The Voice Australia 5×18: A Grande Final [Season Finale]

54
99

Why You Gotta Be So Cruel.

Chegamos ao momento de coroar o vencedor da 5ª temporada do The Voice Austrália. A pequena grande final acaba se tornando marcante pelo seu ineditismo, mas deixa a desejar quando analisamos as performances dos finalistas. Ellen, Tash, Alfie e Adam não são os finalistas que imaginávamos ao fim das blinds, mas deixam claro a importância de seus mentores no trabalho de sua evolução artística. O show tem que continuar.

O balanço final acaba sendo similar a temporada passada, porém este ano tivemos competidores diversificados e mais preparados para uma carreira promissora. É uma pena que alguns foram eliminados precocemente pelos coaches como Nina, Georgia Carey, Maddison, Maxon, Nazzereene e Kylie, e outros eliminados injustamente pelo voto popular nos live shows como Mikaela, Kim, Lane e Andrew.

Acho interessante a ênfase dos candidatos ao elogiar a produção da versão australiana do reality. Os detalhes por detrás das performances são difíceis de se notar, mas a qualidade dos envolvidos no backstage propicia um belo entretenimento ao telespectador. A banda, por exemplo, é um show à parte e tornou assistível até as fracas apresentações vocais de Mitch e Aaliyah.

Os coaches transmitiram sintonia plena com seus pupilos, mas quando o assunto é crítica construtiva e discordância nas cadeiras vermelhas, Jessie J mostrou a arrogância de quem se acha a rainha da Austrália. Admiro o seu trabalho como coach, mas a sua natureza polêmica deixou alguns momentos constrangedores na temporada. Enfim, os Maddens aproveitaram a final para lançar single novo e celebrar o retorno de sua banda Good Charlotte.

Já falei mais que a Sonia e o que interessa aqui são os finalistas, então vamos aos últimos comentários maldosos da temporada. Aviso importante: a emissora só disponibilizou os vídeos completos da grand finale em sua página oficial [http://www.9jumpin.com.au/show/the-voice/video/]. Abaixo, teremos apenas pequenos trechos do canal do The Voice Austrália no YouTube ranqueados e divididos por performance solo, dueto e o winner single.

Dueto com Coach

4- Tash & Ronan – Don’t Dream It’s Over (Crowded House)

Nos duetos notamos a interação honesta entre o candidato e o seu coach. Ronan é o exemplo clássico de jurado que tem dificuldade em deixar o holofote sobre o seu pupilo. O tom escolhido não favoreceu a voz de sua finalista e o figurino ainda fez Tash pagar peitinho ao vivo (motivo do torrent demorar uma eternidade para ser disponibilizado). Prefiro manter em mente o meu sonho de ver Tash duetando com “No Air” ou “Everything Has Changed” a rever essa apresentação.

3- Ellen & Jessie – Ain’t Nobody (Rufus & Chaka Khan)

Me pareceu um show improvisado de Jessie J no palco do The Voice Austrália, mas animou o público e trouxe um ar Jazzie para o programa. Vocalmente foi bem interpretado pela britânica, mesmo que a canção não tenha combinado com a voz intimidada e meio aveludada de Ellen. Ambas soltaram a voz com qualidade, mas deu para notar alguns deslizes de Ellen em suas escalas vocais.

2- Alfie & Delta – Beneath Your Beautiful (Labrinth feat. Emeli Sandé)

Não é que Alf o eteimoso aprendeu a harmonizar!? O dueto funcionou como Delta queria, com a simplicidade do sorriso ao cantar e demonstrando nitidamente a química artística existente entre eles. A escolha da canção facilitou para que ambos permanecessem em sua zona confortável de registo vocal. Foi bonito e confesso que se Alfie gostasse da fruta loira e alta, shiparia facilmente Delfie.

1- Adam & Delta – True Colors (Cyndi Lauper)

Que bonito ver a sintonia entre coach e pupilo, com direito a emoção sincera nos ensaios que foi profissionalmente controlada na apresentação ao vivo. Adam pode se considerar um vencedor por chegar próximo ao topo na competição, mas os méritos também são do excelente coaching de Lady Goodrem que soube aproveitar o melhor do carisma de seu quase afilhado.

