Queen of the South 1×02/03: Cuarenta Minutos/Estrategia de Entrada

12
79

É com muita alegria que assumo as reviews de Queens of the South, mas confesso que pensei muito sobre esse assunto. Um pouco de preguiça e algumas críticas ruins me desanimaram no começo, porém, críticas negativas sempre existirão para todas as séries, então resolvi tirar a prova por mim mesma e…. Simplesmente amei!

Alice Braga está sensacional nessa série, quando fui no banco de séries a maioria dos comentários estava elogiando muito a atuação da Alice Braga, mais uma brasileira fazendo bonito lá fora.

Eu sou uma pessoa bem ansiosa e acabei com as minhas unhas durante o segundo episódio. Toda aquela fantasia que Guero criou, se foi por água abaixo, agora ela é uma presa, no meio de todos os predadores, e ela tem de usar tudo que pode e tem para se manter viva e conseguir seus objetivos.

Graças as ambições de Camila sobre os negócios do marido, Teresa encontrou uma brecha para conseguir ir em frente. Fugir não era uma opção porque ela não poderia fugir para sempre, e conseguir escapar de Epifânio não uma tarefa simples, então nesse caso Camila era a sua melhor opção.

Com a morte da Aveline, Teresa viu a oportunidade de provar o seu valor e se tornar a mula mesmo com o risco alto de morrer de overdose com a droga no estomago. Ela conseguiu provar para a Camila que é sim muito boa, e tudo indica que irá bem longe com isso.

O ponto alto do episódio sem dúvida alguma, foi toda a sequência dela engolindo as drogas e até chegar ao aeroporto e depois vomitando os pacotes. Mesmo sabendo que ela não iria morrer, toda aquela aflição de talvez não dar tempo e chegando ao aeroporto, vomitando todas as drogas, foi algo muito bom de assistir. A cena do sabonete que foi maravilhosa, um ótimo truque e muito bem-feita, nesse momento eu já estava sem unhas e só consegui respirar quando ela pegou o último pacotinho no chão.

Não tenho opinião completamente formada sobre o James, não sei a quem ele realmente é fiel, se realmente a Camila, ou se no fundo ele é uma boa pessoa e tem seus princípios e realente se importa com a Teresa. Meu coração trouxa de shipper, já me diz que eles serão um possível casal, mas manterei meus pés no chão por mais um pouco, o que vocês acham sobre Tereza e James?

Essa série é para quem tem estomago forte, desde o piloto tem mostrado isso e esse segundo episódio não decepcionou.

É muito bom já sabermos o fim da história, mas qual o preço para se tornar a rainha? Qual o verdadeiro papel que a Camila desempenhará em nesse processo? E as intenções de Camila sobre o marido? Eu particularmente não acho que Epifânio seja burro, mas é aquele ditado, atrás de um grande homem, tem sempre uma grande mulher, ou seja, a Camila sabe muito bem o que faz, afinal ela ajudou a construir tudo que ele tem.

Quero fazer paralelo com Empire, mesmo sendo histórias bem distintas, vejo muito da Cookie, na Camila e na Tereza, quem acompanha Empire talvez entenda o que eu quero dizer, mesmo se ferrando algumas vezes, no final ela mostra quem é a verdadeira rainha.

E para finalizar esse 2 º episódio, Brenda por que não joga esse maldito celular fora?

1×03: Estrategia de Entrada

Nesse 3º episódio talvez poderíamos dizer que foi um pouco mais tranquilo, porém nem tanto assim. Já li algumas críticas falando que a séries estava indo rápido demais com os acontecimentos, concordo em partes, talvez esse episódio tenha tido muita informação ao mesmo tempo, muitas coisas aconteceram. Mas não vou considerar isso como algo ruim, porque ainda é muito cedo para falar. O que eu posso dizer dele:  40 minutos passaram voando.

Confiança era uma das palavras chave para resumir o que aconteceu no 3º episódio, e ao mesmo tempo Teresa provando realmente o seu valor, ela não é uma dessas meninas qualquer, e ela está provando isso para a Camila.

Como ela mesma disse ao James, se eu sei muito, eu sou dispensável. Se eu sei muito pouco, eu sou descartável. Porém isso um pouco perigoso, porque nesse mundo do tráfico, quem sabe demais nem sempre vive muito, mas as teorias sobre isso ainda estão bem cruas, vamos aguardar mais um pouco.

