Kingdom 2×16: Halos

Kingdom continua cavando seu espaço como um ótimo drama

6
101

Se não estava claro para onde o relacionamento de Jay e Ava estava se encaminhando, agora não restam dúvidas: é um avião em queda livre, onde o único passageiro é a carreira do lutador. Eu mesmo estava bem confuso até então, achando que a reviravolta seria alguma revelação sobre o passado oculto da garota, mas não. Como o próprio Jay já falou em episódios anteriores, a família Kulina tem uma propensão muito forte ao vício, e ter uma belíssima mulher atraindo o lutador para esse lado é muito difícil de resistir.

Aos poucos, Jay & Ava vão se aproximando cada vez mais de Sid & Nancy, ou mesmo Kurt & Courtney: relacionamentos marcados pelas drogas que terminaram em tragédias e, se não estragaram todas as carreiras envolvidas, ceifou a vida de quase todos. De fato, o tom documental que o episódio toma no início, para representar o momento “abençoado” que o casal vive, curtindo aquela vibe juntos, parece nos mostrar que esses momentos já são passado no exato instante em que vivem. Tão fugaz quanto o júbilo do momento, é a persistência do depois, que o casal tenta evitar a todo custo.

Aliás, que trabalho formidável da direção e da fotografia desse episódio, criando planos memoráveis como nesse momento do casal, em que a fotografia possui grão e tons, se não pastéis, ligeiramente mais quentes, além de enquadrá-los em situações atípicas. No momento do desespero de Jay, contudo, o plano é escuro, claustrofóbico e triste, ao mesmo tempo em que cria uma atmosfera de tensão com a câmera fechada, como que mostrando que a súplica de Jay também vem com uma nota de ameaça.

Isso para não falar na luta! Que cena absolutamente sensacional! O momento em que Nate fecha os olhos, e se concentra gradualmente no duelo, voltando ao foco enquanto o som ambiente é abaixado praticamente ao mínimo, é uma cena bonita, ainda que não seja original. Mas a câmera absurdamente dinâmica, cheia de planos detalhes, com poucos cortes e acompanhando apenas os sons da luta (o que cria um contraste ainda maior, ressaltando o foco do lutador), tornaram a construção absolutamente épica, talvez a melhor cena envolvendo MMA já produzida em um conteúdo audiovisual, e cito aqui o belo filme Guerreiro, excelente produto sobre o assunto.

Enfim, enquanto Jay vive um processo de Christinização e Christina se vê no papel de seu filho, Alvey se vê em uma sinuca de bico muito complicada, mas que não acredito nem por um instante que é o caminho que trilhará. Apesar de toda a dor, Lisa ainda é uma pessoa muito querida por Alvey, e ele já demonstrou em alguns momentos, amar o esporte mais do que o dinheiro. Acho realmente difícil que a decisão final do treinador se mantenha, e anseio pela volta de Lisa.

No outro canto, Ryan já está em pleno trabalho psicológico para enfrentar Jay de volta. Conversando honestamente com o amigo (ainda que em um momento pouco oportuno), se desculpando com Mac e acertando as coisas com Alicia, Ryan se prepara para dar o troco em seu melhor amigo.

Quem parece um pouco de lado, nesse momento, é Nate, justamente um dos que mais precisa de suporte. O jovem lutador mostrou que as palavras de seu pai ainda pesavam em sua cabeça, mas se portou como um adversário absolutamente perigoso. A questão é que com Jay vivendo momentos de intenso hedonismo, Alvey preocupado com seu novo e seu velho relacionamento, e Christina tentando tirar Jay dessa vida, Nate novamente se vê sem ter com quem comemorar, ou ao menos desabafar esse grito que estava entalado em sua garganta. A única pessoa que se mostra disponível é Will, um caminho que, como já falei por aqui, parece perigoso, apesar de recompensador.

Faltando 4 episódios para o fim dessa excelente segunda temporada, Kingdom continua cavando seu espaço como um ótimo drama na televisão norte-americana, e o primor técnico desse episódio elevou ainda mais o patamar que estaremos esperando daqui para frente.

  • Johnny

    Acho que a Ava vai morrer de overdose e o Jay deprimido vai tomar uma surra do Ryan no Season Finale.

  • Johnny

    Acho que a Ava vai morrer de overdose e o Jay deprimido vai tomar uma surra do Ryan no Season Finale.

  • Taígo

    Achava que o Nate ia correndo comemorar a vitória com o Will, mas Jay estava lá pra ficar no meio. Incrível como ele caiu tão rápido, no retorno da temporada nem bebendo ele estava. Concordo com o comentário abaixo e aposto que até a Season Finale Ava morre de overdose.

  • Taígo

    Achava que o Nate ia correndo comemorar a vitória com o Will, mas Jay estava lá pra ficar no meio. Incrível como ele caiu tão rápido, no retorno da temporada nem bebendo ele estava. Concordo com o comentário abaixo e aposto que até a Season Finale Ava morre de overdose.

  • Jackson Douglas

    Caramba, que trilha sonora sensacional, a série está maravilhosa!

  • Jackson Douglas

    Caramba, que trilha sonora sensacional, a série está maravilhosa! Parabéns pela review Yuri, no nível da série!