Penny Dreadful 3×09: The Blessed Dark [Series Finale]

142
198

É um pequeno preço a se pagar por tamanha perfeição, não acha?

Eis que o fim chegou, e Penny Dreadful encerra sua história deixando sua marca no legado das séries de tv. Mas vamos falar um pouco de tudo que aconteceu para o grande desfecho, e sim, na minha humilde opinião, o final não poderia ter sido melhor, mas vamos discorrer mais a frente sobre isso.

A terceira temporada começou me deixando cheio de dúvidas, pois como todos estavam separados, fiquei curioso para ver como se desenrolaria a história e eles voltariam a se encontrar. A princípio me senti um pouco decepcionado por terem retornado com os vampiros, mas minhas esperanças foram renovadas quando eles vieram com o melhor monstro da literatura, Drácula.

A terceira temporada surgiu para mostrar os fantasmas de cada personagem, e como cada um deles lidaria com seus demônios internos. E dessa vez deram espaço para todos os personagens dizerem ao que veio, em destaque Lilly, que conseguiu sair de uma mulher relativamente “frágil”, para uma que tomava as rédeas da situação. A atuação de Billie Piper foi simplesmente magnífica, e sua personagem ganhou uma belíssima história.  Ela conseguiu nos surpreender como a revolucionária que não baixaria a cabeça para nenhum homem, quanto como a mãe que ainda sofre com a perda de sua filha. O seu final, aceitando a imortalidade e todas as questões que ela terá que carregar foi emocionante, por ver que ela quer viver como uma humana comum, mas que carregará o fardo de ver tudo perecer. E por mais que ela fosse motivada por ódio e raiva, ela conseguiu se esvaziar esses sentimentos quando finalmente compreendeu o que a fez tê-los. E o mais interessante é que mesmo a sua história não se conectando diretamente a história central, não ficou algo estranho ou alheio, era uma outra história, mas que manteve a essência da história central.

Diferentemente do arco de Victor, que deixou de ser um personagem interessante, para ser um “bobão”. Toda sua obsessão por Lilly soava um tanto exagerada, beirando a psicopatia, e ao meu ver, não trouxe nada de relativamente importante. Até o “Lorde Hyde” foi subutilizado, pois acreditava que iriam explorar a história do “Médico e o Monstro”, mas acabaram deixando só subentendido. Enfim, esse arco foi o mais estranho da temporada, e transformou um personagem interessante, em um personagem chato.

Em outra parte da trama, temos John Claire e sua família. Parece que os roteiristas realmente não queriam que o personagem, que sofreu durante todas as temporadas, tivesse um final feliz. Quando ele finalmente encontra sua família, seu filho falece, e todo o diálogo sobre a imortalidade nos faz questionar o quão o ser humano é egoísta. Por mais que a mãe quisesse que seu filho voltasse a vida, na realidade ela queria acabar com seu sofrimento, sem de fato se importar com as consequências que isso poderia acarretar no outro. Todos nós, em uma situação parecida com a da mãe, faríamos o mesmo. Iriamos desejar o mesmo, que a pessoa amada voltasse a vida para não ter que vê-la definhar, mas seria justo fazer a outra pessoa nos ver parecer? O plot do John sempre foi um dos mais reflexivos, e o personagem teve um final que fez jus a ele. Vanessa falou que não poderiam ficar mais solitários do que eles já estavam, mas John perdeu justamente aquela que o compreendia e aceitava suas condições de forma empática. Vê-lo perder tudo que ele tinha, foi um soco no estômago, e serviu para mostrar que devemos aproveitar o que temos enquanto pudermos, pois podemos ficar sozinhos a qualquer instante.

Na trama central, temos a profecia se concretizando e o fim dos tempos se iniciando. E a busca por Vanessa acaba nos proporcionando momentos bem interessantes. A parte em que a Dra. Seward hipnotiza o vampiro em busca do mestre foi algo bem legal, mas a interação de Catriona com o mesmo foi muito mais divertido. E que personagem deliciosa que era Catriona, pena que não deu tempo de conhecer ainda mais desta personagem.

Ao que me parece, o seriado terminou onde tudo começou, na casa de ópio, do bairro chinês. Eu posso estar até enganado, mas foi interessante ver a referência ao início de tudo. E a luta dos personagens contra a horda de vampiros foi algo lindo de se ver. Mas tudo que eu me questionava era “eles vão conseguir salvar a Vanessa?” E eu posso responder que sim, Vanessa foi salva.

Algumas pessoas falaram que não fazia sentido tudo que aconteceu no final, mas foi simplesmente impecável ver Vanessa aceitando sua condição. Ela deixou de ser a caça e controlou a situação. Ela não se salvou somente saindo das mãos de seu algoz, mas indo para a companhia do Senhor. A aceitação de Vanessa e sua morte, não foi um ato de covardia, mas sim um forma dela buscar a paz que ela tanto queria e finalmente se ver, e também as pessoas que ela ama, livre de todo o mal que a perseguia. Ela se sacrificou para um bem maior.

E sim, ela poderia ter morrido de várias formas, algumas até mais impactantes, mas não tinha como ter um desfecho mais belo, com ela morrendo nas mãos de Ethan. Os dois selando os seus destinos com um “beijo com amor” foi de cortar o coração. Ethan lutou sempre para conseguir fazer com que Vanessa fosse liberta de todo o mal que a rodeava, e ele compreendeu que a única forma de conseguir era matando-a. Pode ser que muitos achem tudo meio “fraco”, mas Penny Dreadful não é reconhecido pelo seu fator gráfico, mas pelo seu teor psicológico.

O final de Penny Dreadful foi um tanto corrido? Sim, de fato foi, mas nem isso tira o brilho de toda a história. Realmente é uma pena que tenha acabado, mas foi bom ter feito isso agora do que ter, sempre em alguma outra temporada, a mesma história. Na primeira eram os vampiros atrás de Vanessa, depois Lúcifer, depois Drácula, e isso poderia se tornar um loop infinito e acabaria mais desgastando do que realmente sendo algo benéfico.

Alguns personagens ficaram meio avulso de fato, como Catriona, mas dos personagens principais, todos tiveram um encerramento, só que alguns não tiveram seus finais neste episódio, como no caso de Ethan. Então devemos ver essa terceira temporada como uma conclusão como um todo, e não somente esperar que todas as respostas fossem dadas no episódio final.

Quanto a alguns comentários que falaram que o seriado acabou porque ficaram com medo de que sem a Eva Green a série não resistiria. Só para deixar claro, o seriado era sobre Vanessa, sobre como ela lidava com as forças do mal cobiçando seu corpo e sua alma, qual sentido que faria fazer uma série de Vanessa sem a mesma? Não foi a “saída“ da Eva que acabou a série, mas sim a história que se encerrou.

Agora só nos resta a lembrança dessa série maravilhosa, que já deixou o seu legado, e que nos mostrou todo o charme da Londres antiga e de como monstros literários podem se tornar algo cada vez mais interessante de assistir.

PS1: Dorian termina como o personagem mais inútil da série

PS2: Ethan mudou constantemente nessa temporada, ainda bem que não estragou o personagem.

PS3: Que dó do Sir Malcon em saber que sua filha só serviu de isca para atrair Vanessa.

  • Magnosama

    Pior temporada de PD,
    uma pena que terminou assim.
    E uma resenha meses depois do final da série?
    hummmm…

    • Thais

      Isso não tem nada a ver com o Iury, foi culpa minha.

      • Magnosama

        sua culpa, sua máxima culpa…
        hehehehe…
        de boa,
        foi uma pena até, pq eu acompanhava as resenhas aqui juntamente com os lançamentos.

        • Thais

          Pois é, falha enorme essa minha. Peço desculpas a vocês que acompanharam. Infelizmente não consegui entregar da melhor forma.

          • Iury Viana

            Relaxa Thaís, você tentou executar o trabalho da melhor forma que pode. Sempre existirão fatores que irão contribuir para nos atrapalhar. Mas eu, assim como muito aqui, acompanhei as suas reviews e gostava bastante dos teus textos. Então continua fazendo teu trabalho, faça o teu melhor e vamos seguir em frente. XD

          • Magnosama

            Isso…

    • Iury Viana

      Na realidade, para mim, a segunda temporada foi a mais fraca. E achei essa terceira bem mais dinâmica, bem mais parecida com a primeira. Foi uma temporada de encerramento, mas que infelizmente ficou um tanto corrida. Mas ainda fico satisfeito com o final que foi dado. Poderia ser melhor? De certa forma poderia, mas o que foi dado foi bem coerente, na minha opinião.

      Obrigado por comentar XD

      • Magnosama

        Além de corrida,
        não gostei da conclusão de nenhum dos plots, Iury
        pra mim foi mesmo insatisfatória,
        parabéns pelo texto,
        abs

        • Iury Viana

          Nos plots, os únicos que terminaram de forma decente foram o de Vanessa e Lily, na minha opinião. Vanessa sendo morta e Lily compreendendo sua condição. Mas todos os demais foram um tanto meio….Meh.

          O de Ethan também foi interessante, encerrar a história com a sua família e ganhar uma outra.

          Mas eu realmente compreendo a insatisfação, pois o seriado tinha realmente potencial para dar algo bem melhor. Não falo nem do final mesmo, que poderia ser esse que foi apresentado, mas tendo um pouco mais de zelo com todos os personagens, sem descaracterizá-los ou sem dar o devido aproveitamento. Acredito que essa temporada pecou na corrida em terminar as histórias, que muitas ficaram fracas, diante do que foi apresentado antes.

          • Magnosama

            Exatamente isso…
            obrigado.

  • Magnosama

    Pior temporada de PD,
    uma pena que terminou assim.
    E uma resenha meses depois do final da série?
    hummmm…

    • Thais

      Isso não tem nada a ver com o Iury, foi culpa minha.

      • Magnosama

        sua culpa, sua máxima culpa…
        hehehehe…
        de boa,
        uma pena até, pq eu acompanhava as resenhas aqui juntamente com os lançamentos.

        • Thais

          Pois é, falha enorme essa minha. Peço desculpas a vocês que acompanharam. Infelizmente não consegui entregar da melhor forma.

          • Iury Viana

            Relaxa Thaís, você tentou executar o trabalho da melhor forma que pode. Sempre existirão fatores que irão contribuir para nos atrapalhar. Mas eu, assim como muito aqui, acompanhei as suas reviews e gostava bastante dos teus textos. Então continua fazendo teu trabalho, faça o teu melhor e vamos seguir em frente. XD

          • Magnosama

            Isso…

    • Iury Viana

      Na realidade, para mim, a segunda temporada foi a mais fraca. E achei essa terceira bem mais dinâmica, bem mais parecida com a primeira. Foi uma temporada de encerramento, mas que infelizmente ficou um tanto corrida. Mas ainda fico satisfeito com o final que foi dado. Poderia ser melhor? De certa forma poderia, mas o que foi dado foi bem coerente, na minha opinião.

