Star Wars Rebels 3×04/05: Hera´s Heroes/The Last Battle

3
116

Em algumas reviews da temporada passada eu havia reclamado sobre o aumento do número de episódios de Rebels. Hoje, infelizmente, eu volto a tocar nesse assunto, pois acredito que em uma temporada menor, de treze episódios, não precisaríamos assistir a episódios como “Hera´s Heroes” e ”The Last Battle”.

Vamos analisá-los separadamente:

3×04: Hera´s Heroes

Nesse episódio tivemos os Rebeldes tentando recuperar uma relíquia da família de Hera, e encontrando o almirante Thrawn pela primeira vez.

1 – The Light Side.

O ponto alto do episódio foi a maneira como Thrawn foi retratado na trama. Se Hera foi descaracterizada, como eu explico melhor abaixo, a participação do Almirante foi perfeita. Sua forma de agir foi de acordo com as suas participações nos livros. Acho muito interessante que para entender os seus inimigos, Thrawn busca conhecer a sua história, sua cultura e arte.

2 – The Dark Side.

Sinceramente eu não entendo como Dave Filoni achou que Hera iria colocar tantos membros da Rebelião em risco para recuperar um artefato de família. A personagem foi criada ser uma líder responsável, entendendo que por mais importante que aquele objeto fosse para ela, não valeria à pena correr tantos riscos para recuperá-lo, pois a Rebelião tem um objetivo muito maior.

Assim, só tenho a lamentar a falta de visão dos roteiristas e produtores de Rebels que nos brindaram em “Hera´s Heroes” com um dos piores episódios da série.

3×05: The Last Battle

A trama desse episódio deve ter sido inspirada nas histórias dos soldados japoneses que eram encontrados, anos após o final da segunda guerra mundial, em ilhas do Pacífico achando que o combate ainda continuava. Assim, tivemos um batalhão de droids separatistas lutando contra Rex e os Jedi em um tipo de “jogo de guerra” para determinar o vencedor das Guerras Clônicas.

1 – The Light Side.

O único bom momento do episódio foi ver Rex comandando os Rebeldes na “competição” para descobrir quem seria o vencedor das Guerras Clônicas. Até achei interessante a maneira como o capitão falava do seu passado de batalhas, e a forma como ele lutou ao lado dos Jedi.

2 – The Dark Side.

Talvez por eu odiar os prequels, fiquei muito decepcionado por termos que assistir a um episódio com a participação dos droids “roger/roger”. Com o retorno de Maul e a utilização de Thrawn como vilão, achei um desperdício de tempo ter que assistir a um episódio sobre droids que não sabiam que a guerra acabou. Pior que isso só se houvesse a aparição de Jar Jar Binks.

No geral, ambos os episódios foram decepcionantes. Enquanto em “Hera´s Heroes” tivemos uma trama forçada, com os Rebeldes se arriscando por um objeto de família; em “The Last Battle” visitamos o que de pior, com exceção ao Jar Jar, vimos em Clone Wars. Agora é torcer para que os próximos fillers sejam melhores.

  • Willker José

    Sério que vc não gostou dos episódios? o.O

    Por enquanto, to achando os fillers dessa temporada muito melhores que o da segunda. Como gostei bastante da animação de Clone Wars (principalmente após a terceira temporada), simplesmente amei a homenagem que fizeram (tbm não gosto dos prequels).

    Mas eu entendo suas reclamações (fazem sentido).

    Em geral, essa temporada até então não está me desapontando.

    • Aurelio

      Fala, Wilker!

      Então, com relação ao primeiro episódio eu fiquei desapontado pois achei que a ideia de trazer o Thrawn para Rebels excelente, mas achei o episódio falho em sua premissa. Como a Hera, que é uma líder exemplar, seria tão egoísta a ponto de arriscar tantos membros da Rebelião para pegar um objeto? Eu entendo a importância familiar, mas achei forçado e um desperdício da presença do Almirante.
      Com relação ao segundo, acho que o meu ódio pelos prequels acabam atrapalhando a minha avaliação. Talvez o episódio tenha sido melhor do que eu avaliei, mas é só ouvir um “Roger/Roger” que eu perco a paciência. kkk
      Pelo menos não tivemos baleias espaciais…kkk

      • Willker José

        Sobre o episódio da Hera realmente a sua atitude foi um pouco precipitada, mas em geral gostei da maneira que o Thrawn foi explorado.
        Kkkkkkkkkk sobre o seu ódio, eu entendo. Os filmes prequels são terríveis. O que salva daquilo é a animação de Clone Wars e, lógico, a minha queria Ahsoka.