Star Trek: Discovery | Novo spin-off tem estreia adiada pela CBS

2
510

A CBS acaba de anunciar mudanças importantes envolvendo duas novas produções originais em desenvolvimento para o CBS All Access, sua plataforma de streaming, estilo Netflix.

Para começar, a estreia de Star Trek: Discovery, que originalmente estava prevista para janeiro, foi adiada para maio. O tempo extra foi um pedido do próprio criador e produtor executivo da série, Bryan Fuller. A primeira temporada de Discovery terá 13 episódios, mas por enquanto nenhum ator foi escalado e os produtores possuem apenas três roteiros finalizados.

A nova trama irá mostrar uma tripulação comandada por uma capitã (essa será a segunda vez em toda a história da franquia desde Star Trek Voyager que uma mulher será a protagonista) e vai mostrar eventos que aconteceram 10 anos antes de conhecermos o Capitão Kirk e a tripulação da Enterprise. A ideia é manter uma linha temporal independente da franquia cinematográfica e sem muitas conexões com a série clássica e seus outros spin-offs.

Para alavancar o CBS All Access, a emissora tem uma estratégia interessante. O primeiro episódio de Discovery será exibido na TV e depois quem quiser continua assistindo, terá que pagar uma assinatura e todos os episódios serão disponibilizados de uma só vez na plataforma de streaming. Aqui no Brasil, Star Trek: Discovery vai chegar pela Netflix, que adquiriu os direitos internacionais da série.

Além disso, todos os 727 episódios existentes do icônico acervo em TV de Star Trek, incluindo Star Trek: A Série Original, Star Trek: A Próxima Geração, Star Trek: Deep Space Nine, Star Trek: Voyager e Star Trek: Enterprise estarão disponíveis na Netflix por todo o mundo no final de 2016.

Por outro lado, o spin-off de The Good Wife, que ainda não tem título oficial, foi adiantado para fevereiro. A trama irá focar nas personagens interpretadas por Christine Baranski (Diane Lockhart) e Cush Jumbo (Lucca Quinn), mas por enquanto não existe nenhuma confirmação se a estrela da série, Julianna Margulies (Alicia Florrick), vai fazer algum tipo de participação especial.

Christine Baranski e Cush Jumbo
Christine Baranski e Cush Jumbo

Os King, casal criador de The Good Wife, assinaram um novo contrato com a CBS para assumirem de vez a produção executiva do spin-off. Até o momento eles haviam se comprometido a escreverem apenas o piloto, mas devido a grande possibilidade de sua nova série Brain Dead ser cancelada, eles aceitaram retornar ao comando e vão escrever todos os 10 episódios encomendados. A mesma estratégia usada em Discovery será usada aqui: piloto exibido na TV e depois todos os episódios exclusivamente na CBS All Access. Por enquanto nenhuma emissora ou serviço de streaming anunciou que vai trazer o spin-off de The Good Wife para o Brasil.

  • NowSilva

    Nossa… Maio? Putz…

    • Bruno

      Nao tem ninguém escalado ainda? *medo*