Fear the Walking Dead 2×13: Date of Death

23
1611

Essa semana Fear the Walking Dead entregou um dos episódios mais fracos da temporada até o momento.

Faltando uma semana para o season finale Fear the Walking Dead entregou um dos episódios mais fracos da temporada até o momento. Date of Death deu continuidade aos eventos de Pillar of Salt, mostrando as consequências da imprudência de Madison e as cenas que antecederam a súbita aparição de Travis sozinho no final do episódio passado. A trama envolvendo Nick e o iminente confronto dos traficantes contra a Colônia ficou de fora, deixado para o especial de duas horas da próxima semana.

A maior parte do episódio ocorreu no passado, girando em torno da separação de Travis e Chris, mostrando apenas pequenos pedaços do hotel no presente. A morte de Elias, pelas mãos de Chris, parecia ter representado o ponto final da relação entre pai e filho, mas como estupidez (e nível de psicopatia) para o Chris nunca é demais, esse foi apenas o começo. Date of Death simbolizou a morte da confiança que Travis ainda tinha em Chris, que ele era capaz de mudar. Acredito que a morte do mexicano seria mais um ato que Travis esqueceria, com relutância, mas esqueceria. No entanto, enganar o pai para que a dupla pudesse matar Brandon desnecessariamente foi o que finalmente abriu os olhos de Travis para o psicopata que seu filho havia se tornado.

Chris abandonou o próprio pai, pois o novo grupo concordava com seus novos princípios morais, algo que ele acredita ser essencial para sobreviver. É claro que, tomando como base a experiência que temos de Walking Dead, a forma como Travis ainda vê o mundo de fato não se encaixa na nova conjuntura que eles estão vivendo. Já tivemos vários exemplos, não somente em TWD, mas também em FTWD, que a bondade e a compaixão são inúteis agora. Inclusive, na maioria das vezes é por causa dessas atitudes que vilões ou personagens com más intenções terminam prejudicando, roubando ou matando pessoas que nem o Travis.

Mas, obviamente, ninguém pode viver da maneira exagerada que Chris age, até mesmo no apocalipse zumbi. Chris é um psicopata, não como Negan ou o Governador, até porque ele ainda usa fraldas no quesito, mas eu acredito que esse é o primeiro passo para se chegar no patamar desses vilões icônicos. O melhor exemplo da psicopatia do personagem (e da dupla de jovens) é a frase “Não éramos nada antes. Éramos inferiores. Mas agora o fim dos tempos nos transformou em Deuses”, dita pelo grupo há alguns episódios passados. Como eu comentei na época (do jeito que eu digo parece que foi há anos), a frase e o modo como eles falaram transpassa a ideia de que agora eles são capazes de tudo, até controlar as massas ou matar pessoas inocentes que entrem em seu caminho. Tendo isso em vista não fica difícil de imaginar o que eles farão com o grupo do hotel, não é mesmo? Como eu disse na semana passada: vem tempestade por aí!

Voltando ao presente… O grupo do hotel parece indignado com a atitude de Madison, mas tão logo abrigaram vários sobreviventes no estacionamento. Qual será o destino de todo esse povo, especialmente tendo em vista que não há comida nem água para todos? Será que Travis verá o grupo de Chris antes de eles serem convidados a entrar no hotel? A chance da dupla tomar o hotel sozinho é mínima, mas se juntarmos os dois com a horda de sobreviventes que já entrou, outros que ainda podem chegar e com a possibilidade dos traficantes, do Jack ou mais algum inimigo chegar o grupo do hotel pode enfrentar grandes problemas em breve. Algo me diz que o episódio da semana que vem abordará o confronto da Colônia contra os traficantes e da briga pelo hotel e, infelizmente, tudo indica que Madison, Travis e os outros serão expulsos do local.

Por fim, tivemos a confissão da Madison, a única cena relevante do episódio inteiro. A matriarca da família Clarke revelou as verdadeiras circunstâncias da morte do marido para Alicia e o motivo dela tanto superproteger o filho, tendo em vista que ele é tão problemático quanto o próprio pai. A cena foi belíssima e muito bem construída, fortalecendo não somente o laço entre mãe e filha, mas mostrando todo o poder de atuação das atrizes Alycia e Kim em cena. Será esse o indício de uma nova relação de confiança entre as duas? Como será que Nick reagiria ao constatar que o pai se matou e que ele muito provavelmente também se drogava? Será que isso prejudicará toda a evolução que o personagem teve na Colônia e com Luciana? No entanto, a pergunta que realmente importa depois de tudo isso é: onde diabos está Ofelia? Não me importo com o Chris (apesar de ter ficado curioso dele não aparecer no final), pois sua morte é o que todos nós sempre ansiamos, mas Ofelia não, ela ainda tem salvação na série. Será que ela reencontrará Salazar (e Abigail, eu espero) na semana que vem? Ou salvará Madison e os outros da morte certa, resgatando-os do hotel? Enfim, isso é tudo por hoje, walkers, até o season finale!