      Obrigado por comentar XD

      • Magnosama

        Além de corrida,
        não gostei da conclusão de nenhum dos plots, Iury
        pra mim foi mesmo insatisfatória,
        parabéns pelo texto,
        abs

        • Iury Viana

          Nos plots, os únicos que terminaram de forma decente foram o de Vanessa e Lily, na minha opinião. Vanessa sendo morta e Lily compreendendo sua condição. Mas todos os demais foram um tanto meio….Meh.

          O de Ethan também foi interessante, encerrar a história com a sua família e ganhar uma outra.

          Mas eu realmente compreendo a insatisfação, pois o seriado tinha realmente potencial para dar algo bem melhor. Não falo nem do final mesmo, que poderia ser esse que foi apresentado, mas tendo um pouco mais de zelo com todos os personagens, sem descaracterizá-los ou sem dar o devido aproveitamento. Acredito que essa temporada pecou na corrida em terminar as histórias, que muitas ficaram fracas, diante do que foi apresentado antes.

          • Magnosama

            Exatamente isso…
            obrigado.

  • netohemp

    Triste demais…Nunca senti isso por nenhuma série cancelada, era e ainda é a minha preferida…

    =( RIP Penny Dreadful.
    =( RIP Vanessa!

    • Iury Viana

      Pior notícia de 2016 no quesito séries T_T.

      Obrigado por comentar XD

  • netohemp

    Triste demais…Nunca senti isso por nenhuma série cancelada, era e ainda é a minha preferida…

    =( RIP Penny Dreadful.
    =( RIP Vanessa!

    • Iury Viana

      Pior notícia de 2016 no quesito séries T_T.

      Obrigado por comentar XD

  • Marcos Bastos

    Minha segunda série preferida… Chorei demais, desde aquela abertura linda até os créditos finais. Nunca vou superar. Foi lindo e triste ao mesmo tempo. Só queria que outros personagens fossem mais desenvolvidos como o Dr Jekyll, Catriona ou que dessem uma função legal ao Dorian (o Reeve Carney é ótimo e foi desperdiçado)

    • Iury Viana

      Sim, também achei o Dorian super mal aproveitado. Eu esperava ele como o lado mais sexual da série, mas meio que ficou aquém disso.

      Queria muito ver mais de Catriona e Dr Jekyll, mas não foi permitido infelizmente. Já imaginou que parceria linda da Catriona e do Sir Malcom?

      Obrigado por comentar XD

  • Marcos Bastos

    Minha segunda série preferida… Chorei demais, desde aquela abertura linda até os créditos finais. Nunca vou superar. Foi lindo e triste ao mesmo tempo. Só queria que outros personagens fossem mais desenvolvidos como o Dr Jekyll, Catriona ou que dessem uma função legal ao Dorian (o Reeve Carney é ótimo e foi desperdiçado)

    • Iury Viana

      Sim, também achei o Dorian super mal aproveitado. Eu esperava ele como o lado mais sexual da série, mas meio que ficou aquém disso.

      Queria muito ver mais de Catriona e Dr Jekyll, mas não foi permitido infelizmente. Já imaginou que parceria linda da Catriona e do Sir Malcom?

      Obrigado por comentar XD

  • Pedro

    Esse último episódio foi de fato muito lindo e um grande final, mas alguns episódios anteriores a esse deixaram muito a desejar, o personagem Ethan como falado no texto mudou constantemente de personalidade durante essa temporada, ele só lembrou que Vanessa existia praticamente com a série se encerrando; o personagem de Victor nem se fala, total descaracterização de personagem com esse plot do sequestro, o Dorian foi subaproveitado durante toda a série,entre outras coisas. Mas a série se encerrou lindamente e é isso que vai ficar, espero que a Eva Green algum dia receba algum prêmio por sua atuação nessa série, sem ela a série não teria a metade da grandeza que tem.

    • Iury Viana

      Também estou na torcida pelo reconhecimento do trabalho da Eva que simplesmente deu um show de interpretação em cada cena que aparecia.

      Obrigado por comentar XD.

  • Pedro

    Esse último episódio foi de fato muito lindo e um grande final, mas alguns episódios anteriores a esse deixaram muito a desejar, o personagem Ethan como falado no texto mudou constantemente de personalidade durante essa temporada, ele só lembrou que Vanessa existia praticamente com a série se encerrando; o personagem de Victor nem se fala, total descaracterização de personagem com esse plot do sequestro, o Dorian foi subaproveitado durante toda a série,entre outras coisas. Mas a série se encerrou lindamente e é isso que vai ficar, espero que a Eva Green algum dia receba algum prêmio por sua atuação nessa série, sem ela a série não teria a metade da grandeza que tem.

    • Iury Viana

      Também estou na torcida pelo reconhecimento do trabalho da Eva que simplesmente deu um show de interpretação em cada cena que aparecia.

      Obrigado por comentar XD.

  • Diego Ernica

    Considero o encerramento razoável, contudo ele seria muito mais aceitável como o encerramento de uma quarta temporada. Acho interessante que a série não tenha temporadas infinitas, mas acredito que no caso de Penny caberia mais uma temporada pra desenvolver os novos personagens satisfatoriamente e mostrar a real destruição causada pela união de Vanessa a escuridão. Não fiquei muito feliz com o plot de vários personagens: Victor ficou a temporada inteira pra capturar Lily e no final desistiu, seria muito mais interessante que a transformação se realizasse e nesse âmbito o Dr. Jekyll acidentalmente se tornasse o monstro; no enredo de Dorian e Lily acreditava que aquele clube de mulheres seria algo mais notório na cidade, como um grupo de vingadores, tendo Justine (outro personagem com início de desenvolvimento e que foi desperdiçado) um papel importante nessa trama; por fim no plot de Vanessa e Ethan esperava mais relutância dele em matá-la e apenas usar esse artifício como última possibilidade (preferia um maior desenvolvimento). Além disso toda a destruição proclamada pela entrega de Vanessa ao mal ficou só na conversa, no máximo teve apenas uma neblina/eclipse, fiquei aguardando ela “tacar o terror” na cidade falando muito verbis diablo, as criaturas da noite invadindo e destruindo tudo, etc. Por fim, Drácula fugindo lamentável, no mínimo deveria ter atacado todos por matarem sua amada.

    • Iury Viana

      Concordo que eu também esperei um apocalipse épico, com os vampiros saindo pelas ruas Londres matando a todos. Por mais que a neblina matasse as pessoas, não era isso que esperávamos.

      Outra coisa que também esperei ter uma maior relevância foi o grupo de mulheres de Lily. No final da segunda temporada, eu achava que ela e o Dorian seriam os vilões, mas não aconteceu. Então esperei Lily tocar o terror em Londres e começar a matar os homens da cidade, o que também não aconteceu. Mas se formos olhar, essa história serviu para dar uma maior profundidade a personagem, para conhecermos um pouco mais dela e de como ela se tornou aquilo que ela era. De onde vinha aquela raiva e aquela gana de se vingar dos homens. Isso sim foi excelente.

      E eu também fiquei me questionando do Drácula, mas era aquela coisa, ele tava em um corpo mortal, que poderia ser abatido de qualquer forma, ele não tinha mais porque estar ali, já que Vanessa tinha morrido. Ele simplesmente foi embora derrotado e aceitando a derrota.

      Agora imaginando Vanessa falando o Verbis Diablo, os vampiros correndo e as bruxas se juntando também…. Isso sim seria uma apocalipse decente.

      Obrigado por comentar XD.

      • Diego Ernica

        E claro, você fez uma excelente review, parabéns! Por mais que eu não tenha ficado satisfeito, realmente como você bem apontou o encerramento dado a Lily, Mr. Clare e Vanessa foram bons, o de Vanessa não imaginava nada diferente que não fosse a morte, mas faltou desenvolvimento disso em relação ao Ethan, mostrar mais a relutância dele quanto a isso. Enfim, fico feliz pela série em si, por sua existência, seu teor poético, a temática sobrenatural. Infelizmente não é o que a grande maioria curte e não dá audiência (vide Hannibal). Eu só fico um pouco abismado pela crítica ignorar o incrível trabalho de Eva, ela nem sequer é indicada pro Emy, lamentável.

  • Diego Fernando

    Considero o encerramento razoável, contudo ele seria muito mais aceitável como o encerramento de uma quarta temporada. Acho interessante que a série não tenha temporadas infinitas, mas acredito que no caso de Penny caberia mais uma temporada pra desenvolver os novos personagens satisfatoriamente e mostrar a real destruição causada pela união de Vanessa a escuridão. Não fiquei muito feliz com o plot de vários personagens: Victor ficou a temporada inteira pra capturar Lily e no final desistiu, seria muito mais interessante que a transformação se realizasse e nesse âmbito o Dr. Jekyll acidentalmente se tornasse o monstro; no enredo de Dorian e Lily acreditava que aquele clube de mulheres seria algo mais notório na cidade, como um grupo de vingadores, tendo Justine (outro personagem com início de desenvolvimento e que foi desperdiçado) um papel importante nessa trama; por fim no plot de Vanessa e Ethan esperava mais relutância dele em matá-la e apenas usar esse artifício como última possibilidade (preferia um maior desenvolvimento). Além disso toda a destruição proclamada pela entrega de Vanessa ao mal ficou só na conversa, no máximo teve apenas uma neblina/eclipse, fiquei aguardando ela “tacar o terror” na cidade falando muito verbis diablo, as criaturas da noite invadindo e destruindo tudo, etc. Por fim, Drácula fugindo lamentável, no mínimo deveria ter atacado todos por matarem sua amada.

    • Iury Viana

      Concordo que eu também esperei um apocalipse épico, com os vampiros saindo pelas ruas Londres matando a todos. Por mais que a neblina matasse as pessoas, não era isso que esperávamos.

      Outra coisa que também esperei ter uma maior relevância foi o grupo de mulheres de Lily. No final da segunda temporada, eu achava que ela e o Dorian seriam os vilões, mas não aconteceu. Então esperei Lily tocar o terror em Londres e começar a matar os homens da cidade, o que também não aconteceu. Mas se formos olhar, essa história serviu para dar uma maior profundidade a personagem, para conhecermos um pouco mais dela e de como ela se tornou aquilo que ela era. De onde vinha aquela raiva e aquela gana de se vingar dos homens. Isso sim foi excelente.

      E eu também fiquei me questionando do Drácula, mas era aquela coisa, ele tava em um corpo mortal, que poderia ser abatido de qualquer forma, ele não tinha mais porque estar ali, já que Vanessa tinha morrido. Ele simplesmente foi embora derrotado e aceitando a derrota.