Brenda finalmente conseguiu falar com a Teresa, mas ao que parece ela ainda não tem total noção do que está realmente acontecendo. Mas ela não é burra, tanto que ela conseguiu fugir com o filho, e jogou fora o maldito celular. Eu queria ver um pouco mais de atuação do menino, entendo que ele não teve muitas falas ainda, mas não vi muita ação nele, já quero ele uma criança que perceba as coisas e realmente ajude a mãe durante toda essa fuga para a América, vou dar um votinho de confiança nele.

Tenho gostado bastante da Teresa do futuro falando com a Teresa do passado, isso nos traz a sensação de que vai ficar tudo bem, mas ao mesmo tempo, o fim importa muito, só que a melhor parte da história é como se chegou lá. Afinal, não precisamos saber o destino para aproveitar a jornada!

Eu não sei se gostei ou não do teste de confiança que a Camila fez com a Teresa, a princípio realmente achei que podia ser a polícia, mas depois que tudo se esclareceu pareceu meio óbvio, quero dizer, claro que a Camila não iria confiar 100% nela, era necessário testar a lealdade dela, afinal ela é algo muito valioso que seu marido que, e que ela pretende usar contra ele. Talvez teria sido um pouco melhor se durasse um pouco mais esse teste, se ela passasse por mais interrogatórios, talvez algum tipo de tortura. Não foi ruim, mas podia ser melhor.

A coragem que a Teresa mostrou no meio de todos de todos aqueles homens, se mantendo firme que aquelas notas eram falsas, simplesmente pelo peso delas. Mas foi bem broxante ela dizer que não queria fazer nada com ele, deixar ele sair livre. Mas Teresa não é uma assassina cruel, pode até ter parecido um pouco ingênuo da parte dela depois de tudo que ela passou, mas a grande verdade é que ela não é uma pessoa cruel. Veremos o que ela vai aprender com a Camila

Gostei de ver o James do lado dela, mas ainda não entendo muito a quem ele realmente é leal, ou se lá no fundo ele segue mesmo a consciência dele, algum tipo de princípios, ou se talvez ele sentiu algo pela Teresa. Confesso que meu coração de shipper já quer um casal ali, mas quero observá-lo mais um pouco ainda. Não sei se James quer protegê-la de algo, ou talvez isso tudo sejam mais testes. Qual a melhor teoria?

Não sei se confio em um advogado como Teo Aljarafe, dizer que não suja suas mãos, mas o dinheiro corrompe, e muito, e como ele já havia dito, ele sabe quem é a Camila e sabe o que ela faz. E algo sugere que talvez não sejam apenas negócios que acontecerá. E quero saber até quando ela vai conseguir arquitetar as coisas, antes do Epifânio descobrir tudo.

O que Teresa realmente quer é poder, e Camilla tem isso, mas a que preço? Ela admitiu que ela desistiu de seu marido e tem tudo, mas perdeu a filha, a fim de executar o seu negócio. Vale a pena?

Sobre o relógio que a Camila deu a Teresa em forma de pagamento por ter descoberto sobre as notas falsa, a princípio não sei o exato motivo que ela não pegou, porém acredito que isso vá significar algo mais lá na frente.

Sobre a vinda da Brenda para o Estados Unidos, eu só consegui lembrar de uma coisa, a novela América (rede globo) e todas as formas que a Sol tentou até finalmente entrar no país. Só me vem a cena da Sol dentro do painel do carro, segurando o globo de neve.

Brenda escondida debaixo do banco do ônibus reclamando muito, sem ter o mínimo de noção de tudo que a Teresa está passando lá.

O sonho de uma vida melhor nos EUA, pode virar um grande pesadelo como foi para o Guido e o Chino. Para a maioria das pessoas é necessário comer um pouco do pão de o diabo amassou antes de desfrutar das coisas boas.

  • Fabio Kazim

    Vi os três episódio e gostei muito do que vi. E tb lembrei na hora da novela da Globo, que tem quem diga que ela é mestre em copiar as historias alheias, que coincidência ou não, o livro do Arturo Perez-Reverte e America, bombaram no mesmo período.