Placar da Semana

Caminhante: Troféu caminhante/errou feio para o Chris. Preciso explicar o motivo? Ao menos agora sabemos que a morte dele pode estar próxima… Torço para que isso de fato aconteça, pois, assim, FTWD com certeza seria bem melhor de se acompanhar!

Balofo: Troféu balofo, ou “fale-me mais sobre isso”, para o Travis. Ele revelou-se bem mais útil, com suas habilidades médicas, algo que até o momento a série não havia mostrado. Mas a pergunta que fica é: será que agora, com a possível saída do Chris, o Travis será um personagem mais aceitável? A verdade é que o “detestável nº1” sempre foi o Chris. Travis apenas ia na onda do filho, então, talvez, ele ainda tenha salvação.

Corredor: Troféu “not bad”, ou corredor, para a Madison. Ela fez burrada na semana passada, mas pelo menos, pela primeira vez na série, ela compensou seus erros sendo sincera com a filha ao contar toda a verdade que envolve sua família. Not bad, Madison, not bad!

Abominação: Troféu “badass” vai para a Alicia, apenas por ser a Alicia. Nenhum personagem foi digno de ganhar o troféu “abominação” dessa vez, então é justo que a única sensata do grupo continue ocupando seu lugar de direito.

  • Maysa

    Que episodio horrível, Chris precisa morrer na season finale, não consigo mais suportar ele. Achei a cena da Alicia com a Madison bem mais ou menos, a revelação foi tão boring, nada de surpreendente, e ela ainda usou isso como uma desculpa pra negligencia dela com a Alicia, e eu esperava uma reação diferente da Alicia, não ficar descontrolada, mas pelo menos agir de forma mais dura com a mãe, essa passividade dela me incomoda um pouco.

    • Michonne

      eu gostei da cena, tentei me colocar no papel da madison de mãe: o filho depressivo/suicida que nem o pai, drogado, indo e vindo de rehab….imagina se ele soubesse que o pai tinha se matado? mto provavelmente (na minha opiniao) ele teria se culpado ou se identificado com a situação ou se inspiraria nisso pra fazer mais merd* na vida…eu como mãe ficaria extremamente preocupada pois o Nick se provou um cara desequilibrado. ela perdeu o marido para uma “doença”, imagina o medo dela de que o filho seguisse o mesmo caminho?

      • Maysa

        Eu concordo com isso, não acho que foi “errado” ela esconder isso dos filhos, ou pelo menos do Nick, mas ela usar como uma desculpa pra ser negligente com a Alicia é o que me incomoda, além de achar que deveria ser um segredo mais interessante, foi muito previsível, e a Alycia falou que foi a cena mais difícil dela gravar, então já fui cheia de expectativas, acho que isso me decepcionou mais ainda.

  • Rafael Tietz

    Eu estranhamente gostei muito desse episódio. 😮
    Madison é muito burro com a história da Luz do Hotel, não sei o que ela esperava que acontecesse kkkk
    Só espero agora que nenhum dos bons personagens morra na SF. Se Alicia morrer eu vou ficar muito puto :'(

  • Leonardo Ferreira

    Episódio centrado no Travis e no Chris. Não espere muita coisa. Não estranhem o que vou dizer, mas espero que o Chris não morra agora. Ele tem potencial de se tornar o grande vilão da trama…

    • Vinícius Fernandes

      Será Leonardo? Não gosto do personagem, o acho mimado, entre outras coisas, mas, pensando por esse lado, é possível que ele evolua para tal mesmo. Agora o jeito é aguardar!