      Agora imaginando Vanessa falando o Verbis Diablo, os vampiros correndo e as bruxas se juntando também…. Isso sim seria uma apocalipse decente.

      Obrigado por comentar XD.

      • Diego Fernando

        E claro, você fez uma excelente review, parabéns! Por mais que eu não tenha ficado satisfeito, realmente como você bem apontou o encerramento dado a Lily, Mr. Clare e Vanessa foram bons, o de Vanessa não imaginava nada diferente que não fosse a morte, mas faltou desenvolvimento disso em relação ao Ethan, mostrar mais a relutância dele quanto a isso. Enfim, fico feliz pela série em si, por sua existência, seu teor poético, a temática sobrenatural. Infelizmente não é o que a grande maioria curte e não dá audiência (vide Hannibal). Eu só fico um pouco abismado pela crítica ignorar o incrível trabalho de Eva, ela nem sequer é indicada pro Emy, lamentável.

  • vinland

    Achei o final apenas aceitavel. Se tivesse sido um final de Season Finale eu teria achado bom, mas esse episodio nao tinha cara de Series finale.

    Ficou evidente que a serie nao era pra acabar nessa temporada, e os produtores foram pegos de surpresa, e depois deram uma desculpa sem nexo, para dizer que a serie havia acabado. Vou listar alguns motivos.

    Personagens novos inseridos que nao tiveram aproveitamento nenhum.

    O final abrupto do plot, Dorian e Lilly.

    Audiencia baixa.

    O clube de mulheres, ficou nitido que foi um plot, interrompido por falta de tempo na serie.

    A morte de Vanessa pelas maos de Ethan nao faz sentido algum, ja que ele estava fora de londres esse tempo todo, e nao estava a par do que estava acontecendo na cidade. Foi muito estranho ver Ethan oferecendo ajuda para Vanessa, e depois ela ela fala qualquer coisa, e pronto !!! eu aceito te matar.

    Dorian, frankenstein e Lilly, nem preciso dizer que tiveram um desfecho sem pe e nem cabeça. O que me passou, foi que toda aquela historia, nao serviu pra nada na serie.

    O episodio nao foi ruim, teve alguns momentos muito bons, mas com certeza o ShowTime deve ter avisado do cancelamento um pouco antes do final das gravaçoes dessa temporada, o que deve ter resultado nesse final apressado. O personagem com o melhor desfecho foi o Monstro.

    Como disse nao foi ruim, mas pelo que a serie havia apresentado ate aqui, a serie merecia um final melhor. Mas vai fazer falta.

    • Iury Viana

      Bom, como eu disse na review, acredito que Lily teve um final bem interessante, aceitando sua imortalidade e tendo que aceitar que ela não será igual aos demais, e que na vida tudo irá perecer um dia.

      Dorian sempre foi um personagem sem pé nem cabeça. Ele não tinha uma função dentro da série. A única utilidade foi liberar o demônio de Vanessa na primeira temporada e só. Victor começou a ver que o ser humano era muito mais do que apenas vida e morte, que cada um carrega sua história, e que o que ele fazia era puro egoísmo e egocentrismo. Ele reconhecer que não sabia nem um terço do ser humano foi uma das formas dele entender que estava muito distante daquilo que ele almejava.

      Ethan foi embora por achar que desaparecendo e ficando preso, ele salvaria a todos, incluindo Vanessa. Na realidade nem ele e nem Vanessa aceitavam seus papéis em toda a história. Até que no final eles compreenderam o que deveriam fazer. Ethan deveria salvar Vanessa, e matando ela, nas condições que se encontrava, era de fato a salvação.

      Bom, essa é só minha opinião. Vamos debater mais.

      Obrigado por comentar XD

  • vinland

    Achei o final apenas aceitavel. Se tivesse sido um final de Season Finale eu teria achado bom, mas esse episodio nao tinha cara de Series finale.

    Ficou evidente que a serie nao era pra acabar nessa temporada, e os produtores foram pegos de surpresa, e depois deram uma desculpa sem nexo, para dizer que a serie havia acabado. Vou listar alguns motivos.

    Personagens novos inseridos que nao tiveram aproveitamento nenhum.

    O final abrupto do plot, Dorian e Lilly.

    Audiencia baixa.

    O clube de mulheres, ficou nitido que foi um plot, interrompido por falta de tempo na serie.

    A morte de Vanessa pelas maos de Ethan nao faz sentido algum, ja que ele estava fora de londres esse tempo todo, e nao estava a par do que estava acontecendo na cidade. Foi muito estranho ver Ethan oferecendo ajuda para Vanessa, e depois ela ela fala qualquer coisa, e pronto !!! eu aceito te matar.

    Dorian, frankenstein e Lilly, nem preciso dizer que tiveram um desfecho sem pe e nem cabeça. O que me passou, foi que toda aquela historia, nao serviu pra nada na serie.

    O episodio nao foi ruim, teve alguns momentos muito bons, mas com certeza o ShowTime deve ter avisado do cancelamento um pouco antes do final das gravaçoes dessa temporada, o que deve ter resultado nesse final apressado. O personagem com o melhor desfecho foi o Monstro.

    Como disse nao foi ruim, mas pelo que a serie havia apresentado ate aqui, a serie merecia um final melhor. Mas vai fazer falta.

    • Iury Viana

      Bom, como eu disse na review, acredito que Lily teve um final bem interessante, aceitando sua imortalidade e tendo que aceitar que ela não será igual aos demais, e que na vida tudo irá perecer um dia.

      Dorian sempre foi um personagem sem pé nem cabeça. Ele não tinha uma função dentro da série. A única utilidade foi liberar o demônio de Vanessa na primeira temporada e só. Victor começou a ver que o ser humano era muito mais do que apenas vida e morte, que cada um carrega sua história, e que o que ele fazia era puro egoísmo e egocentrismo. Ele reconhecer que não sabia nem um terço do ser humano foi uma das formas dele entender que estava muito distante daquilo que ele almejava.

      Ethan foi embora por achar que desaparecendo e ficando preso, ele salvaria a todos, incluindo Vanessa. Na realidade nem ele e nem Vanessa aceitavam seus papéis em toda a história. Até que no final eles compreenderam o que deveriam fazer. Ethan deveria salvar Vanessa, e matando ela, nas condições que se encontrava, era de fato a salvação.

      Bom, essa é só minha opinião. Vamos debater mais.

      Obrigado por comentar XD

  • Heloisa Martins

    Realmente mais criticaram que elogiaram, mas gostei da sua review. Também achei a melhor temporada e já assisti sabendo que era o fim e acho que por isso chorei muito, primeiro pq achei que não sobreviveriam aos vampiros, depois quando a Vanessa morreu e por fim com o John Clare… E também concordo que é melhor acabar em alta pq é grande a chance de fazer merda e a maionese desandar… só lamento pq era uma série belíssima…

    • Iury Viana

      Nem todos vão se sentir satisfeitos com que é exposto. Mas posso dizer que eu fiquei…. E assim como você, também senti meus olhos encherem de água com a morte da Vanessa e com o “enterro” do filho do John. E olha que John começou como um dos personagens mais detestados por mim.

      Obrigado por comentar XD.

      • Heloisa Martins

        Eu também não gostava do John, por ele ter matado a outra criatura e o Van Helsing. Mas ele mudou muito (parece que a volta à vida despertava o pior dentro deles). E eu é que agradeço pela sua atenção em responder ao meu comentário. Para finalizar, uma pergunta: vc assistiu Drácula?

        • Iury Viana

          Depende qual versão estamos falando. Porque eu sou da época do Drácula de Bram Stoker, de 1992, pra frente. Acho fascinante todo aquele charme e sensualidade dele. Pena que atualmente esqueceram disso e só colocam Drácula como um guerreiro ou um monstro sedento por sangue. Meio que estão acabando com a mitologia dele. Digo isso com base no último filme que vi sobre o tema “Drácula a história nunca contada”, que na minha opinião deveria continuar não sendo contada.

          E não precisa agradecer, eu acho interessante esse intercâmbio aqui com vocês. Gosto sempre de responder aos comentários para ter uma debate de informações.

          • Heloisa Martins

            No caso seria a série mesmo, com o Jonathan Rhys Meyers de protagonista. Eu curti bastante e lamento por não ter continuado.

          • Iury Viana

            A série eu não cheguei a assistir, pois só via críticas negativas e que acabou resultando no cancelamento. Então eu preferi não arriscar. Mas vou atrás, vou ver como essa série retrata o Drácula.

  • Heloisa Martins

    Realmente mais criticaram que elogiaram, mas gostei da sua review. Também achei a melhor temporada e já assisti sabendo que era o fim e acho que por isso chorei muito, primeiro pq achei que não sobreviveriam aos vampiros, depois quando a Vanessa morreu e por fim com o John Clare… E também concordo que é melhor acabar em alta pq é grande a chance de fazer merda e a maionese desandar… só lamento pq era uma série belíssima…

    • Iury Viana

      Nem todos vão se sentir satisfeitos com que é exposto. Mas posso dizer que eu fiquei…. E assim como você, também senti meus olhos encherem de água com a morte da Vanessa e com o “enterro” do filho do John. E olha que John começou como um dos personagens mais detestados por mim.

      Obrigado por comentar XD.

      • Heloisa Martins

        Eu também não gostava do John, por ele ter matado a outra criatura e o Van Helsing. Mas ele mudou muito (parece que a volta à vida despertava o pior dentro deles). E eu é que agradeço pela sua atenção em responder ao meu comentário. Para finalizar, uma pergunta: vc assistiu Drácula?

        • Iury Viana

          Depende qual versão estamos falando. Porque eu sou da época do Drácula de Bram Stoker, de 1992, pra frente. Acho fascinante todo aquele charme e sensualidade dele. Pena que atualmente esqueceram disso e só colocam Drácula como um guerreiro ou um monstro sedento por sangue. Meio que estão acabando com a mitologia dele. Digo isso com base no último filme que vi sobre o tema “Drácula a história nunca contada”, que na minha opinião deveria continuar não sendo contada.

          E não precisa agradecer, eu acho interessante esse intercâmbio aqui com vocês. Gosto sempre de responder aos comentários para ter uma debate de informações.

          • Heloisa Martins

            No caso seria a série mesmo, com o Jonathan Rhys Meyers de protagonista. Eu curti bastante e lamento por não ter continuado.

          • Iury Viana

            A série eu não cheguei a assistir, pois só via críticas negativas e que acabou resultando no cancelamento. Então eu preferi não arriscar. Mas vou atrás, vou ver como essa série retrata o Drácula.

  • thiago

    O que tenho a dizer sobre esse episódio é: Que morte horrível!