Performances Solo 

4- Adam Ladell – Superheroes (The Script)

Adam evoluiu bastante na competição e sempre teve confiança em suas performances, e dessa vez, não foi diferente. Prefiro acreditar que ele conhece as suas limitações e aprendeu a se comportar com segurança a cada semana dentro do The Voice. Apesar de Adam ser uma inspiração para tantas pessoas com limitações físicas ou neurológicas, ainda acho que o garoto deveria ter algumas aulas de técnica vocal antes de assinar com alguma gravadora.

3 – Tash Lockhart – People Get Ready (The Impressions)

Me decepcionei um pouco, pois esperava uma performance mais natural da pupila de Ronan. A música representa bem o que Tash deseja transmitir ao público como artista, porém a execução se distanciou demais da mensagem da canção. Como gostaria que Delta tivesse sido justa naquela batalha entre Tash e Elle, a jornada da candidata seria mais bonita ainda de se ver.

2- Ellen Reed – Firework (Katy Perry)

Ao lado de Adam, Ellen é a candidata que deve ter muito orgulho de si por ter chegado tão longe e cair nas graças do público. Jessie volta a optar por uma canção com uma mensagem de aceitação própria, mas sua pupila prova que quem nasceu para “Firework” nunca será “Perfect”. A performance não teve a intensidade da apresentação que lhe garantiu a vaga nas finais e acaba sendo apenas um cover bem realizado sem nada de inovador no arranjo.

1- Alfie Arcuri – Catapult (Jack Savoretti)

Delta é uma jurada extremamente competente e o fato de ter dois candidatos medianos na grande final só afirma suas escolhas acertadas durante a temporada. A canção desconhecida poderia ser um tiro no pé de seu pupilo, mas com essa apresentação a coach conseguiu destacar o esforço de Alfie. Foi a melhor apresentação do cantor desde as superbattles, sendo que não imaginava que Alfie pudesse nos surpreender com algo indispensável na tracklist de seu primeiro álbum.

Winner Single Team Delta 

2- Adam Ladell – My Heart Stops With You

A música possibilitou a Adam fazer o que mais gosta, contagiar a plateia com o seu som e apontar para as câmeras com o seu olhar maroto. Enfim, Delta reinou absoluta nessas finais subindo em seu trono e dançando sem pensar no amanhã. Adam soube controlar melhor a sua respiração e as notas prolongadas. Não foi uma apresentação digna de finalíssima, porém foi legal de acompanhar como telespectador.

1- Alfie Arcuri – Cruel

Não vejo sentido na escolha de uma canção up tempo para o cantor monótono romântico de Delta. De cara, percebemos o desconforto de Alfie tentando conduzir uma performance que deveria defini-lo como artista. A apresentação do winner single foi boa vocalmente, mas achei a canção original uma escolha fraca tanto em letra, como em melodia. Lá vem videoclipe ruim como o winner single de 2015.

É fato que a temporada apresentou candidatos melhores do que Adam e Alfie, mas foi a Austrália que decidiu e chegou o momento de coroar o vencedor.

E o vencedor do The Voice Austrália 2016 é… Tash Lockhart

ALFIE ARCURI

É a primeira vitória de Delta como coach, o primeiro gay a vencer o The Voice e mais um flop certo para a Universal Music Australia. Posso estar enganado, mas vejo Alfie seguindo uma linha artística semelhante à do britânico Sam Smith e acho difícil que ele encontre um espaço fora da terra dos cangurus.

A bancada para a temporada de 2017 está indefinida, porém Jessie J já anunciou que deixa o reality show australiano para se dedicar a sua carreira. Já que a Austrália gosta tanto de ser a diferentona, poderia trazer as Veronicas no lugar de Jessie e fazer uma bancada com 6 coaches. Seria exagerado demais, né? Gotye seria um coach mais interessante de se acompanhar.

Enfim, mais uma temporada australiana se finda. Espero de coração que tenha gostado de acompanhar mais uma cobertura aqui no SM. Agora quero saber a sua opinião sobre esta temporada, sobre os candidatos, coaches e a respeito do resultado, é claro.

Gostou? Odiou? Não acompanhou? Solte a voz nos comentários.

  • Lais

    Pera, 1°- A Tash pagou peitinho? e eu não vi, poxa!!! kkkk. Não sabia que essa era a razão da demora no torrent
    2° o Alfie é gay?? tbm não sabia. Juro que shippei ele com a Delta, gente!!!
    Gostei da final, preferia um single romantico pro Alfie. PS: Jessie stalker da Tash!!!