    • André

      Eu tmb nâo quero que ele morra agr mas ele nâo vai ser o grande vilâo da trama,provavilmente vai ser um mini Shane da vida… ele é odiado,mas nâo é interessante/misterioso pra ser um vilâo. Ta mais pra anti heroi
      Provavilmente vai acabar fazendo as pazes com sua family nessa temporada,vai continuar defendendo o grupo,até chegar uma hora que vai surtar tanto a ponto de terem que mata-lo

  • Jose X.

    achei um excelente episódio, talvez voltado mais para pessoas adultas, mostrando o relacionamento de “pais e filhos”

    • Vinícius Fernandes

      Olá Jose! Também consegui ver essa visão mais adulta do episódio (e sou adulto já haha), mas mesmo assim não gostei muito, sabe? Acho que podia ter sido melhor. Mas estou com esperança do season finale recuperar o que eu não gostei e apresentar um episódio bem melhor que o restante da temporada.

  • Roberto Aprigio

    Brother, tenho que discordar da sua review. Penso que por conta da sua aversão ao personagem do Chris, você foi muito parcial e colocou como ruim um episódio bom e bem escrito. Chris entendeu como o mundo funciona e se adaptou. Pra sobreviver e proteger as pessoas amadas nesse mundo pós-apocalíptico, as pessoas terão que fazer coisas cruéis, porque o mundo agora é cruel. Ele foi excluido por Madison e Cia. Procurou o seu lugar. Agora que Madison e Cia estão compreendendo melhor o mundo a sua volta, seria interessante aceitar Chris de volta. Ele só quer aceitação. Prevejo Chris salvando a galera no hotel. Pra mim os autores poderiam focar só nos irmãos: Nick-Alicia- Chris.. eles tem o maior potencial na série.

    • Vinícius Fernandes

      Olá Roberto, tudo bem?
      O review é escrito com base na minha opinião sobre o episódio, então é praticamente impossível não ser parcial na hora de escrever, entende? Eu não gosto do Chris e, ao contrário dos episódios anteriores, eu não gostei desse, achei parado demais e não me agradou. Mas é claro que eu, em todas as minhas outras reviews, sei também deixar claro que o episódio pode ter agradado outras pessoas, sempre mostro o outro lado, só não falei dessa vez, pois de fato não foi do meu agrado, mas isso não impede que você ou outras pessoas gostem. Não lembro de ter te visto nas outras reviews, mas leia o retorno do hiatus, por exemplo. Não gostei do episódio, mas o defendi no ponto de vista de quem gostou. Enfim, obrigado pelo seu feedback, viu? É sempre bom receber qualquer tipo de comentário! Te aguardo por aqui mais vezes, Roberto! 🙂

      • Roberto Aprigio

        Tranquilo brother.. Tenho visto suas reviews, parabens pela continuidade. Não acho que tenha comentado antes, mas até então não tinha visto nada de interessante na série. A série na verdade está ruim, muito abaixo do potencial que tem. Penso que a série precisa se levar mais a sério e aproveitar alguns personagens interessantes e ir a fundo.. não adianta focar em 6,7. Foca nos irmãos Nick, Alicia e Chris, que seria mais interessante pra mim. Vamos se se o episodio final salva a temporada ( De preferência com mais da Alicia, a melhor personagem sem dúvida).

  • André

    Chris pra mim ta mais pra anti-heroi que nem Shane,nunca vai ser um super vilâo

  • Junito Hartley

    Gostei muito desse episodio, a parte do flash back na fazenda me deixou meio tenso, pelo jeito que o travis estava falando parecia que ele tinha matado o Chris, mas ai ja era de mais e ele não matou. O final me deixou ansioso pra saber o que vai acontecer com a chegada dos dois amigos, primeira vez que isso me ocorre assistindo Fear haha

  • João Manoel

    Achei um bom episódio, apresentando o que aconteceu no arco que ficou meio esquecido nas últimas semanas e com a calmaria característica da série original, que vem antes da tempestade.
    Como alguém comentou aqui, a psicopatia e a ausência de padrões morais de Chris vai evoluindo, assim como a do Rick em TWD. Perceber o que o mundo virou e adaptar-se a ele é realmente muito difícil, porém todos os personagens aos poucos vão se mostrando capazes disso. Uns um pouco mais rápida e violentamente, outros com passinhos de bebê, deixando aflorar o verdadeiro eu que se esconde dentro de cada um.
    Como alguns também já comentaram aqui, não acho que será o Chris o herói desse season finale. Para mim será a Ofélia. Esconderam ela demais nessa segunda metade de temporada, para não ter um papel de destaque no final.
    Para mim, FTWD fica com um saldo bastante positivo, e independente do final dessa temporada, estou bastante animado para a próxima.