    Terminaram a série imbecilizando o Dr. Frankenstein e deixaram várias pontas soltas, a maioria das tramas e personagens foram subaproveitados. Foi um belo final para Vanessa, mas péssimo para a série.

    • Iury Viana

      Concordo que poderiam ter dado um pouco mais polimento a alguns personagens. Mas não acredito que esse fim desmereceu a série.

      O Victor realmente ficou péssimo, mas ele já estava começando a ficar meio ruim no final da segunda temporada, só que na terceira destruíram ele de vez.

      E concordo também que muitos personagens foram subaproveitados, eu queria muito ver um pouco mais da Catriona e do Lorde Hyde. Até a relação da Dra Seward com a sua irmã bruxa, eu queria ter visto um pouco mais.

      Obrigado por comentar XD.

  • thiago

    O que tenho a dizer sobre esse episódio é: Que morte horrível!

    Terminaram a série imbecilizando o Dr. Frankenstein e deixaram várias pontas soltas, a maioria das tramas e personagens foram subaproveitados. Foi um belo final para Vanessa, mas péssimo para a série.

    • Iury Viana

      Concordo que poderiam ter dado um pouco mais polimento a alguns personagens. Mas não acredito que esse fim desmereceu a série.

      O Victor realmente ficou péssimo, mas ele já estava começando a ficar meio ruim no final da segunda temporada, só que na terceira destruíram ele de vez.

      E concordo também que muitos personagens foram subaproveitados, eu queria muito ver um pouco mais da Catriona e do Lorde Hyde. Até a relação da Dra Seward com a sua irmã bruxa, eu queria ter visto um pouco mais.

      Obrigado por comentar XD.

  • Gabriel

    É uma pena que uma série que começou com tanto potencial se aproveitou tão pouco dele ao longo de suas três temporadas. Quando ela começou imaginava que teria uma pegada próxima de “Liga Extraordinária” e reuniria vários personagens dos clássicos da literatura numa estória coesa ambienta na era vitoriana. Ao invés disto preferiam investir numa trama insossa sobre o Apocalipse.

    O que eu vi em Penny Dreadful foi que todas as personagens baseadas na literatura não precisavam sê-lo. Isto foi uma forma que os roteiristas e produtores encontraram de se aproveitar da mitologia já estabelecida sem precisar se aprofundar muito nela. Antes tivessem dado nomes genéricos e construído uma estória em cima deles. Me cortou o coração ver um Dorian Grey, Victor, Hyde, John Clare e Lily existindo à margem de todos o principais eventos da série. Principalmente após o season finale da segunda temporada.

    Até gostei da revelação de Kaetenay como um lobisomem mas imaginava que isto seria melhor elaborado e levasse a existência de uma alcatéia. Talvez seria melhor se todos os Apaches pudessem assumir esta forma.

    E ainda em pergunto sobre a necessidade de Deus enviar um lobisomem para a guerra contra os demônios se a sua função era apenas a de matar Eva. Sem falar que questiono como o mundo pôde voltar ao normal com sua morte. Sempre a vi como um portal para as trevas governarem o mundo. Não é só pelo portal ser destruído que as trevas que vieram para cá deixariam de existir.

    • Iury Viana

      Vou falar a minha interpretação, ok?

      Bom, realmente o lance dos lobos, na minha opinião, ficou algo bem coeso. Kaetenay falou que ele achava que tinha o poder dado por Deus para salvar sua tribo, e que ele e Ethan eram os únicos remanescentes dos Apache, e que foi ele que transformou Ethan. Achei interessante essa parte dos “escolhidos” poderem ser os lobisomens, pois poderia correr o risco de ficar um pouco banalizado.

      Também achei estranho o Plot do Victor se distanciando da história principal, ele praticamente só se junto nos 45 minutos do segundo tempo. Essa terceira temporada tivemos duas história sendo contada. A de Vanessa e a de Lilly. O problema é que qualquer personagem que se junta com Dorian, acaba ficando sem uma conexão com a trama principal. Mas sinceramente achei bem melhor Lilly e Dorian estarem distantes da história principal e contar a sua história própria. Infelizmente Dorian sai de cena sem ter nenhuma ação útil. Talvez só na primeira temporada, quando transou com a Vanessa e libertou o demônio nela, mas tirando isso, ele não fez mais nada de útil.

      A função do lobisomem era proteger Vanessa, mas as vezes proteger não significa necessariamente matar os inimigos. Ele fez tudo que podia para evitar que Vanessa morresse, mas ele entendeu que a única forma de proteger, naquele momento, era matando a mesma.

      E Vanessa, você pode fazer uma analogia com a Caixa de Pandora. Quando a caixa é aberta, ela libera todo o caos e terror no mundo, e quando se fecha, tudo volta a normalidade. É o caso de Vanessa, ela era responsável por trazer toda a destruição no mundo, mas quando aquela ponte que conecta o nosso mundo com a trevas se desfaz, tudo volta normalidade.

      Não sei se me fiz claro, mas eu entendi desse jeito. Mas qualquer coisa vamos debater mais, quanto mais informações trocadas melhor.

      Obrigado por comentar XD.

      • Gabriel

        Só discordo em relação à Vanessa. É a primeira vez que vi esta interpretação para a caixa de Pandora que quando fechada tudo volta à normalidade. Sempre vejo que ela libera todo o mal mas retém a esperança (que pode até ser a pior maldição de todas uma esperança cega). Mas todo o mal liberado por ela continua presente no mundo.

        E o poder de se transformar em lobos deve ter sido dado por Deus mesmo. Se fosse algo que acontecesse com mais Apaches o líder deles saberia disto. Achei interessante que havia outro lobisomem mas não gostei dele sendo tão pouco relevante para série. Se Kaetenay não fosse um lobisomem ainda consideraríamos Ethan como o escolhido por Deus e todo o restante do episódio se daria da mesma forma. Da forma que aconteceu tivemos que o líder dos Apaches foi escolhido para escolher o escolhido na luta contra os demônios. Se a única função de Mina era atrair Vanessa então o mesmo vale para o Kaetnay em relação ao Ethan.

        • Iury Viana

          Olha aí, não tinha feito esse paralelo entre a Mina e Kaetnay. Realmente faz sentido ambos terem seus papéis no “desenvolvimento” de Vanessa e Ethan. Concordo que a função de Kaetnay foi servir para explicar a história de Ethan e da sua transformação. Para o personagem mesmo foi dado pouco destaque, mas pelo menos ele conseguiu responder muitas questões acerca do Ethan, o que foi bem gratificante.

  • Gabriel

    É uma pena que uma série que começou com tanto potencial se aproveitou tão pouco dele ao longo de suas três temporadas. Quando ela começou imaginava que teria uma pegada próxima de “Liga Extraordinária” e reuniria vários personagens dos clássicos da literatura numa estória coesa ambientada na era vitoriana. Ao invés disto preferiam investir numa trama insossa sobre o Apocalipse.

    O que eu vi em Penny Dreadful foi que todas as personagens baseadas na literatura não precisavam sê-lo. Isto foi uma forma que os roteiristas e produtores encontraram de se aproveitar da mitologia já estabelecida sem precisar se aprofundar muito nela. Antes tivessem dado nomes genéricos e construído uma estória em cima deles. Me cortou o coração ver um Dorian Grey, Hyde, John Clare e Lily existindo à margem de todos o principais eventos da série. Principalmente após o season finale da segunda temporada.

    Até gostei da revelação de Kaetenay como um lobisomem mas imaginava que isto seria melhor elaborado e levasse a existência de uma alcatéia. Talvez seria melhor se todos os Apaches pudessem assumir esta forma.

    E ainda me pergunto sobre a necessidade de Deus enviar um lobisomem para a guerra contra os demônios se a sua função era apenas a de matar Eva. Sem falar que questiono como o mundo pôde voltar ao normal com sua morte. Sempre a vi como um portal para as trevas governarem o mundo. Não é só pelo portal ser destruído que as trevas que vieram para cá deixariam de existir.

    • Iury Viana

      Vou falar a minha interpretação, ok?

      Bom, realmente o lance dos lobos, na minha opinião, ficou algo bem coeso. Kaetenay falou que ele achava que tinha o poder dado por Deus para salvar sua tribo, e que ele e Ethan eram os únicos remanescentes dos Apache, e que foi ele que transformou Ethan. Achei interessante essa parte dos “escolhidos” poderem ser os lobisomens, pois poderia correr o risco de ficar um pouco banalizado.

      Também achei estranho o Plot do Victor se distanciando da história principal, ele praticamente só se junto nos 45 minutos do segundo tempo. Essa terceira temporada tivemos duas história sendo contada. A de Vanessa e a de Lilly. O problema é que qualquer personagem que se junta com Dorian, acaba ficando sem uma conexão com a trama principal. Mas sinceramente achei bem melhor Lilly e Dorian estarem distantes da história principal e contar a sua história própria. Infelizmente Dorian sai de cena sem ter nenhuma ação útil. Talvez só na primeira temporada, quando transou com a Vanessa e libertou o demônio nela, mas tirando isso, ele não fez mais nada de útil.

      A função do lobisomem era proteger Vanessa, mas as vezes proteger não significa necessariamente matar os inimigos. Ele fez tudo que podia para evitar que Vanessa morresse, mas ele entendeu que a única forma de proteger, naquele momento, era matando a mesma.

      E Vanessa, você pode fazer uma analogia com a Caixa de Pandora. Quando a caixa é aberta, ela libera todo o caos e terror no mundo, e quando se fecha, tudo volta a normalidade. É o caso de Vanessa, ela era responsável por trazer toda a destruição no mundo, mas quando aquela ponte que conecta o nosso mundo com a trevas se desfaz, tudo volta normalidade.

      Não sei se me fiz claro, mas eu entendi desse jeito. Mas qualquer coisa vamos debater mais, quanto mais informações trocadas melhor.

      Obrigado por comentar XD.

      • Gabriel

        Só discordo em relação à Vanessa. É a primeira vez que vejo esta interpretação para a caixa de Pandora que quando fechada tudo volta à normalidade. Sempre vejo que ela libera todo o mal mas retém a esperança (que pode até ser a pior maldição de todas uma esperança cega). Mas todo o mal liberado por ela continua presente no mundo.

        E o poder de se transformar em lobos deve ter sido dado por Deus mesmo. Se fosse algo que acontecesse com mais Apaches o líder deles saberia disto. Achei interessante que havia outro lobisomem mas não gostei dele sendo tão pouco relevante para série. Se Kaetenay não fosse um lobisomem ainda consideraríamos Ethan como o escolhido por Deus e todo o restante do episódio se daria da mesma forma. Da forma que aconteceu tivemos que o líder dos Apaches foi escolhido para escolher o escolhido na luta contra os demônios. Se a única função de Mina era atrair Vanessa então o mesmo vale para o Kaetnay em relação ao Ethan.