    • Tiago Vaz

      Pois é, Tash Lockhart fez a Janet Jackson no Superbowl de 2004 e digamos que Ronan foi o Timberlake do incidente rs.
      Realmente, Jessie acompanha msm as postagens da moça. Stalker declarada.

  • Lais

    Pera, 1°- A Tash pagou peitinho? e eu não vi, poxa!!! kkkk. Não sabia que essa era a razão da demora no torrent
    2° o Alfie é gay?? tbm não sabia. Juro que shippei ele com a Delta, gente!!!
    Gostei da final, preferia um single romantico pro Alfie. PS: Jessie stalker da Tash!!!

    • Tiago Vaz

      Pois é, Tash Lockhart fez a Janet Jackson no Superbowl de 2004 e digamos que Ronan foi o Timberlake do incidente rs.
      Realmente, Jessie acompanha msm as postagens da moça. Stalker declarada.

  • João

    “Jessie J já anunciou que deixa o reality show australiano para se dedicar a sua carreira”. Ai no outro ano ela aparece no the voice holland ou algum outro kkkkk!!!

    Quando ela abandonou o the voice UK ela disse a mesma coisa!!!

    • Tiago Vaz

      Verdade, é bem capaz de Jessie assumir uma das 4 temporadas anuais da versão americana ou até dar uma passada no The Voice of Ireland. Tudo depende da di$po$ição.

  • João

    “Jessie J já anunciou que deixa o reality show australiano para se dedicar a sua carreira”. Ai no outro ano ela aparece no the voice holland ou algum outro kkkkk!!!

    Quando ela abandonou o the voice UK ela disse a mesma coisa!!!

    • Tiago Vaz

      Verdade, é bem capaz de Jessie assumir uma das 4 temporadas anuais da versão americana ou até dar uma passada no The Voice of Ireland. Tudo depende da di$po$ição.

  • Lucas

    Eu gostei muito da final, não vi tantos problemas quanto você. Aliás, achei a vitória muito merecida e não duvido que ele faça sucesso no futuro. Como assim “improviso” no “Ain’t Nobody”? Achei a apresentação excelente. Gostei demais. Delta foi maravilhosa ao longo de toda a temporada e mereceu ter dois finalistas (embora Adam fosse o mais fraco dos 4), além de ter mandado muito bem nos duetos e nas escolhas musicais (chorei em “True Colors”). Ronan foi uma decepção desde o começo, e esse episódio só mostrou como ele não se preocupa com os seus candidatos. A escolha de “Don’t Dream it’s Over” foi uma das piores que já vi em duetos. Estava gritando “tô pouco me importando pra Tash, quero mostrar a minha voz”.
    Curti as 4 apresentações individuais (até o Adam melhorou bastante) e o winner single do Alfie. Enfim, o saldo foi positivo. Valeu pela cobertura.

    • Tiago Vaz

      “Ain’t Nobody” foi uma apresentação fora do padrão, especialmente para uma final. Sensação de improviso que acabou funcionando bem.
      Assino embaixo a respeito da excelência de Delta e do desastre de Ronan como coaches.

  • Lucas

    Eu gostei muito da final, não vi tantos problemas quanto você. Aliás, achei a vitória muito merecida e não duvido que ele faça sucesso no futuro. Como assim “improviso” no “Ain’t Nobody”? Achei a apresentação excelente. Gostei demais. Delta foi maravilhosa ao longo de toda a temporada e mereceu ter dois finalistas (embora Adam fosse o mais fraco dos 4), além de ter mandado muito bem nos duetos e nas escolhas musicais (chorei em “True Colors”). Ronan foi uma decepção desde o começo, e esse episódio só mostrou como ele não se preocupa com os seus candidatos. A escolha de “Don’t Dream it’s Over” foi uma das piores que já vi em duetos. Estava gritando “tô pouco me importando pra Tash, quero mostrar a minha voz”.
    Curti as 4 apresentações individuais (até o Adam melhorou bastante) e o winner single do Alfie. Enfim, o saldo foi positivo. Valeu pela cobertura.

    • Tiago Vaz

      “Ain’t Nobody” foi uma apresentação fora do padrão, especialmente para uma final. Sensação de improviso que acabou funcionando bem.
      Assino embaixo a respeito da excelência de Delta e do desastre de Ronan como coaches.

