Luke Cage 1×08: Blowin’ Up the Spot

4
1151

E agora, Luke? A festa acabou, a luz apagou, o povo sumiu, a noite esfriou.

Na parábola do filho pródigo, o filho caçula pede a sua herança antecipada e parte em busca da liberdade que considerava reprimida. Após perder tudo no fogo do prazer e ficar na miséria, volta desvalido e envergonhado para casa a fim de ser um servo de seu pai, mas o amor de seu pai é tão grande que o recebe em festa como um filho perdido que foi encontrado. Carl Lucas se personifica no personagem principal da metáfora bíblica e recebeu a festa antecipada desde que nasceu.

Voltando a alegoria bíblica, o filho mais velho fica absolutamente indignado com a reação perdoadora do pai e se sente ofendido por não receber nenhuma recompensa tendo permanecido ao lado do pai o tempo todo. Kid Cascavel é essa figura, com a grande diferença de ter somente a lembrança da rejeição do pai durante toda a vida. Se isso é o suficiente para frutificar tamanho ódio para com o seu irmão, somente uma mente de psicopata justificaria suas ações. “Carl, come out and play”.

Willis Stryker já havia sido mencionado como um líder acima de Boca de Algodão, mas surge para assumir o papel do Coringa de Harlem agora que Cornell foi apagado por sua prima. Fico triste da despedida de Cornell Stokes, pois o considero um baita personagem com potencial vilanesco que roubou a cena na primeira metade da temporada. É difícil para o roteiro inserir um novo vilão num ambiente de caos formado e a queda de qualidade acaba acontecendo.

Entretanto, a dupla Shades e Mariah evoluem no cenário pós-Cottonmouth. O plano de Shades Baelish para acobertar o crime de Mariah é estruturado com frieza, e acredito que o ex-presidiário não tenha incinerado as provas para ter vadia Dillard em suas mãos. O controle emocional de Mariah Dillard após cometer um assassinato é uma mudança radical para a personagem, que agora usa Candace Miller como testemunha ocular e se volta contra os vigilantes de Nova York. Os defensores que se cuidem.

luke-cage-1x08-mariah

Claire é a profissional que vai ajudar os defensores com seu conhecimento médico, seja ao revelar sobre as células epiteliais ou fazendo um ultrassom em Luke sem revelar o sexo dos gêmeos. A personagem é segura e cheia de contatos, especialmente para conseguir meios de locomoção prontos para serem destruídos. Dito isso, gosto de Claire Temple e vejo química entre ela e Luke. Além disso, a reversão de papéis ao torná-la a heroína do poderoso é um ponto positivo para a narrativa.

Por outro lado, Misty é enfiada num buraco emocional difícil de digerir. Entendo que a personagem viu o parceiro morrer, desmascarou a corrupção interna, observa a conexão política de sua chefia e se sente de mão atadas para fazer justiça em Harlem. Porém não há nada que justifique o piti da detetive para cima de Claire, e que o roteiro não me venha com papo de ciúme. No fundo, queria que Kid Cascavel acertasse a bala de Judas no braço de Misty para ela se tornar a heroína dos quadrinhos.

Vamos ver para que rumo a série seguirá com o doentio Kid Cascavel. Ele tem tudo para ser mais um bom vilão da série, ainda mais considerando a sua ligação com Luke Cage. Willis não age como fanático religioso, mas o terrorista detestou notar que ao incriminar Lucas, na verdade, o transformou em um ídolo de Harlem. É uma pena que Reverendo James tenha sido hipócrita ao não agir como um verdadeiro homem segundo a palavra que pregou. O pecado de Judas.

“E agora, Luke? Se você gritasse, se você gemesse, se você tocasse a valsa vienense, se você dormisse, se você cansasse, se você morresse… Mas você não morre, você é duro, Luke!” Drummond

luke-cage-1x08-luke

Not so Sweet X-mas

– “Vocês estão curtindo?” (Can you dig it?) é a icônica frase de Cyrus, líder da maior gangue de Nova York no filme The Warriors de 1979. Vocês estão curtindo Luke Cage até agora?

– A luta final bem irregular entre Luke e Cascavel aconteceu em um teatro. O primeiro escritório de Luke como herói de aluguel foi no teatro Gem.

– Alguém me explica qual o motivo de Luke Cage andar no meio da rua em direção a um caminhão de lixo. Mike Colter interpretando o pior zumbi de The Walking Dead para a AMC.

  • carla machado

    Gente…e este plot twist de vilão!!??
    E que vilão sangue nos zóio total #medo
    Já não gostava da Misty e agora menos ainda.
    A Claire é Mac Gyver ne?

    • Jaime

      Eu gosto da Misty, mas a partir desse episódio zoaram com ela.

  • Messinho’

    Foi a partir daqui que a série decaiu um pouco na qualidade, tava andando tudo bem

  • Chandra Lasserre

    Luke, I’m your brother.