        • Iury Viana

          Olha aí, não tinha feito esse paralelo entre a Mina e Kaetnay. Realmente faz sentido ambos terem seus papéis no “desenvolvimento” de Vanessa e Ethan. Concordo que a função de Kaetnay foi servir para explicar a história de Ethan e da sua transformação. Para o personagem mesmo foi dado pouco destaque, mas pelo menos ele conseguiu responder muitas questões acerca do Ethan, o que foi bem gratificante.

  • Karllos Silva

    Concordo com vc Iury, Vanessa foi “salva”. Não teria outro final pra ela não fosse o q foi apresentado. Achei super coerente, melhor do q um twist doido pra dizer q ela sobreviveu e foi feliz para sempre. Enfim, ótima serie, pena q acabou.

    • Iury Viana

      Você falando isso me lembrou a quinta temporada de Buffy, que termina de forma épica, mas que na sexta eles simplesmente destroem tudo. Eu prefiro esse final com Vanessa morta e enterrada. É ruim a série ter acabado? É. Mas melhor do que estragar e acabar deixando memórias ruins.

      Obrigado pelo comentário XD

      • Junior Menezes

        Mentiraaaaaaaaaaaaaaaa que você viu Buffy? OMFG. Buffy>>>>>>>>>all. Voltando a Penny Dreadful, eu pude associar essa series finale à de Hannibal, afinal, foi quase uma ode de uma para outra no quesito sacrifício e por finalizar bela, poetica e maravilhosamente bem e emocionante. Por várias vezes Penny Dreadful me deixou embasbacado, assombrado, perplexo, sobretudo na segunda temporada, mas nessa terceira e final temporada a poesia e a reflexão características da própria séries foram a níveis épicos dando-nos infinitas emoções, lágrimas, raiva pelo encerramento (não considero cancelamento porque houve um final concreto e fechado, claro, dentro do aceitável). Eva Green é extremamente talentosa, idiotamente esnobada nessas shitty de Emmys que só entregam a pessoas que não fazem um trabalho estupendamente bem como uma Queen Green da vida. Sem dúvida, o episódio 04 e esse 09 foram os mais emocionantes e esmagadores de coração que já tive o enorme prazer de assistir da ShowTime, ainda que a bela cagada da finale de Dexter tenha feito o mesmo, porém, com raiva. Quanto à review, concordo e assino embaixo em todos os aspectos, exceto ao Dorian Grey. Achava o personagem interessante e que poderia ser mais utilizado, mas não concordo em chamá-lo de inútil devido à sua ajuda para com Lilly. Encontremo-nos em outras reviews, Iury?

        • Iury Viana

          Chamo Dorian de inútil por ele mesmo não ter um papel relevante na história. Acho magnifica toda a mitologia do Dorian Grey e tudo mais, mas a série meio que acabou com isso. Ele parecia um playboy, sedutor, mimado e imortal. Se na primeira temporada eu achava fascinante todo aquele aura sexual que o personagem emanava, ela meio que acabou se perdendo. Até hoje eu lembro da primeira cena dele em meio a uma orgia em sua casa. Ele acabou se tornando sem um propósito, sem uma razão para estar ali. Todos tinham seu papel, mas Dorian não, mas isso, claro, na minha opinião.

          Eva, para mim, vai ser uma das melhores atrizes que já tive o prazer de assistir, e sim, ela deveria ser reconhecida pelo seu excelente trabalho.

          E eu assisti todas as temporadas de Buffy e até hoje guardo com carinho todas as lembranças dessa série… Menos da quarta temporada e da iniciativa.

          E sim, estou sempre fazendo reviews por aqui. Atualmente estou com “Guilt”, “Salem” e “2 Broke Girls”. Espero vê-lo novamente em alguma delas.

          • Junior Menezes

            Feliz ou infelizmente, só me verá em Salem. Guilt parei naquela series première, que, cruz credo, cara. As outras não e nem tenho lá muito vontade de assistir. Por que não gosta da parada da Iniciativa? Achava interessante isso ali, e por que a quarta é assim tão horrível? Todo mundo que assiste sempre diz isso mas eu achei até legal e, claro, melhor que os lixos que se tornaram 5th, 6th e 7th temporadas de TVD, hahahahaha. Eva Green…Quando e onde a veremos novamente, não é?

          • Iury Viana

            Eu até faria propaganda dizendo para voltar para “Guilt”, mas nem eu sei se aguento huahuahuahuahuahuahua…

            A quarta temporada foi ruim por contar uma história meio “boba”, tipo, não tinha um inimigo de fato… Nesse ponto pode até dizer “mas a sexta também não teve um vilão até a reta final”, mas o “vilão” da quarta é altamente sem graça. Veja a galeria de vilões de Buffy, e me diz se o “Adam” merece estar entre eles. E fora que foi o momento que apareceu o personagem mais mala da série, o Riley…. Como eu tinha ódio dele. Mas foi Buffy que me iniciou nos vampiros e na Wicca, sendo que a Wicca tbm teve uma forte influência de Charmed.

            Não vejo TVD, já tentei ver, mas não conseguiu me agradar. Mas eu vejo que teve muita gente reclamando mesmo de algumas temporadas. É aquela coisa, as pessoas não sabem quando parar.

            Ah, e espero você em outubro nas reviews de Salem XD

          • Junior Menezes

            Realmente, Riley e Adam foram uma bosta. TVD é mais um guilty pleasure, você não perde nada. Assista TO que é melhor, hahaha. Você é wiccano? Charmed seria o quê? BTW, pode esperar que em outubro estaremos aqui com mais bruxarias e mais sapos.

          • Iury Viana

            Charmed é um seriado de bruxaria, dos anos 90/2000. Tem uma vibe meio Buffy, é um dos seriados que eu não me canso de assistir inúmeras vezes. E super recomendo também. Tem as 8 temporadas na Netflix XD

            E não, não sou um Wiccano, sou apenas um curioso do assunto, adoro tudo que se refere ao lado sobrenatural da vida. Eu sou cercado por uma família de médiuns, então eu cresci com fascínio por tudo que é além da nossa compreensão. Mas admito que queria ser um bruxo quando era mais novo uauhauhahuuhauhauhahuauha.

  • Karllos Silva

    Concordo com vc Iury, Vanessa foi “salva”. Não teria outro final pra ela não fosse o q foi apresentado. Achei super coerente, melhor do q um twist doido pra dizer q ela sobreviveu e foi feliz para sempre. Enfim, ótima serie, pena q acabou.

    • Iury Viana

      Você falando isso me lembrou a quinta temporada de Buffy, que termina de forma épica, mas que na sexta eles simplesmente destroem tudo. Eu prefiro esse final com Vanessa morta e enterrada. É ruim a série ter acabado? É. Mas melhor do que estragar e acabar deixando memórias ruins.

      Obrigado pelo comentário XD

      • Junior Menezes

        Mentiraaaaaaaaaaaaaaaa que você viu Buffy? OMFG. Buffy>>>>>>>>>all. Voltando a Penny Dreadful, eu pude associar essa series finale à de Hannibal, afinal, foi quase uma ode de uma para outra no quesito sacrifício e por finalizar bela, poetica e maravilhosamente bem e emocionante. Por várias vezes Penny Dreadful me deixou embasbacado, assombrado, perplexo, sobretudo na segunda temporada, mas nessa terceira e final temporada a poesia e a reflexão características da própria séries foram a níveis épicos dando-nos infinitas emoções, lágrimas, raiva pelo encerramento (não considero cancelamento porque houve um final concreto e fechado, claro, dentro do aceitável). Eva Green é extremamente talentosa, idiotamente esnobada nessas shitty de Emmys que só entregam a pessoas que não fazem um trabalho estupendamente bem como uma Queen Green da vida. Sem dúvida, o episódio 04 e esse 09 foram os mais emocionantes e esmagadores de coração que já tive o enorme prazer de assistir da ShowTime, ainda que a bela cagada da finale de Dexter tenha feito o mesmo, porém, com raiva. Quanto à review, concordo e assino embaixo em todos os aspectos, exceto ao Dorian Grey. Achava o personagem interessante e que poderia ser mais utilizado, mas não concordo em chamá-lo de inútil devido à sua ajuda para com Lilly. Encontremo-nos em outras reviews, Iury?

        • Iury Viana

          Chamo Dorian de inútil por ele mesmo não ter um papel relevante na história. Acho magnifica toda a mitologia do Dorian Grey e tudo mais, mas a série meio que acabou com isso. Ele parecia um playboy, sedutor, mimado e imortal. Se na primeira temporada eu achava fascinante todo aquele aura sexual que o personagem emanava, ela meio que acabou se perdendo. Até hoje eu lembro da primeira cena dele em meio a uma orgia em sua casa. Ele acabou se tornando sem um propósito, sem uma razão para estar ali. Todos tinham seu papel, mas Dorian não, mas isso, claro, na minha opinião.

          Eva, para mim, vai ser uma das melhores atrizes que já tive o prazer de assistir, e sim, ela deveria ser reconhecida pelo seu excelente trabalho.

          E eu assisti todas as temporadas de Buffy e até hoje guardo com carinho todas as lembranças dessa série… Menos da quarta temporada e da iniciativa.

          E sim, estou sempre fazendo reviews por aqui. Atualmente estou com “Guilt”, “Salem” e “2 Broke Girls”. Espero vê-lo novamente em alguma delas.

          • Junior Menezes

            Feliz ou infelizmente, só me verá em Salem. Guilt parei naquela series première, que, cruz credo, cara. As outras não e nem tenho lá muito vontade de assistir. Por que não gosta da parada da Iniciativa? Achava interessante isso ali, e por que a quarta é assim tão horrível? Todo mundo que assiste sempre diz isso mas eu achei até legal e, claro, melhor que os lixos que se tornaram 5th, 6th e 7th temporadas de TVD, hahahahaha. Eva Green…Quando e onde a veremos novamente, não é?

          • Iury Viana

            Eu até faria propaganda dizendo para voltar para “Guilt”, mas nem eu sei se aguento huahuahuahuahuahuahua…

            A quarta temporada foi ruim por contar uma história meio “boba”, tipo, não tinha um inimigo de fato… Nesse ponto pode até dizer “mas a sexta também não teve um vilão até a reta final”, mas o “vilão” da quarta é altamente sem graça. Veja a galeria de vilões de Buffy, e me diz se o “Adam” merece estar entre eles. E fora que foi o momento que apareceu o personagem mais mala da série, o Riley…. Como eu tinha ódio dele. Mas foi Buffy que me iniciou nos vampiros e na Wicca, sendo que a Wicca tbm teve uma forte influência de Charmed.