  • Fernando Corrêa da Costa

    Concordo com o Lucas abaixo..discordei para ser sincero de quase tudo de você. Estaria com os mesmos sentimentos que você caso a Tash ganhasse, pois ela é simplesmente mais do mesmo (na minha opinião). Graças a Deus que não ganhou. Estava torcendo pelo Brian ganhar..era o melhor facilmente e o mais bem preparado dessa edição. Como não deu para ele esse ano, ótimo para o Alfie. Prevejo sucessos a la Sam Smith (nisso concordo com você).

    • Tiago Vaz

      Não enxergo Tash dessa maneira pois ela foi a artista que mostrou mais versatilidade dentro da temporada, claro que nem todas as suas facetas funcionaram mas a considero uma artista ilimitada.
      Quem seria Brian?

      • Fernando Corrêa da Costa

        Bom Dia Tiago..
        Escrevi tão rápido e errado o post em cima..
        Mas realmente não enxergamos a Tash com os mesmos olhos..eu daqui a 1 mês não lembrarei mais da existência dela.
        Mas escrevi Brian..e era ANdrew..torci por ele desde as Auditions..espantei muito ele não ter vencido essa edição.
        Mas fazer o que..Abração e continue o ótimo trabalho!

        • Tiago Vaz

          Eu achei que estava se referindo ao Andrew msm, aliás ele era a única voz masculina que merecia um lugar nas finais. Obrigado por acompanhar as reviews!

  • Fernando Corrêa da Costa

    Concordo com o Lucas abaixo..discordei para ser sincero de quase tudo de você. Estaria com os mesmos sentimentos que você caso a Tash ganhasse, pois ela é simplesmente mais do mesmo (na minha opinião). Graças a Deus que não ganhou. Estava torcendo pelo Brian ganhar..era o melhor facilmente e o mais bem preparado dessa edição. Como não deu para ele esse ano, ótimo para o Alfie. Prevejo sucessos a la Sam Smith (nisso concordo com você).

    • Tiago Vaz

      Não enxergo Tash dessa maneira pois ela foi a artista que mostrou mais versatilidade dentro da temporada, claro que nem todas as suas facetas funcionaram mas a considero uma artista ilimitada.
      Quem seria Brian?

      • Fernando Corrêa da Costa

        Bom Dia Tiago..
        Escrevi tão rápido e errado o post em cima..
        Mas realmente não enxergamos a Tash com os mesmos olhos..eu daqui a 1 mês não lembrarei mais da existência dela.
        Mas escrevi Brian..e era ANdrew..torci por ele desde as Auditions..espantei muito ele não ter vencido essa edição.
        Mas fazer o que..Abração e continue o ótimo trabalho!

        • Tiago Vaz

          Eu achei que estava se referindo ao Andrew msm, aliás ele era a única voz masculina que merecia um lugar nas finais. Obrigado por acompanhar as reviews!

          • Fernando Corrêa da Costa

            Que é isso. Obrigado você. Se quiser me passar uma dica de algum reality musical para acompanhar..acompanho os do USA – UK – Australia (The voice e X Factor)..abs

  • Pedro

    Essa final foi péssima, no que diz respeito às apresentações dos finalistas.
    Não esperava muito mesmo de Ellen e Adam, mas depositei muita expectativa em Alfie e Tash, e achei bem fracas as performances. As musicas escolhidas foram terriveis e contribuiram pra essa final monótona. E a Tash, além de ser prejudicada pela song choice, ainda passou a semana doente, incapaz de fazer uma apresentação digna de finale. Talvez se ela tivesse outro coach, que tivesse trabalhado outras musicas com ela durante sua trajetoria, ela pudesse conquistar mais público votante. Ronan foi um desastre nessa temporada.
    A expectativa era grande também para o winner single de Alfie. Ele cantando seu single live foi uma verdadeira merda, porém, quando escutei a versão studio disponível no spotify, acabei gostando da música.
    O spotify também disponibilizou durante o domingo o single de todos os outros finalistas, incluindo Tash e Ellen que não ficaram no top 2. E vou ter que dizer, o single da Tash é ótimo, uma pena que ela não teve a oportunidade de cantar live. Uma pena também a musica nao estar mais disponivel para streaming.
    Gosto do Alfie, mas confesso que acho ele “just OK”. Vou aguardar o lançamento de seu albúm. Pode ser que ele surpreenda, ou que seja apenas mais do mesmo.
    E vou torcer para que Tash possa lançar suas musicas em breve, porque dos quatro finalistas, ela é a única que eu posso dizer com certeza que é cantora.

