões de quem está mais puto da série do que eu, gosto de quem concorda com minha insatisfação sob outros argumentos.

          Não tem nada errado em assistir algo que você não está achando 100% e debater sobre isso, nem reclamar dos recursos em questão e falar sobre isso num fórum, seja ele qual for. Não tem nada errado você ver um filme tenebroso e discutir sobre as razões pela qual o filme é ruim. Não tem nada de errado em ver e criticar.

          Essa história do “assiste quem quer, se não gostou não assista e não reclame” apenas é uma viseira nos olhos.

          • Vanessa

            não é questão de acabar com o debate, todo mundo é livre (dã) pra falar o que quiser sobre a série. mas me surpreende ver que alguns comentaristas passam ANOS falando mal da série visivelmente contrariados com o rumo da história. sério, se a pessoa não trabalha na área, qual o ponto de continuar vendo?
            ou não posso questionar isso sob o risco de supostamente estar desmerecendo o debate? 🙂

            PS: o comentário que respondi não parece estar tentando promover nenhum tipo diálogo, salvo erro de interpretação meu. sei lá, “mimimi, buabua, fanboy isso, aquilo” não soa amigável.

            PS: pro site esse tipo de discórdia é ótimo, cada comentário conta como clique e se a gente ficar vindo aqui toda hora debater melhor ainda. 😀

          • Samantha Pistor

            O comentário em questão apenas ilustrou uma classe de fãs que (não necessariamente aqui) começaram com essa mania: “por que está reclamando? Se não gosta é só não assistir, assiste quem quer”. Não era bem para debater, mas apenas antevendo que alguém poderia dizer isso por conta do primeiro comentário.

            E eu concordo com ele: tem uns fanboys que puta merda, abandonei muito fórum do TWD por isso. Você faz uma crítica sem xingar ninguém e toma-lhe ofensa machista, misógina e homofóbica.

            Deve ser por isso que eu gosto de comentar nas reviews do Henrique: já vi algumas pessoas ofensivas por aqui, mas, no geral, os frequentadores deste espaço são muito educados e inteligentes. É incrível o tanto de coisa que eu aprendo ou me lembro debatendo com a galera.

            Eu, como disse, flerto com a possibilidade de parar de ver a série todo ano. Não seria a primeira. Mas, TWD ainda me proporciona bons momentos e é nisso que me apego. Amo as HQs, amo a história e amo, mas amo mesmo, os episódios que eles acertam.

            O problema é que eles estão cada vez mais esparsos. Ok, este recurso dos núcleos sempre foi usado, mas não era assim nas primeiras temporadas. Isso começou a ser mau usado na temporada 4 se não estou enganada.

          • petunia

            Não poderia concordar mais. Preguiça dessas pessoas com intelectual limitado q comenta “assiste pq quer”, “se reclama pq assiste”….

          • Vanessa

            “Preguiça dessas pessoas com intelectual limitado “. ZZZzzzZZZZzzZZZZ

          • Vanessa

            seria bom se o seu intelectual superior servisse pelo menos pra acertar a concordância das frases, não tá acertando nem uma linha direito

          • petunia

            A carapuça serviu né! 😉

          • Vanessa

            amiga, vai estudar concordância

          • petunia

            Serviu de novo!

          • Vanessa

            ai serviu, to aqui à toa mesmo

          • petunia

            Percebi

          • Vanessa

            pelo menos temos algo em comum!!!! =)

          • petunia

            Né!

          • edujakel

            admiro todo o tempo q usou pra responder a tal tipo de comentário. tens mais paciencia q eu…rs

          • petunia

            Idem kkkkkk

          • Maurício

            Perfeito!

  • edujakel

    e eu o dia todo, desde terça dando refresh na pagina pra ver se sai a review de Westworld…rs

    • NICOLE MELLO

      Eu também. Inclusive a última (ep. 05) demorou bastante pra sair e foi bem fraca… tô desistindo!

      • edujakel

        qdo demora e sai completa a gente perdoa. diga-se reviews de GoT.

  • petunia

    De uma forma geral eu gostei do episódio…..embora daria muito bem para condensar esse e o ep. 2 em um episódio só. Mas é TWD sendo TWD…..fazer o que?

