Supermax 1×04: Episódio #04

9
1123

Eu sempre defendi que Supermax vivia em constante evolução, entretanto assistindo ao episódio desta semana, me questiono se eu não estava assistindo aos episódios anteriores, pois está semana não tivemos uma evolução de fato, mas apenas um mais do mesmo. E tenho que admitir que este episódio me incomodou um pouco, no aspecto de me deixar irritado.

“Você me conhece, padre? ”

Quando Dante retornou, eu estava convicto que começaríamos a ter toda a história sobrenatural se desenvolvendo neste episódio. A história dele com os símbolos hebraicos e a história da “índia” que ele encontrou fora da Supermax deram a tônica do episódio. Na realidade foi muito bem-vindo a história ter sido focada em Dante, pois Ravel Andrade é um dos atores que mais me surpreenderam em até o presente momento, de forma positiva, e olha que eu queria ele morto já no primeiro episódio.

Dante ao longo do episódio oscilava suas reações, se no início ele mantinha um ar arrogante e cheio de marra, no decorrer do episódio ele se transformou em uma “criança assustada”. E foi interessante ele inventar toda a história da saída da Supermax para assustar os competidores, mas no final ele ter feito todos lhe virar as costas e ainda ter as entidades do mal o atormentando, é o típico feitiço voltando para o feiticeiro.

Os demais personagens não tiveram grande desenvolvimento, mas tenho que destacar Sérgio e Nando. Sérgio, que vinha em um crescente de bom mocismo, mostrou que não é tão bom quando se trata de salvar a própria pele. O fato dele usar da força para obter as informações de Dante, mostra que todos ali são capazes de fazer algo ruim para conseguir sair de todo o tormento que se tornou a Supermax.

A cena de Nando com os pequenos demônios foi muito tensa, e tenho que dar os parabéns para o pessoal dos efeitos especiais, pois os pequenos demônios ficaram muito bem feitos, bem como a amputação de Nando. E quando eu achava que teríamos alguma coisa de verdade acontecendo, vimos que foi mais uma visão do padre, mas ele já tem total certeza de que o ambiente está sendo dominado por uma entidade do mal.

Agora sem as pernas. Supermax.
Agora sem as pernas. Supermax.

Mas nem só de flores vive Supermax, pois temos alguns problemas bem irritantes. Por mais que seja um reality show e tudo mais, será precisa esticar por tanto tempo essa ideia? Já está irritando ele acharem que tudo que acontece é por causa do jogo. Eu estou quase convicto de quando aparecer as entidades do mal, eles vão achar que é alguém da produção disfarçado.

Outro ponto negativo são os diálogos, principalmente quando se refere a Timoteo e Bruna. Enquanto Timoteo usa de um vocabulário que ninguém utiliza em condições normais, sendo extremamente erudito ao ponto de soar falso, no caso de Bruna, falta o tom certo para a personagem, pois tem horas que é extremamente forçado. Mariana Ximenes consegue passar toda complexidade de Bruna através do olhar e dos gestos, mas a personagem se perde quando começa a falar. Não culpo a interprete, mas sim o próprio roteiro, que utiliza de um tom extremamente coloquial e pesa bastante no tom sombrio.

Essa semana, Supermax foi quase uma repetição do episódio 3. Já espero ansioso para que o filho do fogo comece a tocar o terror dentro da Supermax.

PS1: Cecília, a personagem mais inútil até agora, já desejo uma morte lenta e dolorosa.

PS2: A cena de sexo bizarro entre Dante a “índia” foi muito bem-feita

PS3: O gato bizarro voltou

  • Jurandir Marques

    Esse episódio é chato mesmo, mas a partir do próximo a coisa começa a melhorar. E muito. E a trama começa a se desenrolar ainda mais…

    • Iury Viana

      Se não melhorar vou te denunciar por propaganda enganosa uhauhahuauhahuauhahuahuuha.

      Obrigado por comentar.

  • Ronaldo

    Até agora para mim a série por enquanto falhou em criar um suspense, os personagens não parecem estar isolados no meio do nada e sem comunicação nenhuma. Quero logo que alguém morra pra esquentar a trama!

    • Iury Viana

      Eu também espero por sangue. Quero ver gritaria, tripas voando, cabeças sendo decapitadas, e claro, Cecilia tendo uma morte bem dolorosa =)

      Obrigado por comentar

  • Maria do bairro

    Vcs que conseguiram passar dos 4 primeiros episódios, não se preocupem! É agora que a série começa de verdade.

    • Iury Viana

      De todos os eps, o que eu menos gostei foi o 4. Espero que realmente melhore, como vocês dizem.

      Obrigado por comentar
      E obrigado por incentivar sem spoiler

  • Caio Vinicius Viana Lima

    Kd os closes da série eu quero é cloooose!
    kd as mortes, kd o suspense, kd o cabaré ?????
    Fiquei muito fulo quando o Dante contou que a historia da índia era mentira, já tirei ele da lista dos favs.
    Quando eu vi a cena dos golluns das trevas nas chamadas me caguei todo, é como se fosse as crianças que ele não conseguiu salvar. #medo
    Adorei a cena daqueles dois se entupindo de comida enquanto estão presos, não vou mentir faria o mesmo kkkkkkkkkkk

    • Iury Viana

      Os golluns eu apelidei carinhosamente de “cara de c*” aqui em casa. Eles são bem medonhos, adorei os efeitos da aparição deles.

      Quanto a Dante, eu achei bem feito tudo que aconteceu com ele. Todos se voltaram contra e as entidades foram pra cima dele, mas ainda não quero que ele morra.

      Eu admito que eu também faria igual a Janete o Luizão com a comida ahhuauahuhauhauhahuahuahuahuhuahuahua

      obrigado por comentar.

  • Josielma da silva alves

    Concordo plenamente fiquei muito irritada por quando vir que está só repetindo o episódio anterior.