    • Tiago Vaz

      Estou contigo em sua decepção em relação às apresentações e ao resultado. Bem lembrado o fato de Tash ter passado muito mal de saúde, algo que a prejudicou imensamente nos ensaios e nas apresentações finais. Juntou isso com a falta de coaching, resultou em um amargo terceiro lugar. Quero o single de Natasha liberado de novo, não cheguei a ouvir :,(

  • Pedro

    Essa final foi péssima, no que diz respeito às apresentações dos finalistas.
    Não esperava muito mesmo de Ellen e Adam, mas depositei muita expectativa em Alfie e Tash, e achei bem fracas as performances. As musicas escolhidas foram terriveis e contribuiram pra essa final monótona. E a Tash, além de ser prejudicada pela song choice, ainda passou a semana doente, incapaz de fazer uma apresentação digna de finale. Talvez se ela tivesse outro coach, que tivesse trabalhado outras musicas com ela durante sua trajetoria, ela pudesse conquistar mais público votante. Ronan foi um desastre nessa temporada.
    A expectativa era grande também para o winner single de Alfie. Ele cantando seu single live foi uma verdadeira merda, porém, quando escutei a versão studio disponível no spotify, acabei gostando da música.
    O spotify também disponibilizou durante o domingo o single de todos os outros finalistas, incluindo Tash e Ellen que não ficaram no top 2. E vou ter que dizer, o single da Tash é ótimo, uma pena que ela não teve a oportunidade de cantar live. Uma pena também a musica nao estar mais disponivel para streaming.
    Gosto do Alfie, mas confesso que acho ele “just OK”. Vou aguardar o lançamento de seu albúm. Pode ser que ele surpreenda, ou que seja apenas mais do mesmo.
    E vou torcer para que Tash possa lançar suas musicas em breve, porque dos quatro finalistas, ela é a única que eu posso dizer com certeza que é cantora.

    • Tiago Vaz

      Estou contigo em sua decepção em relação às apresentações e ao resultado. Bem lembrado o fato de Tash ter passado muito mal de saúde, algo que a prejudicou imensamente nos ensaios e nas apresentações finais. Juntou isso com a falta de coaching, resultou em um amargo terceiro lugar. Quero o single de Natasha liberado de novo, não cheguei a ouvir :,(

  • carla machado

    ESPEREI TANTO POR ESTA REVIEW, como se tivesse tido que buscar em Curitiba!
    Gentemmm,,,,, e não é o vencedor se parece com o reviewer?!!
    11/08

    • Tiago Vaz

      Ainda bem que a review não foi escrita diante da derrota da França em casa. Parece muito sqn… Dia 11 de agosto é o dia do fiado.

  • carla machado

    ESPEREI TANTO POR ESTA REVIEW, como se tivesse tido que buscar em Curitiba!
    Gentemmm,,,,, e não é o vencedor se parece com o reviewer?!!
    11/08

    • Tiago Vaz

      Ainda bem que a review não foi escrita diante da derrota da França em casa.
      Alfie parece msm comigo… sqn.
      Ps.Dia 11 de agosto é o dia do fiado.

  • Luiz GustavoCristino

    Tranquilamente o pior vencedor da história do The Voice AU. Trajetória fraquíssima do início ao fim e claramente só ganhou pelo visual, assim como o vice só chegou aonde chegou pela história triste.

    Ellen e Tash eram o melhor que essa final tinha a oferecer. Ellen até que não fez feio, mas Tash, coitada, foi prejudicadíssima pelo coach merda que usou o dueto essencialmente pra se promover. Ao meu ver, era facilmente a melhor vocalista e a melhor artista da temporada. Vamos lembrar dela daqui a um mês? Claro que não, mas também não vamos lembrar do vencedor medíocre, e se ela vencesse seria sem dúvida bem mais memorável.