  • Lucas Souza

    Esse ep não da mesmo pra defender, completamente desnecessario esses ep solos que podem muito ser mesclados uns com os outros, mas o que me deixa mais puto é ver como o roteiro protege o Daryl, falaram tanto da tortura e foi so aquilo? Comida de cachorro?Really? O Negan podia ter pelo menos queimado aquele rosto dele, mas nem isso eles tiveram coragem de fazer. A audiencia deu uma boa caida, tomara que assim eles criem vergonha na cara e parem de fazer eles solos pq ta dificil de engolir viu

    • Fabi Alves

      só aquilo ali? o cara passou dias jogado num quarto escuro sozinho sem nada . tortura pesadinha heinn eu acho mto pior tortura psicológica do que uma queimadura ou qualquer coisa física sei la ,

      • edujakel

        sinceramente? já vi filmes e séries com torturas muito piores. Ficar sentado num quarto escuro comendo sanduíches de comida de cachorro (Mad Max manda lembrancas) e ouvindo musiquinha alegre é chato…mas nao o suficiente pra quebrar alguem. Vai ver o q Brody passou na primeira temp de Homeland. Ou tantos outros. Tem q acordar o cara todo hora com banho de agua gelada…nao deixar ele dormir nem 1 minuto…deixar a musica estourando na cabeca pra nao ter como raciocinar..
        (acho q nao sou um bom ser humano…rs)

        • Fabi Alves

          oie querido 😉 haha ctza já vi torturas melhores tb . só n acho que ser separado do seu grupo , estar em um lugar que vc n conhece sequestrado sem saber o que vai acontecer , o que querem com vc , acabaram de matar teus amigos , ta tudo escuro , n para de tocar a mesma musica over and over é mais que chato rsrsr chato é o vizinho que escuta a mesma playlist de sertanejo aqui do lado repetidamente enquanto n tem nd de bom na minha geladeira pra comer e nenhuma serie pra ver rsrsrs
          talvez seja uma coisa pessoal mesmo , eu tenho alguma experiencia com solidão em um lugar escuro ,com pessima comida, úmido sem conforto por meses a fio sem ter noção do que estava acontecendo e sei da dificuldade que é haha
          de qualquer jeito , que ep boring

          • edujakel

            fiquei sentimental sobre o seu comentário…rs…minha dica é: mantenha a geladeira cheia de cheesecake…rs

          • Fabi Alves

            haha anotado!

      • Lucas Souza

        Eu acho que deveria ter rolado uma tortura física sim, quando o Glenn foi sequestrado pelo Merle na terceira temp ele foi muito torturado pq o nosso amado Daryl não pode?

        • Fabi Alves

          ola 😉 acho que só eu n amo o daryl rsrs
          na verdade eu acho que ele pode ser torturado sim ué , n vejo o pq n , só acho que ai eles queriam quebrar o daryl psicologicamente , na verdade mais que quebrar , eles queriam mexer com ele internamente ….

  • Paola Di Castro

    Sabe porque ninguém faz nada contra o Negan? Simples. Comportamento de bando! Todo mundo fica esperando um “alguém” agir. E mais, metade daquela gente é igual ou pior que ele, logo uma rebelião seria complicada.

    • edujakel

      o cara queima sua cara, come sua mulher…e vc vai esperar uns anos pra fazer alguma coisa?
      Um cara q faz isso no minimo teria q andar com 2 segurancas 24×7 no ombro dele…senao eu tinha enfiado uma faca na nuca dele há tempos.

      • Alípio

        pensei no mesmo. vc já tá ferrado mesmo, pelo menos uma facada nele vai dar.

  • Marcelo

    Episódio no mesmo nível do segundo, meio pombo com algum bom momento e só, poderiam ter resumido sim. TWD é essa fórmula e já me acostumei não é algo que me incomode tanto. É aquele ditado…

  • Fabi Alves

    poxa henrique eu amo tanto as duas musicas rsrsrsrs
    ep boriiinnnng sem mais o que dizer! e ainda temos pela frente o ep só da megg né aff

  • Maurício

    Até aqui, episódio 2 e 3 que poderia facilmente ser transformado em 1. Esses produtores malditos….