            Não vejo TVD, já tentei ver, mas não conseguiu me agradar. Mas eu vejo que teve muita gente reclamando mesmo de algumas temporadas. É aquela coisa, as pessoas não sabem quando parar.

            Ah, e espero você em outubro nas reviews de Salem XD

          • Junior Menezes

            Realmente, Riley e Adam foram uma bosta. TVD é mais um guilty pleasure, você não perde nada. Assista TO que é melhor, hahaha. Você é wiccano? Charmed seria o quê? BTW, pode esperar que em outubro estaremos aqui com mais bruxarias e mais sapos.

          • Iury Viana

            Charmed é um seriado de bruxaria, dos anos 90/2000. Tem uma vibe meio Buffy, é um dos seriados que eu não me canso de assistir inúmeras vezes. E super recomendo também. Tem as 8 temporadas na Netflix XD

            E não, não sou um Wiccano, sou apenas um curioso do assunto, adoro tudo que se refere ao lado sobrenatural da vida. Eu sou cercado por uma família de médiuns, então eu cresci com fascínio por tudo que é além da nossa compreensão. Mas admito que queria ser um bruxo quando era mais novo uauhauhahuuhauhauhahuauha.

  • Viviana Galeno

    O interessante é que esta série estava na minha lista para assistir este ano quando vi que ela havia sido cancelada parei tudo e parti pro abraço e que Abraço.
    Linda, pura, mágica essa é pra mim a definição dessa série, a saga de Vanessa Ives e Jhon Claire, pra mim as conversas entre eles me rendiam olhos marejados, pensamentos e divagações.
    Dorian Gray- que encanto, eu dançava junto, curtia a non-sense dele, Lily- retratando a mulher e seus anos de dominações, um grito de Liberdade!; Vitor Frankestein-entendendo que ser humano é mais complicado que ele imaginava e nenhuma máquina é capaz de superar a ganância e o orgulho próprios da raça.
    Vanessa Ives- ela só queria paz; Jhon Claire- sua busca em entender o passado e compreender o presente.
    Sinceramente para mim os verdadeiros astros da série foram Eva Green e Rory Kinnear(mas que ator!!), foi muito bom ver o passando do Mrs.Clare-o lobisomem que não queria assumir sua identidade acabou encontrando seu refúgio.
    Mas uma série para indicar, pena que algumas pessoas não compreendem que esta não é só mais uma série de fantasia e criticam mesmo sem antes conhecer, assistir o 2º episódio.
    Abraço.

    • Iury Viana

      Eu entendo desse preconceito com a série, mas ela vai sempre estar entre as minhas três séries favoritas. E eu sempre recomendo como uma série para assistir e se apreciar.

      Eva realmente fez um trabalho espetacular, a cada cena era um novo show de interpretação que ela dava. Simplesmente uma das melhores atrizes da atualidade.

      O interessante é que os finais dos personagens, de alguns deles, foi algo mais psicológico do que de fato uma apresentação de uma resolução. O simples fato de um entendimento, que neste caso cito a Lily, já mostra que devemos ver um pouco mais além do que estamos vendo.

      Obrigado por comentar XD.

  • Viviana Galeno

    O interessante é que esta série estava na minha lista para assistir este ano quando vi que ela havia sido cancelada parei tudo e parti pro abraço e que Abraço.
    Linda, pura, mágica essa é pra mim a definição dessa série, a saga de Vanessa Ives e Jhon Claire, pra mim as conversas entre eles me rendiam olhos marejados, pensamentos e divagações.
    Dorian Gray- que encanto, eu dançava junto, curtia a non-sense dele, Lily- retratando a mulher e seus anos de dominações, um grito de Liberdade!; Vitor Frankestein-entendendo que ser humano é mais complicado que ele imaginava e nenhuma máquina é capaz de superar a ganância e o orgulho próprios da raça.
    Vanessa Ives- ela só queria paz; Jhon Claire- sua busca em entender o passado e compreender o presente.
    Sinceramente para mim os verdadeiros astros da série foram Eva Green e Rory Kinnear(mas que ator!!), foi muito bom ver o passando do Mrs.Clare-o lobisomem que não queria assumir sua identidade acabou encontrando seu refúgio.
    Mas uma série para indicar, pena que algumas pessoas não compreendem que esta não é só mais uma série de fantasia e criticam mesmo sem antes conhecer, assistir o 2º episódio.
    Abraço.

    • Iury Viana

      Eu entendo desse preconceito com a série, mas ela vai sempre estar entre as minhas três séries favoritas. E eu sempre recomendo como uma série para assistir e se apreciar.

      Eva realmente fez um trabalho espetacular, a cada cena era um novo show de interpretação que ela dava. Simplesmente uma das melhores atrizes da atualidade.

      O interessante é que os finais dos personagens, de alguns deles, foi algo mais psicológico do que de fato uma apresentação de uma resolução. O simples fato de um entendimento, que neste caso cito a Lily, já mostra que devemos ver um pouco mais além do que estamos vendo.

      Obrigado por comentar XD.

  • Gabriella

    O series finales poderia ter terminado com uma conclusão melhor para alguns personagens, ter seu desfecho concluído. Penny Dreadful sempre foi muito poética, mas nesse episodio as coisas aconteceram muito rápido.
    Conclusão só teve da Vanessa, e do Sir Malcolm que perdeu outra filha mas no final ganhou um filho, no caso o Ethan.
    Dorian terminou a serie como começou sem mostrar a que veio. Senti uma falta de um Verbis Diablo sendo dito
    Victor ficou ridículo com sua obsessão pela Lily, tão ridículo que so sentia nojo dele.
    Enfim, amei acompanhar Penny Dreadful, me emocionei vendo a morte da Vanessa pelas mãos do Ethan, com o John Clare sozinho no mundo e recitando o poema. Foi uma linda e espetacular série com um final que poderia ter sido melhor mas não deixa de ser boa.
    Ps: Ainda esperarei o dia que Eva Green seja reconhecida por esse papel e ganhe algum prêmio.
    Ps1: Eva Green, bicha tu é maravilhosa hein viada ♡
    RIP. Miss Ives.

    • Gabriel

      “(…) e do Sir Malcolm que perdeu outra filha mas no final ganhou um filho, no caso o Ethan”. E considerando o passado de Malcolm com seus filhos seria uma decisão bem sábia do Ethan se manter o mais afastado possível.

      • Gabriella

        Meu deus, verdade! Cai fora Ethan enquanto há tempo.

        • Iury Viana

          uhauhauhauhauhauhuhauahuaahu… Ri alto agora.

          E realmente, as coisas aconteceram de forma muito apressada neste final e faltou um pouco mais de polimento, mas foi tudo muito lindo de se ver.

          Obrigado por comentar XD

  • Gabriella

    O series finales poderia ter terminado com uma conclusão melhor para alguns personagens, ter seu desfecho concluído. Penny Dreadful sempre foi muito poética, mas nesse episodio as coisas aconteceram muito rápido.
    Conclusão só teve da Vanessa, e do Sir Malcolm que perdeu outra filha mas no final ganhou um filho, no caso o Ethan.
    Dorian terminou a serie como começou sem mostrar a que veio. Senti uma falta de um Verbis Diablo sendo dito
    Victor ficou ridículo com sua obsessão pela Lily, tão ridículo que so sentia nojo dele.
    Enfim, amei acompanhar Penny Dreadful, me emocionei vendo a morte da Vanessa pelas mãos do Ethan, com o John Clare sozinho no mundo e recitando o poema. Foi uma linda e espetacular série com um final que poderia ter sido melhor mas não deixa de ser boa.
    Ps: Ainda esperarei o dia que Eva Green seja reconhecida por esse papel e ganhe algum prêmio.
    Ps1: Eva Green, bicha tu é maravilhosa hein viada ♡
    RIP. Miss Ives.

    • Gabriel

      “(…) e do Sir Malcolm que perdeu outra filha mas no final ganhou um filho, no caso o Ethan”. E considerando o passado de Malcolm com seus filhos seria uma decisão bem sábia do Ethan se manter o mais afastado possível.

      • Gabriella

        Meu deus, verdade! Cai fora Ethan enquanto há tempo.

        • Iury Viana

          uhauhauhauhauhauhuhauahuaahu… Ri alto agora.

          E realmente, as coisas aconteceram de forma muito apressada neste final e faltou um pouco mais de polimento, mas foi tudo muito lindo de se ver.

          Obrigado por comentar XD

  • Junior PB

    Eva Green rainha, o e EMMY não te reconheceu este ano, mas nós fã sim.

    Que final bom, eu gostei, que morte triste, e ainda chorando aqui.

    • Iury Viana

      Vamos fazer a campanha para esse ser que simplesmente foi o destaque de toda história, e mostrou o quão talentosa ela é. E sim, os fãs realmente reconhecem todo o trabalho e esforço de Eva.

      Obrigado por comentar XD.

  • Junior PB

    Eva Green rainha, o e EMMY não te reconheceu este ano, mas nós fã sim.

    Que final bom, eu gostei, que morte triste, e ainda chorando aqui.

    • Iury Viana

      Vamos fazer a campanha para esse ser que simplesmente foi o destaque de toda história, e mostrou o quão talentosa ela é. E sim, os fãs realmente reconhecem todo o trabalho e esforço de Eva.

      Obrigado por comentar XD.

  • NowSilva

    De fato o final da série já havia sido planejado antes do anunciamento do produtor da série, pq não deixou pontas importantes soltas. A cena da luta contra a horda de vampiros foi muito boa de fato! Gostaria de ter visto mais da personagem Catriona, ela arrasou nas lutas.
    A morte da Miss Ives foi legal? Não, mas foi necessária e bem articulada.
    Vergonhoso mesmo foi a Eva Green não ter concorrido a melhor atriz em nenhum ano pela série.
    E como ficamos agora? Orfãs da melhor série de terror da atualidade.

    • Iury Viana

      Mas mesmo com planejamento, infelizmente ficaram algumas coisas a desejar.

      Sim, Catriona deveria ter aparecido desde primeira temporada, só digo isso.

      E eu acho que a morte de Vanessa foi até que bela, e bem sutil. Eu não esperava algo diferente, quanto ao desfecho, e acredito que não existia pessoa melhor para matá-la se não aquele que deveria salva-la. Ou era o Ethan ou Sir. Malcon, mas ai seria crueldade demais o Malcon matar duas filhas.

      Obrigado por comentar XD.

  • NowSilva

    De fato o final da série já havia sido planejado antes do anunciamento do produtor da série, pq não deixou pontas importantes soltas. A cena da luta contra a horda de vampiros foi muito boa de fato! Gostaria de ter visto mais da personagem Catriona, ela arrasou nas lutas.
    A morte da Miss Ives foi legal? Não, mas foi necessária e bem articulada.
    Vergonhoso mesmo foi a Eva Green não ter concorrido a melhor atriz em nenhum ano pela série.
    E como ficamos agora? Orfãs da melhor série de terror da atualidade.

