Justiça 1×20: Episódio #20 [Series Finale]

23
2094

“Peguei meu FGTS”

Então justiça chega ao fim com uma trajetória de altos e baixos, mas com um saldo positivo. Uma trama ousada, que nos fazia refletir um pouco sobre o que de fato é justiça e como ela pode influenciar em nossas vidas. Em algumas histórias achamos alguns absurdos, assim como tivemos aquela que nos cativou e torcemos para que o protagonista fosse feliz. Mas ai veio a sexta, e Maurício. O único dentre eles que não fazia parte da própria história, que mais parecia uma figuração de luxo do que aquele que buscava justiça.

Dividir o episódio em três acertos de contas foi interessante, mas nem isso salvou o episódio do marasmo que foi. Kellen, Antenor e Vânia conseguiram roubar a cena quando apareciam. Kellen se despedindo de suas pupilas e no final ainda roubando dinheiro e deixando uma mensagem debochada para Celso, foi digna de aplausos, pois ela pode até ter sido expulsa, mas no final ainda conseguiu sair por cima da situação. E mesmo ela sendo uma “vilã”, eu simplesmente gostei de realmente ela ter tido um final “feliz”.

O mesmo não posso dizer de Vânia, que no final entendeu que ela só serviu para ser enganada tanto por Maurício quanto por Antenor, e perceber que nenhum dos dois tiveram remorso do mal que fizeram a ela. O confronto dela com Antenor não tinha como terminar de forma diferente, com ela revelando que tudo foi culpa de Maurício e tendo seu final trágico.

Já no embate final entre Antenor e Maurício, ele contando toda a história do que aconteceu com Beatriz, parecia algo tão didático, algo que parecia tão vazio sendo dita por ele, mas Antenor, com seu deboche, começou a desdenhar a atitude de Maurício de ter matado Beatriz. Mas o diálogo entre os dois em que Antenor joga que Maurício matou a esposa, mas ele não, teve uma das falas mais pertinentes “Você cometeu vários crimes, mas vai ser preso justamente por aquele que você não cometeu”. E eu pensei “parabéns Maurício, você finalmente fez algo que preste”.

Falando desse jeito, parece que o episódio final foi cheio de ação e reviravoltas, mas não foi. Foi bem monótono para ser sincero, de forma que no meio para o fim eu já estava cansado de tudo que estava acontecendo ali. Se eu reclamei que não tiveram cuidado com o final de Rose, aqui ocorreu o mesmo.

As duas primeiras histórias terminaram de forma bem satisfatória, mas as duas últimas finalizaram abaixo do esperado. As únicas personagens que me importei na história de sexta foram a Vânia e a Kellen, pois os demais ou era perverso ou não simplesmente era apático.

Leandra Leal, Drica Morais e Antonio Calloni conseguiram imprimir profundidade em seus personagens e acabaram por salvar a história, de forma que muitas pessoas disseram que a história de sexta era de Antenor, o que ao final eu acabei concordando.

Para finalizar, a cenas finais foram bastante interessantes, com Maurício dando carona para Débora, e na manchete do jornal dizendo que Teo iria se candidatar no lugar de Antenor. A ironia que a manchete carregava era ímpar, ao passo que mostra como são as coisas, não importa se você é família ou não, eu tenho que te trair para ganhar poder.

PS1: Todas as histórias tiveram uma cena representando o início da trama, e isso foi muito legal de se ver.

PS2: Que cemitério movimentado esse de Recife.

PS3: Diferente do spoiler da história de quinta, até que o de sexta não foi tão ruim.

PS4: Obrigado por acompanharem e o feedback que foi dado. Até mais

  • Ronaldo

    Parabéns pelo texto. Algumas das estórias eram muito confusas, principalmente as de quinta e sexta. Depois do filho resolver se candidatar fiquei achando que ia surgir uma nova vingança alá revenge!

    • Aline Carvalho

      Achei que poderia ser ele quem bateu no carro do Vicente… assim a história se repetiria e teria mais uma ligação.

