MasterChef 7×07: Vets, Jets and Homecooks

4
25

Chegou o momento em que a competição já não tolera certos erros, a margem de falhas que são permitidas aos possíveis ganhadores dessa temporada foi drasticamente reduzida. Perto do Top10, mais um grande evento é responsabilidade dos homecooks e dessa vez o padrão é ainda mais importante. O pressure test foi a altura do desafio anterior e o décimo terceiro candidato dá adeus a competição.

A divisão das equipes, mais uma vez, foi diferente. A opção de escolherem entre si, de acordo com as afinidades ou estratégias de organização do grupo, é extremamente importante e é um grande privilégio a produção dar essa facilidade para os competidores. O #RedTeam liderado por David foi uma surpresa, entre todos os concorrentes que poderiam liderar a equipe vermelha, Terry parecia a escolha da vez. Já o #BlueTeam começa com Alejandro escolhendo essa equipe ao invés da Red, só que o problema já começa quando Shaun está entre eles; é difícil não prever que ele vai tentar liderar ao mesmo tempo que Alejandro e isso é indesejável pra qualquer chef.

O desafio foi simples, um steak com dois acompanhamentos e um molho. A escolha da proteína foi o “hanger steak” que seria o equivalente a fraldinha, alcatra – cortes mais “magros” – que levam um preparo básico pra servir os 101 veteranos convidados. O #RedTeam escolheu o cardápio mais sabiamente, a marinada no steak só ia tomar tempo e os 75 minutos dados pra completar o challenge não precisavam ser desperdiçados com isso já que um molho acompanharia a proteína.

O #BlueTeam iniciou com um indício forte de desorganização, Shaun sempre tem que fazer valer sua opinião e esse defeito dele é prejudicial nas atividades em grupo, ainda mais quando quer impor uma marinada – Brandi exemplificou de forma concisa o motivo de não ser uma boa ideia uma marinada, ainda mais uma que possivelmente deixaria o gosto de queimado no steak – e tenta fazer um papel maior do que o de Alejandro. E, simplesmente, não é seu lugar, Shaun.

Sobre os acompanhamentos, o #RedTeam fez uma opção duvidável ao selecionar mac’n’cheese como um dos sides, fez o prato parecer infantil e não harmonizou com o restante das combinações deles. Apesar de usar um acompanhamento óbvio, o #BlueTeam foi melhor ao harmonizar o prato com o purê de batatas que é um carboidrato bem mais versátil do que o escolhido pelo time adversário. No entanto, as orientações de Ramsay foram centradas na equipe azul que mereceu todas as chamadas do chef. Assim como a vermelha depois de mandar pratos inacabados para os convidados.

Christina foi um excelente host, não deu pra ignorar isso. Em diversos challenges, seja no MasterChef US ou no Brasil, quando existem problemas assim os judges apenas descontam da equipe, ela levar os pratos de volta para que os veteranos tivessem a experiência completa e propriamente bem-feita, foi admirável. Não é a primeira falha de Manny em um desafio, ele não é muito bom sobre pressão ou em cozinhar em grandes quantidades, então não é difícil prever que ele poderia muito bem ser eliminado nesse episódio.

No pressure test, David foi over the top querendo ser salvo e ficou bem feio pra ele. Menosprezar o trabalho do Eric foi ridículo, mesmo tendo a competitividade nata não tem porque ele se escolher só porque liderou a equipe – que, por sinal, perdeu – ou porque prefere não estar na eliminação. O teste apesar de ser uma coisa cotidiana para os americanos, foi escolhido pra ser trabalhoso. Além de fazer a marinada, empanar o frango e frita-lo, a separação ia tomar um pouco do tempo deles. David não começou bem, esse descontentamento dele atrapalhou bastante sua organização e enquanto ele ainda estava separando o frango, seus adversários já estavam cozinhando. Tanorria foi uma que se destacou, seu frango estava belíssimo e antes dos judges provarem deu para ver que seria um dos melhores dishes da prova.

Terry e David tiveram boas performances, mas não tiveram um destaque que fizesse os judges sentirem que estava fantástico, na aparência ou no sabor. Tanorria claramente foi o destaque, suas origens sulistas a ajudaram bastante nessa prova e sua intuição foi bem acurada. Os três foram os melhores da noite, contrapondo os outros três que tiveram muitas falhas e performances lamentáveis.

Manny errou demais ao não prestar atenção no forno e passar o ponto do frango, aliás, não tinha como classificar seu frango como overcook porque estava obviamente bem queimado. Diane quis ser criativa, mas quando não se sabe o que está fazendo é melhor não arriscar em um teste de eliminação, é uma questão lógico pra qualquer um. Já Katie foi a pior pelo simples fato de não ter seguido o propósito do dish, seu frango foi mais uma tentativa frustrada de um frango frito sem pele ou quando os ingredientes não são suficientes para a receita; a aparência foi deplorável e o sabor só poderia ser bem sem graça. E com a desculpa dela sobre ser uma pessoa saudável ficou ainda pior. O candidato eliminado poderia ter sido qualquer um do bottom 3, mesmo com Diana pendurada desde o episódio anterior, Manny foi descuidado desde o início do episódio e já estava na hora de levarem isso em conta.

Com o top 13 formado, a corrida pra chegar aos dez melhores dessa edição fica ainda mais complicada. Alguns se destacam, como Terry e Andrea, outros já não tem como continuar na competição; Diana é o exemplo disso. Os chefs têm feito boas decisões, apesar de algumas equivocadas como continuar salvando Nathan e Diana, mas no geral estão indo muito bem sem o chef Elliot. O chef convidado é uma grande ideia, a participação do chef Sanchez preencheu muito bem a ausência de Graham e ainda deu um toque mais cultural no programa. Relativamente não é uma das melhores seleções de cozinheiros, perde fácil pra S05 e S06, mas essa temporada ainda pode surpreender bastante. Essa é justamente a especialidade do MasterChef.

White Apron 1: Gordon pilotando o avião tem que ser a entrada mais triunfal dos chefs em um desafio de equipes.

White Apron 2: Shaun foi ridículo querendo culpar Brandi pela sua marinada fajuta, mesmo quando Gordon afirmou que açúcar e marinada não dão certo na grelha.

  • Felipe Ferreira Silva

    Onde voce esta acompanhando esta temporada?

  • Felipe Ferreira Silva

    Onde voce esta acompanhando esta temporada?

  • Lybio Jeffersom

    Minhas torcidas são pro Terry e Andrea ( aquela linda!), quero Shaun saindo pra ontem, cara chato d+, mas não chega ser mais chato q o Nathan

  • Lybio Jeffersom

    Minhas torcidas são pro Terry e Andrea ( aquela linda!), quero Shaun saindo pra ontem, cara chato d+, mas não chega ser mais chato q o Nathan