    • Iury Viana

      Mas mesmo com planejamento, infelizmente ficaram algumas coisas a desejar.

      Sim, Catriona deveria ter aparecido desde primeira temporada, só digo isso.

      E eu acho que a morte de Vanessa foi até que bela, e bem sutil. Eu não esperava algo diferente, quanto ao desfecho, e acredito que não existia pessoa melhor para matá-la se não aquele que deveria salva-la. Ou era o Ethan ou Sir. Malcon, mas ai seria crueldade demais o Malcon matar duas filhas.

      Obrigado por comentar XD.

  • Marcelo

    Foi tudo muito corrido e sem planejamento sem dúvidas, o que foi o final do Dorian, na verdade qual era seu papel na trama? Esse plot do Doutor um saco, como sempre Vanessa salvou, até gostei do fim dela, mas….

    • Jessica de Oliveira

      O Dorian como personagem (e ator também) tinha tanto potencial :/ achei que em algum momento ele mostraria seu propósito. Ele é uma das minhas maiores chateações porque adoro o livro e a mitologia dele.

      • Marcelo

        Sim, também adoro a mitologia, tinha tanto potencial, uma pena.

    • Iury Viana

      Já podemos definir Dorian como a grande decepção de Penny Dreadful como um todo… Nem final o coitado teve.

      Obrigado por comentar XD.

  • Marcelo

    Foi tudo muito corrido e sem planejamento sem dúvidas, o que foi o final do Dorian, na verdade qual era seu papel na trama? Esse plot do Doutor um saco, como sempre Vanessa salvou, até gostei do fim dela, mas….

    • Jessica de Oliveira

      O Dorian como personagem (e ator também) tinha tanto potencial :/ achei que em algum momento ele mostraria seu propósito. Ele é uma das minhas maiores chateações porque adoro o livro e a mitologia dele.

      • Marcelo

        Sim, também adoro a mitologia, tinha tanto potencial, uma pena.

    • Iury Viana

      Já podemos definir Dorian como a grande decepção de Penny Dreadful como um todo… Nem final o coitado teve.

      Obrigado por comentar XD.

  • Jessica de Oliveira

    E uma coisa que ninguém comentou: vocês não esperaram pelo momento em que o Ethan ia descobrir o que o Frankenstein fez com Brona?? Eu estava contando com isso! 🙁 apenas decepções com esse final.

    • Iury Viana

      Olha, realmente não tinha me atentado a tal falha. Realmente seria interessante ver como se desenrolaria essa história, já que Ethan nutria sentimentos por Brona. Esquisito é passar duas temporadas completas e eles não se encontrarem de fato. Ficou faltando isso mesmo.

      Obrigado por comentar XD

      • juliana

        Essa é sem dúvida minha maior frustração, Jessica e Iury. E eu JUREI q isso ia acontecer, pois a Lilly falou do Ethan mais de uma vez nessa temporada. Mais uma prova de que ainda tinha história pra contar. (não me conformo)

  • Jessica de Oliveira

    E uma coisa que ninguém comentou: vocês não esperaram pelo momento em que o Ethan ia descobrir o que o Frankenstein fez com Brona?? Eu estava contando com isso! 🙁 apenas decepções com esse final.

    • Iury Viana

      Olha, realmente não tinha me atentado a tal falha. Realmente seria interessante ver como se desenrolaria essa história, já que Ethan nutria sentimentos por Brona. Esquisito é passar duas temporadas completas e eles não se encontrarem de fato. Ficou faltando isso mesmo.

      Obrigado por comentar XD

      • juliana

        Essa é sem dúvida minha maior frustração, Jessica e Iury. E eu JUREI q isso ia acontecer, pois a Lilly falou do Ethan mais de uma vez nessa temporada. Mais uma prova de que ainda tinha história pra contar. (não me conformo)

  • †akezo

    O final foi tipo novelinha,mas vou sentir saudades.

    • Iury Viana

      Faltou só o povo casando e tendo filhos para ser igual uma novela uahuhauauahuhauhauhauhuahuhauhahu.

      Mas vai, até que foi um bom final, poderia ter rendido mais, mas……

      Obrigado por comentar XD.

  • †akezo

    O final foi tipo novelinha,mas vou sentir saudades.

    • Iury Viana

      Faltou só o povo casando e tendo filhos para ser igual uma novela uahuhauauahuhauhauhauhuahuhauhahu.

      Mas vai, até que foi um bom final, poderia ter rendido mais, mas……

      Obrigado por comentar XD.

  • alexandre12000

    O desfecho foi interessante e até justo. Mas como ultima temporada foi muito fraca e frustrante. Os produtores podem dizer o quanto quiserem que eles planejaram terminar a série na terceira temporada, mas nada me convence disso e tira da minha cabeça que houve outro motivo por trás. Nunca que essa terceira temporada tem cara que foi feita pra ser a ultima. Pra que deixar o Ethan tanto tempo lá no deserto? Plot que podia durar um ou dois episodios, duvido que duraria quase a temporada toda se fosse a ultima e deixariam de explorar a relação dele com a Vanessa. Sem falar da Catriona, ela tem cara de que foi inserida para ser personagem fixo, fazer parte do clubinho da Vanessa. Apesar de boa, acabou sendo desnecessaria a participação dela, a unica justificativa é como eu disse: ela havia sido escalada pra fazer parte do elenco.
    Enfim… o final até que foi bom, eles conseguiram dar um desfecho descente e belo, mas ficou a sensação de ejaculação precoce kkkkkkkkkkkk

    • Iury Viana

      Huauhauauauhauhhuahuhuuahauhhua… Ri com a comparação agora. Realmente, se formos pensar, foi tudo muito acelerado na reta final. E admito que também achei que Catriona seria uma personagem fixa.

      A enrolação do Ethan no deserto, eu achei que ele iria pro lado das bruxas e tudo mais, mas como eu disse, Ethan mudou muito durante toda a temporada, mas pelo menos não estragou o personagem.

      E o desfecho da trama central ficou bem satisfatório, mas dos demais, meio que ficaram alguns a desejar,

      Obrigado por comentar XD

  • alexandre12000

    O desfecho foi interessante e até justo. Mas como ultima temporada foi muito fraca e frustrante. Os produtores podem dizer o quanto quiserem que eles planejaram terminar a série na terceira temporada, mas nada me convence disso e tira da minha cabeça que houve outro motivo por trás. Nunca que essa terceira temporada tem cara que foi feita pra ser a ultima. Pra que deixar o Ethan tanto tempo lá no deserto? Plot que podia durar um ou dois episodios, duvido que duraria quase a temporada toda se fosse a ultima e deixariam de explorar a relação dele com a Vanessa. Sem falar da Catriona, ela tem cara de que foi inserida para ser personagem fixo, fazer parte do clubinho da Vanessa. Apesar de boa, acabou sendo desnecessaria a participação dela, a unica justificativa é como eu disse: ela havia sido escalada pra fazer parte do elenco.
    Enfim… o final até que foi bom, eles conseguiram dar um desfecho descente e belo, mas ficou a sensação de ejaculação precoce kkkkkkkkkkkk

    • Iury Viana

      Huauhauauauhauhhuahuhuuahauhhua… Ri com a comparação agora. Realmente, se formos pensar, foi tudo muito acelerado na reta final. E admito que também achei que Catriona seria uma personagem fixa.

      A enrolação do Ethan no deserto, eu achei que ele iria pro lado das bruxas e tudo mais, mas como eu disse, Ethan mudou muito durante toda a temporada, mas pelo menos não estragou o personagem.

      E o desfecho da trama central ficou bem satisfatório, mas dos demais, meio que ficaram alguns a desejar,

      Obrigado por comentar XD

  • Roberto Aprigio

    Que pena que acabou. O final foi satisfatório, mas poderia ser melhor, pois a série tinha potencial. Em relação a continuidade, penso o contrário. A série tem um universo amplo e com a adição de bons atores e bons roteiristas a série poderia continuar tranquilamente.

    • Iury Viana

      Na realidade, não seria a mesma coisa, na questão da continuidade, pois a história sempre foi sobre Vanessa. Se fizesse um spin off com os personagens, com uma nova trama, eu até concordaria, mas Penny Dreadful mesmo, não consigo visualizar sem a Vanessa, por ela ser o eixo central da série.

      Mas já imaginou que foda seria uma série com Ethan, Catriona e Sir. Malcon caçando tudo quanto é criatura.

      Obrigado por comentar XD.

  • Roberto Aprigio

    Que pena que acabou. O final foi satisfatório, mas poderia ser melhor, pois a série tinha potencial. Em relação a continuidade, penso o contrário. A série tem um universo amplo e com a adição de bons atores e bons roteiristas a série poderia continuar tranquilamente.

    • Iury Viana

      Na realidade, não seria a mesma coisa, na questão da continuidade, pois a história sempre foi sobre Vanessa. Se fizesse um spin off com os personagens, com uma nova trama, eu até concordaria, mas Penny Dreadful mesmo, não consigo visualizar sem a Vanessa, por ela ser o eixo central da série.

      Mas já imaginou que foda seria uma série com Ethan, Catriona e Sir. Malcon caçando tudo quanto é criatura.

      Obrigado por comentar XD.

  • Libriane

    SE NÃO ME ENGANO, A ESPOSA DO ATOR Rory Kinnear, É A MESMA ESPOSA DE John Clare DA FICÇÃO, CERTO?
    AMEI A SÉRIE E SE NÃO FOSSE CONCLUÍDA ENQUANTO ESTIVESSE FAZENDO ALGUM SENTIDO, PODERIA ATÉ SE TORNAR CHATA, COMO OCORREU COM ALGUNS ARCOS QUE FORAM TÃO BEM REGISTRADOS NA reviews.

    • Iury Viana

      Sim, poderia virar um Supernatural 2.0, que passou várias temporadas até voltar a ser bem divertida novamente.

      E essa informação da esposa do Rory eu não tinha conhecimento, mas realmente a Pandora Colin é de fato a esposa do Rory. Muito obrigado pela informação.

      Obrigado por comentar XD

  • Libriane

    SE NÃO ME ENGANO, A ESPOSA DO ATOR Rory Kinnear, É A MESMA ESPOSA DE John Clare DA FICÇÃO, CERTO?
    AMEI A SÉRIE E SE NÃO FOSSE CONCLUÍDA ENQUANTO ESTIVESSE FAZENDO ALGUM SENTIDO, PODERIA ATÉ SE TORNAR CHATA, COMO OCORREU COM ALGUNS ARCOS QUE FORAM TÃO BEM REGISTRADOS NA reviews.

    • Iury Viana

      Sim, poderia virar um Supernatural 2.0, que passou várias temporadas até voltar a ser bem divertida novamente.