      • Mp.

        porra mas dai já é demais ne´OPDKASPODKAODP

  • Li Rocha

    Não sei se sou muito distraída, se estava com sono ou se simplesmente me perdi no meio da história devido à monotonia que o Iury comentou, mas vamos ver se alguém me ajuda: quem baleou o Maurício sem sucesso foram capangas do Antenor? Eles falaram algo que eu não consegui entender naquela correria. Porque esse atentado aconteceu depois da prisão do Antenor correto? Mas quando o Mauricio acorda no hospital está passando na TV uma reportagem do Antenor no restaurante que aconteceu antes da morte da Vânia, a impressão que eu tive foi de eles terem colocado a cena na ordem errada, mas pode ser distração minha mesmo.
    Quanto ao final, o Maurício dando carona pra Débora, eu nunca que iria esperar isso, fui surpreendida positivamente.
    A Kellen e o Douglas na minha opinião foram ótimas personagens, pois foram introduzidos como vilões, fizeram várias ações moralmente questionáveis e mesmo assim conseguiram ser mais carismáticos que certos protagonistas (aka Maurício), tanto que o final feliz deles não causou revolta, foi divertido e de certa maneira merecido.
    Mas de tudo que foi comentado, e aproveitando o gancho Kellen, fica a minha maior dúvida da série: Quem é Jocete?????

    • Nara

      Foram capangas do Antenor sim… Eles falaram algo como: “recado de Antenor pra vc”.

      E eu também pensei a mesma coisa! A cena do atentado contra o Maurício estava deslocada, justamente por esse negócio que vc falou da reportagem. Fiquei sem entender…

    • Iury Viana

      Eu acreditei que foi o Teo que tentou matar Maurício, com a arma que ele comprou do Douglas. Tanto que eu fiquei “caramba Teo, nem pra matar o Maurício tu presta?”. A cena do restaurante foi meio que o jornal nacional, saca? Que acontece uma coisa de manhã cedo, mas vai passar por TODOS os jornais, até chegar no último que vai explorar ao máximo a situação.

      E realmente, quem é Jocete?

      Obrigado por comentar

    • Marco A

      Pensei exatamente a mesma coisa. Pra mim houve um erro de continuidade entre as cenas. Já tinha acontecido tanta coisa e eles voltando pra cena do restaurante, sendo que o Antenor já estava até preso. Mas por ser a Globo, acreditei depois que eles não cometeriam um erro grosseiro destes, mas podiam ter escolhido outra cena para passar no telejornal, não daria esse desconforto.
      A cena do atentado contra Mauricio, tive que ver 3 vezes para entender o que falavam os motoqueiros. Eles citam o Antenor.
      Boa surpresa o encontro com Debora… Mas com certeza, na minha opinião, foi sempre a pior história, desde o começo, com a morte muito prematura da esposa… Porém a ideia era boa, de uma vingança mais elaborada, com muito dinheiro envolvido, mas a execução foi bem ruim…

  • Caio Vinicius Viana Lima

    A Globo sempre arrasou nas minisséries, mas dessa vez ela se superou totalmente e palmas também pra essas reviews que sempre conseguiam tirar o melhor de cada episódio.

    Maurício sendo Maurício define essa finale (zzz) pelo menos tivemos aquela última conversa dele com o Antenor que foi mara, ele praticamente se vingou duas vezes. Kellen como sempre é um luxo à parte. A morte da Vânia era esperada mesmo assim foi triste ver que ninguém deu a mínima, aliás tá na hora de darem um papel com um final feliz pra Drica, já é a 3° vez seguida q

  • Caio Vinicius Viana Lima

    A Globo sempre arrasou nas minisséries, mas dessa vez ela se superou totalmente e palmas também pra essas reviews que sempre conseguiam tirar o melhor de cada episódio.

    Maurício sendo Maurício define essa finale (zzz) pelo menos tivemos aquela última conversa dele com o Antenor que foi mara, ele praticamente se vingou duas vezes. Kellen como sempre é um luxo à parte. A morte da Vânia era esperada mesmo assim foi triste ver que ninguém deu a mínima, aliás tá na hora de darem um papel com um final feliz pra Drica, já é a 3° vez seguida que um personagem dela morre.
    Débora pegando carona com o Maurício e o jornal da tragédia deram um perfect bonus pro final.

    Melhor história: Terça da sofrência.
    Top personagens: Fátima, Kellen, Douglas, Elisa, Vânia, Vicente, Débora e Antenor.
    Melhor Vingança: Débora vs Seboso

    • Iury Viana

      Nossa realmente, Drica só fazendo papel de mulher sofredora, sinto falta dela fazendo um pouco de comédia.

      Eu não vou entrar no mérito no seu ranking de classificação, já que cada um tem um estilo diferente, mas para mim, o que tem Elisa tem o meu amor hauhuahuahuahuauhahuahuuha.

      Obrigado por comentar.

  • Bel Ribeiro

    A história de Maurício era tão boazzzzzz que eu cochilei em quase todos os episódios, inclusive nesse último. Tive que ver a cena do enfrentamento entre ele e Antenor na internet.

