Luke Cage 1×11: Now You’re Mine

3
869

Luke Cage adentra o labirinto culposo.

Ao fim de “Take it personal”, Luke Cage salvou Misty e ambos ficaram encurralados no mesmo local aonde se conheceram, seria romântico se não fosse trágico. A detetive tem uma grave ferida e a escapatória do herói quase à prova de balas é se distanciar ainda mais da saída, em um esconderijo secreto na cozinha aonde costumava lavar pratos há alguns dias. Enfim, a série é ousada ao dedicar uma hora ao atentado de Kid Cascavel no Harlem’s Paradise.

Enquanto Mariah foge sã diretamente para uma reunião “agendada” com o prefeito, um seleto grupo de reféns decide fazer companhia a Luke e Misty. O contraponto interessante é notar que Shades discorda das escolhas improvisadas de Stryker, semelhante ao que ocorreu em sua última conversa com Boca de Algodão. Com Shades atrás das grades, os dois seguem caminhos distintos, mas o ex-detento de Seagate ainda possui Mariah ao seu lado.

Embora a inflamabilidade de Cornell Stokes ainda faça falta na série, conseguimos entender mais a fundo os motivos de Willis Stryker desejar tão cegamente a vingança sobre o meio irmão. Diferente de Luke Cage, ele não quer culpar o pai pela rejeição que sempre sentiu, e embora faça pouco sentido, a loucura depois de tudo o que ele passou na prisão com a mãe morrendo sozinha, recai sobre o alienado ingênuo irmão com poderes.

luke-cage-1x11-shades
Watchoo talkin’ ‘bout, Willis?

Enquanto Luke Cage é um protagonista em dor constante por seu passado que deverá estar pronto como defensor apenas ao fim das 13 horas dessa temporada, é a enfermeira que rouba a cena. Mesmo não sendo a oficial enfermeira da noite, a personagem Claire Temple é o ponto alto dos episódios finais da série. Ela foge de todos os clichês dos parceiros de heróis, adorei vê-la armando a cena para cima dos capangas de Willis e botando para quebrar ao lado de Misty Knight. Nem o chato envolvimento romântico com Luke tira os méritos do crescimento dela como coadjuvante, aliás a badass pisando nos óculos de Shades foi formidável.

Aplausos para Clark Jackson (Lei e Ordem), intérprete do vereador Damon Boone, que consegui a proeza de ser pior do que Mike Colter vendo os vídeos de Reva na Georgia, todos as ameaças de Kid Cascavel ao político são seguidas de uma expressão de dar inveja a pior performance de Channing Tatum. De qualquer maneira, a despedida do personagem veio no momento oportuno para Mariah conseguir o contrato de $ua vida. Para tristeza dos heróis não-registrados, as armas experimentais de Hammer agora estão oficialmente nas ruas de Nova York.

A porrada de Luke é divertida de assistir, podem vir um ninja ou um mané armado que não terão vez para cima do poderoso. Só não pode ameaçar jogar uma refém do mezanino, pois Luke Cage não permite que um cidadão comum caia de absurdos 3 metros de altura. Me desagrada quando o roteiro cria ápices implausíveis como este, com o simples objetivo de de dominar o protagonista. Enquanto isso, Zip acha uma curiosa saída para Willis Stryker em uma quadra fechada pela polícia local, é sério?! Se fosse um policial corrupto os auxiliando a sair pelo prédio vizinho, eu não me sentiria como se brincassem com a minha inteligência.

As horas finais de Luke Cage tem a obrigação de alinhar a evolução dos personagens. Não me importo que Misty tenha que amputar o braço ou Kid Cascavel seja hábil com facas da noite para o dia. Luke Cage precisa sair desse labirinto de cabeça erguida como o bom vingador defensor que esperamos. Cacetada!

luke-cage-1x11-claire
Cadê Jessica Jones?

Sweet X-mas

– Shades piadista para cima de Kid Cascavel, “Watchoo talkin’ ‘bout, Willis?” é uma frase icônica do personagem principal da série Arnold (Diff’rent Strokes). RIP Gary Coleman.

– O vereador Obama diet fala para Kid Cascavel que não pode fazê-lo de refém. Willis responde com o slogan da campanha de Obama “Yes we can!”

Sugar chama Claire de Enfermeira da Noite, é engraçado pois eram os planos iniciais para Rosario Dawson em Demolidor. A Enfermeira da Noite, Christine Palmer estará no filme Doutor Estranho, será interpretada pela belíssima Rachel McAdams.

– Diretamente da segunda season de Demolidor, o Promotor Blake Tower aparece em nome do prefeito para ver as negociações de Ridley. O promotor cita o Justiceiro, Frank Castle, que tornou a cidade um inferno sem as balas de Judas.

– Stryker em sua maldade se despede de Candace, “Bye Felicia” é uma frase do rapper Ice Cube em Sexta-feira em Apuros (Friday, 1995) e se tornou uma gíria quando não interessa o nome da pessoa.

  • carla machado

    Claire de Mac Gyver passa pra Nikita neste episódio.
    Este deu uma melhorada.

    • Leonardo Rozzetto

      A série deu uma titubeada a partir dos eventos do episódio 07, mas, em minha opinião, volta aos trilhos nos últimos episódios e entrega um season finale bastante satisfatório, inclusive com um gancho para Os Defensores… no geral, nota 8,5…

  • Ricardo Priess

    To fazendo um esforço tremendo pra terminar essa temporada, ta dificil.