      E essa informação da esposa do Rory eu não tinha conhecimento, mas realmente a Pandora Colin é de fato a esposa do Rory. Muito obrigado pela informação.

      Obrigado por comentar XD

  • juliana

    acho que a maioria do pessoal já falou e preciso concordar: nem a pau que essa temporada foi planejada pra ser a última.

    minha maior frustração de tooooodas nessa série é ethan nunca ter encontrado com lilly e tirado as caras com victor por causa disso. tava crente que ia acontecer, pois ela citou ele essa temporada mais de uma vez, mostrando que lembrava bem da história dos dois.

    fora isso, tava achando o máximo o paralelo do movimento da lilly com o das sufragistas. quando victor, dorian e jeckyll acorrentam nossa feminazi favorita para “disciplinar” ela, abriu caminho pra um plot que seria formidável para falar sobre emancipação feminina e questões de gênero. acho que eles iam por esse caminho, sim. ainda mais com a adição da catriona no elenco, girl power a milhão.

    ethan era o tal do wolf of god, cheio das profecia, e o papel dele era dar um tiro na vanessa??? really???? tá certo q ele era baita atirador, então pra ele ser especial que ao menos fosse um tiro impossível de se acertar (o talento de atirador não serviu nem pra matar o pai, porque sir malcom fez a mão – o que foi bem lesgau).

    a história de john clare foi a única que, pra mim, teve um final satisfatório. amo todas as cenas dele com vanessão, desde o começo. amei o conflito final dele, com relação à morte do filho. tudo top.

    vou sentir saudades messssmo e to chatiadíssima que acabou desse jeito.

    mas MESMO ASSIM ainda é uma das minhas séries favoritas e antes um final meio tosco do que nenhum né

    • Iury Viana

      Eu esperava bem mais do clube das mulheres… Eu achei realmente que elas iam tocar o terror em Londres matando tudo quanto é homem, mas no final ficou só no discurso. Por mais que essa trama tenha servido para dar mais profundidade a Lily, seria de bom tom um pouco mais de ação nesse plot.

      E sim, a função de Ethan era salvar a Vanessa, e como eu disse na Review, ele fez. A única forma de salvar Vanessa, e o mundo, era matando ela. Não tinha outra saída, não tinha como ser diferente. E podem até achar que estou errado, mesmo que Penny Dreadful tivesse 10 temporadas, o destino de Vanessa era claro, não havia como ela se libertar se não fosse através da morte. Seus inimigos sempre voltariam de alguma maneira. Foi tudo meio acelerado, mas o final realmente foi bem coerente, mas claro, na minha opinião.

      Obrigado por comentar XD.

      • juliana

        acho que a morte é, sim, a saída mais coerente pra vanessa. poréeeemmm, nada me tira da cabeça que isso ia acontecer apenas no final da série e que ainda tinha história pra contar antes disso. =D

        achava, inclusive, que ela seria a vilã da quarta temporada, até que ethan precisasse matar ela. ia ser muito incrível (sonhando muito).

        • Iury Viana

          Nossa… Iria ser épico ela como a vilã da quarta temporada. Já imaginando todo um apocalipse na series finale… Londres sendo destruída, o Big Bang explodindo… Já quero

          E realmente, parecia ter muito mais a render, principalmente dos demais personagens, como o plot da Lily, ou até mesmo do Victor. Poderiam explorar ainda mais. Mas infelizmente escolheram encerrar tudo.

  • juliana

    acho que a maioria do pessoal já falou e preciso concordar: nem a pau que essa temporada foi planejada pra ser a última.

    minha maior frustração de tooooodas nessa série é ethan nunca ter encontrado com lilly e tirado as caras com victor por causa disso. tava crente que ia acontecer, pois ela citou ele essa temporada mais de uma vez, mostrando que lembrava bem da história dos dois.

    fora isso, tava achando o máximo o paralelo do movimento da lilly com o das sufragistas. quando victor, dorian e jeckyll acorrentam nossa feminazi favorita para “disciplinar” ela, abriu caminho pra um plot que seria formidável para falar sobre emancipação feminina e questões de gênero. acho que eles iam por esse caminho, sim. ainda mais com a adição da catriona no elenco, girl power a milhão.

    ethan era o tal do wolf of god, cheio das profecia, e o papel dele era dar um tiro na vanessa??? really???? tá certo q ele era baita atirador, então pra ele ser especial que ao menos fosse um tiro impossível de se acertar (o talento de atirador não serviu nem pra matar o pai, porque sir malcom fez a mão – o que foi bem lesgau).

    a história de john clare foi a única que, pra mim, teve um final satisfatório. amo todas as cenas dele com vanessão, desde o começo. amei o conflito final dele, com relação à morte do filho. tudo top.

    vou sentir saudades messssmo e to chatiadíssima que acabou desse jeito.

    mas MESMO ASSIM ainda é uma das minhas séries favoritas e antes um final meio tosco do que nenhum né

    • Iury Viana

      Eu esperava bem mais do clube das mulheres… Eu achei realmente que elas iam tocar o terror em Londres matando tudo quanto é homem, mas no final ficou só no discurso. Por mais que essa trama tenha servido para dar mais profundidade a Lily, seria de bom tom um pouco mais de ação nesse plot.

      E sim, a função de Ethan era salvar a Vanessa, e como eu disse na Review, ele fez. A única forma de salvar Vanessa, e o mundo, era matando ela. Não tinha outra saída, não tinha como ser diferente. E podem até achar que estou errado, mesmo que Penny Dreadful tivesse 10 temporadas, o destino de Vanessa era claro, não havia como ela se libertar se não fosse através da morte. Seus inimigos sempre voltariam de alguma maneira. Foi tudo meio acelerado, mas o final realmente foi bem coerente, mas claro, na minha opinião.

      Obrigado por comentar XD.

      • juliana

        acho que a morte é, sim, a saída mais coerente pra vanessa. poréeeemmm, nada me tira da cabeça que isso ia acontecer apenas no final da série e que ainda tinha história pra contar antes disso. =D

        achava, inclusive, que ela seria a vilã da quarta temporada, até que ethan precisasse matar ela. ia ser muito incrível (sonhando muito).

        • Iury Viana

          Nossa… Iria ser épico ela como a vilã da quarta temporada. Já imaginando todo um apocalipse na series finale… Londres sendo destruída, o Big Bang explodindo… Já quero

          E realmente, parecia ter muito mais a render, principalmente dos demais personagens, como o plot da Lily, ou até mesmo do Victor. Poderiam explorar ainda mais. Mas infelizmente escolheram encerrar tudo.

  • Uma pena, mas, que final merda.

    Como muito já foi comentado, isso não foi um roteiro planejado desde o começo. Pior, foi um roteiro alterado em seu meio para dar um final “coerente” já que provavelmente os criadores da série se depararam com o cancelamento.

    Vocês realmente assistiram a temporada? Vocês realmente viram que os roteiristas usaram o mesmo gancho para influenciar Ethan e Vanessa em determinadas ações? Digo isso por que foi o que me pareceu, já que em determinado momento da temporada, AMBOS consideraram abraçar o mal, já que pelas desgraças que o ocorriam, era isso que eles acreditavam serem destinados.

    O pior da temporada nem foi isso, ou a correria pra dar algum sentido nas ações dos personagens, o pior de tudo foi os imprestáveis núcleos que apareceram e sumiram sem evoluir em nada nenhum dos protagonistas. John Clare descobriu que tinha família, e que teve uma ligação passada com Vanessa, mas isso de nada acrescentou a trama (e ainda teve o clichê de “tirar toda humanidade do filho” cogitando a ideia de ressuscita-lo). Lily e Dorian começaram com a ideia de revolução, que evoluiu para algo promissor e no final não passou de, seila, mulheres jantando em sua mansão. Não deram nem o trabalho de mostrar como as ações dessas mulheres (que teoricamente estavam armando uma revolução pelas ruas de Londres) estava afetando a cidade. Frankenstein e o Lorde Hyde (achei legal essa parte hehe) não passaram de dois chatos, um gritando com o outro, a temporada inteira. Diálogos que hora eram muito bons, outras horas desinteressantes. Ethan e seu pai foi a coisa mais legal de toda a temporada, pelo menos houve a conclusão de alguma coisa de forma acertada.

    Agora Vanessa e o jeito que a mesma foi conduzida nesses 9 episódios só demonstram como os roteiristas não estavam pensando em nada de final quando começaram. Até por que 2 episódios do momento que ela se mostra preparada para enfrentar Drácula com suas próprias mãos, ela cai no conto do “seu lugar é ao meu lado”.

    Uma pena uma série tão boa terminar de forma tão pobre.

  • Uma pena, mas, que final merda.

    Como muito já foi comentado, isso não foi um roteiro planejado desde o começo. Pior, foi um roteiro alterado em seu meio para dar um final “coerente” já que provavelmente os criadores da série se depararam com o cancelamento.

    Vocês realmente assistiram a temporada? Vocês realmente viram que os roteiristas usaram o mesmo gancho para influenciar Ethan e Vanessa em determinadas ações? Digo isso por que foi o que me pareceu, já que em determinado momento da temporada, AMBOS consideraram abraçar o mal, já que pelas desgraças que o ocorriam, era isso que eles acreditavam serem destinados.

    O pior da temporada nem foi isso, ou a correria pra dar algum sentido nas ações dos personagens, o pior de tudo foi os imprestáveis núcleos que apareceram e sumiram sem evoluir em nada nenhum dos protagonistas. John Clare descobriu que tinha família, e que teve uma ligação passada com Vanessa, mas isso de nada acrescentou a trama (e ainda teve o clichê de “tirar toda humanidade do filho” cogitando a ideia de ressuscita-lo). Lily e Dorian começaram com a ideia de revolução, que evoluiu para algo promissor e no final não passou de, seila, mulheres jantando em sua mansão. Não deram nem o trabalho de mostrar como as ações dessas mulheres (que teoricamente estavam armando uma revolução pelas ruas de Londres) estava afetando a cidade. Frankenstein e o Lorde Hyde (achei legal essa parte hehe) não passaram de dois chatos, um gritando com o outro, a temporada inteira. Diálogos que hora eram muito bons, outras horas desinteressantes. Ethan e seu pai foi a coisa mais legal de toda a temporada, pelo menos houve a conclusão de alguma coisa de forma acertada.

    Agora Vanessa e o jeito que a mesma foi conduzida nesses 9 episódios só demonstram como os roteiristas não estavam pensando em nada de final quando começaram. Até por que 2 episódios do momento que ela se mostra preparada para enfrentar Drácula com suas próprias mãos, ela cai no conto do “seu lugar é ao meu lado”.

    Uma pena uma série tão boa terminar de forma tão pobre.