    Uma coisa que eu notei com a audiência foram as expectativas erradas. Eu sei que muito da divulgação foi em cima das vinganças de Elisa e Maurício, mas as pessoas queriam que todo mundo se vingasse de todo mundo ao ponto de acharem chato o final da Fátima porque ela “só ficou feliz com a família”. Também vi gente apontando como furo eles não terem mostrado quem bateu no carro de Vicente como se tivesse que ser um personagem previamente apresentado. E gente jurando de pé junto que o corpo em que Fátima tinha que atirar era o do estuprador seboso. Justiça não foi prejudicada por essa falta de atenção ou excesso de expectativa, mas será que isso não vai ser ruim para outras séries? É só pegar como exemplo Supermax, que muitos acharam que seria uma minissérie sobre um reality show, e não suspense/terror.

    • Iury Viana

      A questão de quererem super explicações mirabolantes eu achei meio exagerado. E quanto a questão da Justiça, como falaram em um dos comentários das semanas passadas, o simples fato de você querer só seguir em frente, já mostra sua visão sobre justiça também.

      Um dos grandes maus foi a expectativas de quem assistiu, pois a trama em nenhum momento quis ser thriller policial mega elaborado, mas apenas pessoas comuns e suas histórias referentes ao que é justiça.

      Obrigado por comentar

  • Marco A

    Uma pergunta, o Maurício ganhou tanto dinheiro na cadeia e não tem dinheiro pra comprar outra camisa?

    • Guilherme

      Talvez tenha sido por isso que ele ganhou tanta grana. Uma das ditas filosofias de alguns empresários bilionários é a de não se preocupar com o guarda-roupa.

  • Guilherme

    Concordo muito com o texto, e não apenas com esse, mas com vários outros escritos sobre a série que estão aqui no site, é que não terei como comentar em todos eles.

    Foi um episódio que de fato aconteceu bastante coisa, mas que me deu uma sensação de que lhe faltou ritmo para considerar um bom episódio.
    Um problema que aconteceu ao longo de toda a história do Maurício. Não sei porque a autora não conseguiu bolar um bom desenvolvimento para a história, ou porque careceu de um ator com maior capacidade. Porque basta ver que a trama com mais cara de folhetim novelesco, que era a da Fátima, acabou se saindo a melhor história, contando muito com o peso das excelentes atuações dos principais da história para isso.

    E pelo que li, acho que dá para trocar o series finale do título do texto por um season finale, porque já comentaram sobre a possibilidade de uma segunda temporada.

    • Iury Viana

      Acredito que uma segunda temporada pode não ser tão legal por não ter mais o fator novidade. Claro que podem existir novas tramas e tudo mais, mas acredito que deixar como está é o melhor a se fazer. Veja bem, existiram séries que fizeram temporadas magníficas, mas por conta de um esticamento ela perdeu seu valor.

      Acredito que a trama de Maurício tinha tudo para ser um Revenge 2.0, mas que ficou muito aquém. Cauã pecou em sua interpretação como Maurício, que por vezes o tornou apático, e assim sem conseguir criar uma empatia com o espectador. O primeiro episódio eu senti a dor de Maurício por causa da atuação de Marjorie, depois que se desfez a dupla, simplesmente tudo perdeu a graça. Ainda bem que tivemos outros nomes deixaram a história cair em um tédio completo.

      Obrigado por comentar.

    • Caio Vinicius Viana Lima

      Sempre achei que a graça das séries da globo era justamente não terem uma segunda temporada, tirando algumas exceções, mas quem sabe…

  • Ricardo

    E a pergunta que não quer calar: Quem diabos é Jocete???

    • Iury Viana

      Num é, Kellen tava doida pelo Jocete, mas só foi dito uma vez e nada mais.

    • Jocete

      Pelo o que eu li, a globo vai fazer um spin off, Justiça: Jocete.

      • Ricardo

        Hahahahahahahahah…

  • Vine

    E não é que o Celso entrou e saiu da minissérie desapercebido? Douglas cometeu um crime, em consequencia de outro (“ain, era só um cachorro” _|_ ) e, embora não punido, teve seu período de rejeição e “”””redenção”””. Agora o outro…nada. Nem um pinguinho de rancor teve da Rose. E ninguem se importou lá nem aqui. Os pesos e suas medidas :s

  • Matheus

    Me desculpe aos fãs do Cauã, mas foi um erro ter colocado o ator nessa narrativa, porque ele só funciona quando têm outros atores de peso ao lado dele, e como a história de sexta foi mais dividida entre outros atores e personagens, o personagem dele ficou muito apagado, só funcionava um pouco quando contracenava com os outros atores de peso, mas mesmo assim acabava sendo ofuscado por qualquer ator ali. Menos é claro o Celso, outro personagem que não funcionou na trama…