    Isso posto, foi uma temporada bacana, como sempre na versão australiana. A season 5 foi que nem Lost, o final merda não anula o fato de termos tido momentos que mereceram nossa empolgação. Valeu demais pelo seu trabalho também, Lord, parabéns pela cobertura! Não pude estar muito presente porque vi tudo atrasianemente, mas vc é sempre foda. Até o próximo ano!

    • Gabriel

      Tash, de fato, era uma baita competidora. A linha a ser seguida poderia ser a da Batalha e tals. Talvez teria ganhado mais público. Tash é uma das artistas mais completas que vi no TV Australia. Ronan é a versão lulu santos melhorada. Porque o Homem q gosta de fazer bosta e escolher canções duvidosas. curti ele não

      • Tiago Vaz

        lulu santos melhorado LOL. Achei que o cantor iria agregar algo na bancada tendo em vista a sua experiência no The X Factor Austrália, mas Ronan conseguiu ser pior que Ricky.

        • Gabriel

          Eu adoravaaaaaaa o Rick com todas minhas forças! hahaha Aquele jeito bairrista dele era maravilhoso… Ronan foi o coach mais fraco que ja passou na bancada na Australia!

        • Luiz GustavoCristino

          Ricky Martin? Amava!

    • Tiago Vaz

      Eu sei que peguei leve com os finalistas da Delta, tentei aceitar para ver se doía menos haha. Apesar do bom trabalho da australiana com seus pupilos, ainda acho que o Team Madden que merecia ter dois finalistas, Lane e Andrew. Valeu Guto pelo comentário e não tem problema em atrasaniar. Até a próxima! Quem sabe em uma cobertura do The X Factor Austrália.

  • Luiz GustavoCristino

    Tranquilamente o pior vencedor da história do The Voice AU. Trajetória fraquíssima do início ao fim e claramente só ganhou pelo visual, assim como o vice só chegou aonde chegou pela história triste.

    Ellen e Tash eram o melhor que essa final tinha a oferecer. Ellen até que não fez feio, mas Tash, coitada, foi prejudicadíssima pelo coach merda que usou o dueto essencialmente pra se promover. Ao meu ver, era facilmente a melhor vocalista e a melhor artista da temporada. Vamos lembrar dela daqui a um mês? Claro que não, mas também não vamos lembrar do vencedor medíocre, e se ela vencesse seria sem dúvida bem mais memorável.

    Isso posto, foi uma temporada bacana, como sempre na versão australiana. A season 5 foi que nem Lost, o final merda não anula o fato de termos tido momentos que mereceram nossa empolgação. Valeu demais pelo seu trabalho também, Lord, parabéns pela cobertura! Não pude estar muito presente porque vi tudo atrasianemente, mas vc é sempre foda. Até o próximo ano!

    • Gabriel

      Tash, de fato, era uma baita competidora. A linha a ser seguida poderia ser a da Batalha e tals. Talvez teria ganhado mais público. Tash é uma das artistas mais completas que vi no TV Australia. Ronan é a versão lulu santos melhorada. Porque o Homem q gosta de fazer bosta e escolher canções duvidosas. curti ele não

      • Tiago Vaz

        lulu santos melhorado LOL. Achei que o cantor iria agregar algo na bancada tendo em vista a sua experiência no The X Factor Austrália, mas Ronan conseguiu ser pior que Ricky.

        • Gabriel

          Eu adoravaaaaaaa o Rick com todas minhas forças! hahaha Aquele jeito bairrista dele era maravilhoso… Ronan foi o coach mais fraco que ja passou na bancada na Australia!

        • Luiz GustavoCristino

          Ricky Martin? Amava!

    • Tiago Vaz

      Eu sei que peguei leve com os finalistas da Delta, tentei aceitar para ver se doía menos haha. Apesar do bom trabalho da australiana com seus pupilos, ainda acho que o Team Madden que merecia ter dois finalistas, Lane e Andrew. Valeu Guto pelo comentário e não tem problema em atrasaniar. Até a próxima! Quem sabe em uma cobertura do The X Factor Austrália.

  • Patrícia Salomão

    Parabéns pela sua cobertura desta temporada, Lord.
    Conto com você escrevendo de madrugada nas próximas.

    • Tiago Vaz

      Obrigado Paty! Lord Writer das madrugas rs

  • Patrícia Salomão

    Parabéns pela sua cobertura desta temporada, Lord.
    Conto com você escrevendo de madrugada nas próximas.

