Mom 4×01: High-Tops and Brown Jacket [Season Premiere]

0
416

Até onde vai o fôlego de Christy & Bonnie em Mom?

Pois é amigos, aqui estamos mais uma vez de volta ao universo Plunkett! E como é bom dividirmos a mesa com essas mulheres que tem de tudo, menos uma vida calma e sem grandes acontecimentos.

Para quem não se lembra, o terceiro chegou ao fim sem grandes novidades, o que é compreensível visto que verdadeiros acontecimentos foram vivenciados por mãe e filha ao longo da última temporada.

Enquanto Bonnie se envolvia aos poucos com Adam (William Fichtner), Christy planejava seu futuro ao calcular os custos de uma faculdade de direito. Com a ajuda das amigas Marjorie, Jill e Wendy, os 200 mil dólares necessários acabaram se tornando mais acessíveis.

E é nessa volta que eu já gostaria de pontuar se a forma como consumimos séries vem mudando, e o que isso pode gerar no futuro das sitcoms. Foram 5 meses de espera, e nesse tempo provavelmente vocês, assim como eu, acompanharam diversas outras séries, principalmente através do Netflix.

E a primeira diferença que eu gostaria de salientar aqui é a continuidade nos roteiros ao longo dos episódios. Nesse início de quarto ano, Adam e Bonnie seguem num relacionamento estável, e as cenas de ciúme protagonizadas por ela renderam momentos engraçados no episódio.

Mas Christy começou a temporada à procura de um pretendente, enquanto todos nós aqui estávamos esperando por ela em algum campus universitário se desesperando com a quantidade de matéria, com a idade dos colegas de sala, ou com algum professor solteiro interessante.

As cenas dela com Jill foram engraçadas, tanto no novo encontro de anônimos, bem como nos acessos desprezo da amiga, querendo desmerecer Christy quando algum homem demonstrava interesse. Mas a première acabou demonstrando falta de sintonia com o finale passado.

E é por essas e outras que eu me pergunto até onde teremos novas e boas comédias pela frente? Pense um pouco em quantas vocês já assistiram, em quantas vocês acompanhavam ao mesmo tempo (citando apenas algumas das que eu fazia reviews: Friends, TBBT, TAAHM, Modern Family, 2 Broke Girls, The New Adventures of Old Christine, Angel From Hell…). Pense agora em quantas vocês estão acompanhando neste momento. O número por aí caiu? Bem, aqui também.

Entendam que eu ainda prefiro muito mais a comédia ao drama, mas estou mais ansioso em assistir à nova temporada de Fuller House do que acompanhar a nova temporada de TBBT (que por sinal já deve ter começado, certo?).

Soma-se a isso o fato de Mom ter marcado sua pior audiência nessa história (assim como várias outras séries também vem despencando nos números), e podemos chegar a uma conclusão: o hábito de consumo vem mudando. E vai mudar ainda mais.

E o que eu quero expondo tudo isso? Primeiro que vocês entendam que a forma como a audiência influencia no futuro de uma série ainda é um pouco preso ao passado, portanto o mais sensato a se fazer na hora da previsão é comparar os números de Mom não com o seu passado, mas sim com as demais comédias no ar.

E segundo que só aqui no Série Maníacos a gente encontra uma audiência qualificada a ponto de ano após ano, temporada após temporada, abrirmos e fecharmos ciclos de discussão. Não só eu, como os demais reviewers aqui, queremos vocês cada vez mais presentes e participativos. Concordando ou discordando, mas interagindo.

Se Mom será minha última sitcom na era das reviews eu ainda não sei, só sei que temos uma bela temporada pela frente, e dela eu não abro mão. Vamos então discutir cada episódio mais uma vez? Que tal vocês começarem contando o que acharam dessa première?

Até a próxima =)

OBS: foi difícil encontrar novidades, mas teremos Chris Patt (o astro de Guardiões da Galáxia e Jurassic, e marido da protagonista Anna Faris) em algum episódio em 2017. Ele dará vida a Nick, sobrinho de Marjorie, que não gostará nada, nada quando um clima pintar entre ele e, é claro, Christy.

Já para os fãs de The West Wing (onde Alisson Janney fazia parte do elenco) teremos também a participação de Badley Whitford, e é claro que a gente torce para que ele se envolva com Bonnie!