    Tb acho que Tereza deveria ter mandado matar o safado, mas vamos fingir que nada aconteceu, pq é assim, se não fosse, mais a frente, ela não teria ouvido que para ser uma mulher naquele ambiente, ela tem ser forte e não vacilar. Alice Braga tá brilhando na série, espero muitas premiações para ela.

    O que tem me estranhado um pouco na série, é que ela tá muito rápida, e não acho que ela tá tão novela no sentido que as pessoas acham que novela tem que ser, um pouquinho mais até gostaria pra ser sincero, se não, se deve ter muito cuidado para não transformar a Tereza num “homem de saia” igual tem acontecido nos últimos livros jovem-adulto com heroínas e anti-heroínas mais parecendo homens vestido de mulher, do que uma mulher podendo ser o que é como qualquer outro ser na sociedade.

    • Priscilla Arradi Martins

      já li em vários lugares sobre ela estar bem rápida mesmo, como eu disse na review…
      talvez esse eps 3 poderia ter sido feito 2 eps dele

  • Fabio Kazim

    Vi os três episódio e gostei muito do que vi. E tb lembrei na hora da novela da Globo, que tem quem diga que ela é mestre em copiar as historias alheias, que coincidência ou não, o livro do Arturo Perez-Reverte e America, bombaram no mesmo período.

    Tb acho que Tereza deveria ter mandado matar o safado, mas vamos fingir que nada aconteceu, pq é assim, se não fosse, mais a frente, ela não teria ouvido que para ser uma mulher naquele ambiente, ela tem ser forte e não vacilar. Alice Braga tá brilhando na série, espero muitas premiações para ela.

    O que tem me estranhado um pouco na série, é que ela tá muito rápida, e não acho que ela tá tão novela no sentido que as pessoas acham que novela tem que ser, um pouquinho mais até gostaria pra ser sincero, se não, se deve ter muito cuidado para não transformar a Tereza num “homem de saia” igual tem acontecido nos últimos livros jovem-adulto com heroínas e anti-heroínas mais parecendo homens vestido de mulher, do que uma mulher podendo ser o que é como qualquer outro ser na sociedade.

    • Priscilla Arradi Martins

      já li em vários lugares sobre ela estar bem rápida mesmo, como eu disse na review…
      talvez esse eps 3 poderia ter sido feito 2 eps dele

  • NowSilva

    Comecei assistindo meio que com o pé atrás, relutante pela atriz principal ser brasileira, mas no fim, ela realmente não decepcionou. Na vdd , a série não vêm decepcionando. A Tereza com certeza vai sofrer muito ainda antes de ser alguém de completa confiança pra Camila. A série me lembra um pouco Nikita (adoro), com essa história de confiança, provas e tals. E consequentemente sofrerá ainda mais para se torna a “rainha”. Estou achando a dinâmica da série muito boa!

    • Priscilla Arradi Martins

      vaii, certeza q ela vai sofrer mtoo ainda

  • NowSilva

    Comecei assistindo meio que com o pé atrás, relutante pela atriz principal ser brasileira, mas no fim, ela realmente não decepcionou. Na vdd , a série não vêm decepcionando. A Tereza com certeza vai sofrer muito ainda antes de ser alguém de completa confiança pra Camila. A série me lembra um pouco Nikita (adoro), com essa história de confiança, provas e tals. E consequentemente sofrerá ainda mais para se torna a “rainha”. Estou achando a dinâmica da série muito boa!

    • Priscilla Arradi Martins

      vaii, certeza q ela vai sofrer mtoo ainda

  • Lara Loureiro

    Não sabia que tu tinha adotado Queen of the South, Pri!
    A série não tinha me convencido até o 1×03. Alice arrasou no fim do episódio e me deixou realmente triste por todas as desventuras que ela passou até o momento.

    PS: Também não suporto a Brenda e o moleque que vive com fome.

    • Priscilla Arradi Martins

      Pois é, minha nova filha…
      espero que fiquem boas as reviews

  • Lara Loureiro

    Não sabia que tu tinha adotado Queen of the South, Pri!
    A série não tinha me convencido até o 1×03. Alice arrasou no fim do episódio e me deixou realmente triste por todas as desventuras que ela passou até o momento.

    PS: Também não suporto a Brenda e o moleque que vive com fome.

    • Priscilla Arradi Martins

      Pois é, minha nova filha…
      espero que fiquem boas as reviews