  • Vitner Santos

    Aleluia que alguem achou também esse o pior episódio de fear…Chris morre nunca te pedi nadaaaaaa

  • Marcelo

    Episódio foi ruim, mas numa temporada tão fraca como essa segunda fica difícil escolher o pior né. Chris morre logo nunca te pedi nada.

  • Rafaela

    Acho que Ofélia está indo no lugar que ela acha que o ex-noivo deve estar? Não sei, tive essa impressão quando ela teve o flashback dela no restaurante onde teve o pedido de casamento e o noivo menciona ir para uma cidade (que esqueci o nome). Mas espero mesmo que Daniel esteja vivo e que seja ele quem pegou o Abigail.
    Quanto a Chris só quero que ele morra, me deu tanta raiva dele nesse episódio e dó de Travis.

  • Leo Pensamento Livre

    FTWD só tem chance de verossimilhança com alguma realidade se o Chris sobreviver e se tornar líder. O mundo é dos loucos agora, a era dos inocentes, bonzinhos, amáveis acabou, sociologicamente, Chris, Alicia, Madison ( sem os arroubos de paixão) são os único que tem potencial para sobreviver. É como Hobbes disse: homem lobo do homem.
    Sinceramente perdi o interesse pela série.

    • Talline Carvalho

      Concordo plenamente com seu comentário com relação ao Chris! Se a série tinha como premissa mostrar o início do caos, faz sentido mostrar como nascem os monstros nessa nova realidade! Ao contrário da maioria, e embora ache o Travis um banana, mesmo entendendo que ele mantém o espírito dos “velhos tempos”, gosto bastante das cenas do Chris, acho interessante a forma como os acontecimentos, mesmo anteriores ao apocalipse foram se impregnando nele e moldando sua psicopatia se Alicia e Nick estão evoluindo num nível de “heróis” Chris vai paralelamente crescendo numa evolução rumo a vilania! Lembremos que Carl em TWD passou por umas temporadas em que tb apresentou sinais de mudança de caráter! Não gostaria que o personagem fosse morto, acho que o Chris tem muito mais potencial que ofélia na história! Pra mim, por enquanto o único que realmente se mostra desnecessário é o Travis….

  • Talline Carvalho

    Nossa!! Eu gostei muito desse episódio e tb do episódio 10, falam tão mal do Chris, mas acho que a série usa o triangulo Chris/Alicia/Nick, para mostrar como cada um se enquadra nessa nova realidade!! Se a série tinha como premissa mostrar o início do caos, faz sentido mostrar como nascem os monstros nessa nova realidade! Ao contrário da maioria, e embora ache o Travis um banana, mesmo entendendo que ele mantém o espírito dos “velhos tempos”, gosto bastante das cenas do Chris, acho interessante a forma como os acontecimentos, mesmo anteriores ao apocalipse foram se impregnando nele e moldando sua psicopatia se Alicia e Nick estão evoluindo num nível de “heróis” Chris vai paralelamente crescendo numa evolução rumo a vilania! Lembremos que Carl em TWD passou por umas temporadas em que tb apresentou sinais de mudança de caráter! Não gostaria que o personagem fosse morto, acho que o Chris tem muito mais potencial que ofélia na história! Pra mim, por enquanto o único que realmente se mostra desnecessário é o Travis…. Além disso, ao ler a reação negativa das pessoas em relação ao Chris, percebo que o objetivo foi alcançado, a função do vilão é ser odiado mesmo!! Espero que o Chris viva por muitas temporadas na série, quem sabe até vir a salvar e liderar a família em algum momento! Vamos lá roteiristas, apresentem um bom mentor ao Chris e deixa ele se tornar um anti-herói ao invés do vilão!

  • Lays Araújo

    Achei o episódio fraco em relação aos outros.
    E um reflexo da cagada da Maddison. Mas ainda achei que foram poucas pessoas que chegaram no hotel. E não vejo como esse grupo não ter baixas, já que eles não tem armas.

    E quanto ao Chris, eu não gosto dele. Mas seria interessante ver mais um pouco da provável vilania dele.

    Na torcida por dois bons episódios!!!

  • Douglas Damacena

    discordo sobre a morte do Chris ser algo bom para série,tudo bem que ele é fdp,mas FTWD, esta mostrando toda uma formação de um futuro grupo,então seria legal ver tambem a formação de um vilão,mas como o ator que faz o Chris ja ta fazendo ponta em Agents of Shield acho que ele morrera em Breve em FTWD.