    • Tiago Vaz

      Obrigado Paty! Lord Writer das madrugas rs

  • Vanessa

    Olá Tiago! Por ser a primeira temporada do The Voice Austrália que assistia por completo,criei uma expectativa e o nível dos candidatos,tb ajudou a isso porém depois que vimos as eliminações de Lane,Kim,Mikaela,Andrew (que era um candidato pra final) e Nazzereene entre outras,foi difícil acreditar que os jurados poderiam fazer mto milagre com os que sobraram rs.Embora goste do Alfie e torcesse por ele,concordo que ele não saiu mto da sua zona de conforto (uma jogada esperta da Delta) e quando saiu (tipo Pillowtalk) não funcionou né rs.Gostei que ele tenha ganhado (fazia um bom tempo q alguém q eu torcia nesses programas,não ganhava rs) porque torcia e gosto da voz mas tb acho que o programa teria ficado mais interessante e rico musicalmente,se esses nomes que citei, tivessem indo mto mais longe.Adam,por mais que tenha “evoluído” ainda acho que o público o manteve pela sua história.Tash,realmente foi a mais versátil durante a temporada mas o mal coach do Ronan,fez com que eu me perdesse e não entendesse qual a artista q ela realmente é mas poderia ter ficado em segundo.Elle,eu gostava e acho que foi até longe né mas sendo redundante rs as eliminações anteriores tb ajudaram a isso rs.
    Ainda não assisti o episódio final mas quis comentar por saber do resultado e etc mas adianto que não acho nada inteligente darem uma música animada pro Alfie,sendo que ele só cantou música lenta né rs.Quero ver,o q vem por aí com o álbum,pode ser um flop ou não kkk. Dos outros participantes,acho que só estou acompanhando Lane e Kim mesmo.
    Mas gostei mto das suas reviews e nos falamos na próxima temporada né.Até mais!

  • Vanessa

    Olá Tiago! Por ser a primeira temporada do The Voice Austrália que assistia por completo,criei uma expectativa e o nível dos candidatos,tb ajudou a isso porém depois que vimos as eliminações de Lane,Kim,Mikaela,Andrew (que era um candidato pra final) e Nazzereene entre outras,foi difícil acreditar que os jurados poderiam fazer mto milagre com os que sobraram rs.Embora goste do Alfie e torcesse por ele,concordo que ele não saiu mto da sua zona de conforto (uma jogada esperta da Delta) e quando saiu (tipo Pillowtalk) não funcionou né rs.Gostei que ele tenha ganhado (fazia um bom tempo q alguém q eu torcia nesses programas,não ganhava rs) porque torcia e gosto da voz mas tb acho que o programa teria ficado mais interessante e rico musicalmente,se esses nomes que citei, tivessem indo mto mais longe.Adam,por mais que tenha “evoluído” ainda acho que o público o manteve pela sua história.Tash,realmente foi a mais versátil durante a temporada mas o mal coach do Ronan,fez com que eu me perdesse e não entendesse qual a artista q ela realmente é mas poderia ter ficado em segundo.Elle,eu gostava e acho que foi até longe né mas sendo redundante rs as eliminações anteriores tb ajudaram a isso rs.
    Ainda não assisti o episódio final mas quis comentar por saber do resultado e etc mas adianto que não acho nada inteligente darem uma música animada pro Alfie,sendo que ele só cantou música lenta né rs.Quero ver,o q vem por aí com o álbum,pode ser um flop ou não kkk. Dos outros participantes,acho que só estou acompanhando Lane e Kim mesmo.
    Mas gostei mto das suas reviews e nos falamos na próxima temporada né.Até mais!

    • Tiago Vaz

      É normal que os candidatos mais versáteis acabem limados antes da final, mas que bom que um cantor que você torcia venceu a temporada. Obrigado por acompanhar as reviews!!!

  • Steffi

    Feliz que essa review não saiu 11/08! Hahahah

    Parabéns pela cobertura querido Lord Vaz! 🙂

  • Steffi

    Feliz que essa review não saiu 11/08! Hahahah

    Parabéns pela cobertura querido Lord Vaz! 🙂

    • Tiago Vaz

      Quase ficou para a madrugada de 11/08. Muito obrigado Steffi!!! Próximas temporadas de The Voice AU e de GoT somente em 2017 rs.