Criminal Minds 12×04: Keeper

11
805

Estou aqui olhando para o teclado e não sei o que escrever, só sentir. O que sinto é preguiça, desleixo, o famoso “vamos fazer esse feijão com arroz que tá de boa”. Não, não quero isso, quero mais. Criminal Minds sempre tem aqueles episódios para encher linguiça, só que eles são usados para o meio da temporada e não início como agora. São três episódios seguidos que eu sofro para chegar a cena final. Tô ficando revoltada com esse marasmo.

Acredito que algumas pessoas vão discordar da minha opinião, mas, de novo, achei um episódio bem ruim. E nem cito a falta de Thomas Gibson, já superei a partida dele. Mas o caso não me instiga, envolve ou compre o que está sendo proposto. Eu não consigo me apegar. Até passou pela minha cabeça que pode ser má vontade, birra de menina mimada, mas eu tento olhar com os outros, assistir mais uma vez e nada. Nada melhora. Talvez seja a manobra para reajustar todo o problema da série antes da estreia, então eu meio que relevo, mas continuo revoltada.

Dessa vez, vimos um unsub deixando rastro de corpos pela trilha do Apalache. Um mendigo bem perturbado, confuso. Logo me vem à cabeça problemas mentais, como foi sugerido. E eu até cogitei um pé na esquizofrenia, mas ele ter sido capturado na metade do episódio me deixou confusa. Pensei que ele ia tocar o terror no interrogatório, jogar tudo para o ar e tentar enforcar a Emily.

Durante a entrevista com Todd, Emily e Luke foram captando algumas ideias que ele estava balbuciando, mas eu fiquei como aquele meme da Nazaré. Até que veio o plot twist e vi que o verdadeira unsub era o irmão de Todd, Cormac. É até estranho você se deparar com um serial killer que tem pouco tempo de tela e não deve ter tido 10 frases durante o episódio.

Para não dizer que o episódio foi um total perda de tempo para mim, gostei muito do drama de Reid. Nosso personagem mais amado passando por mais um problema com sua mãe. Spencer é de uma sensibilidade incrível e uma pessoa extremamente generosa e tudo que ele mais quer é ver sua mãe livre daquela condição. Afinal, quem não quer? Mas é como Rossi disse, ele pode procurar por alternativas para a cura, mas nada vai fazê-la se sentir bem e feliz do que estar na companhia do seu filho amado.

  • Luana

    Não curti esse episódio. Teria sido melhor se eles tivessem razido o pedófilo que vivia nas trilhas e que eles mencionaram bem no início. Lembro que aquele episódio com as crianças me deixou sem dormir por alguns dias…o cara era realmente assustador. Ainda lembro do irmão mais velho voltando pra dentro da cela depois do abuso e pedindo que a menina corresse na próxima oportunidade. Acho que está na hora de revisitar temporadas antigas e trazer grandes casos do que trazer esse caso da semana que foi um pé no saco.

    • nathitah

      Também fiquei assim com esse caso do pedófilo.

  • Junior Brito

    Parabéns Ivaninha, ótima análise do episódio. Coeso e espirituoso! 😉

  • VALERIANA BARROS

    Quero a cadela do Alvez em mais episódios. Adorei o papo dele com a Garcia quando ela descobriu quem era a Roxi.

  • Vinícius

    Outro episodio esquecível.

  • Walber Lima

    Já deram a explicação na série porque o Gibson saiu? OU ele volta ainda?

    • Carolina Alvarenga

      até onde seu demitiram ele, pq chutou um produtor, acho dificil voltar

    • nathitah

      a prentiss chegou dizendo que ele foi convocado pra uma força tarefa coisa do tipo.

      • Walber Lima

        Ah entendi, devem dizer depois que ele morreu por lá ou que irá ficar por lá, o elenco sofrerá por 1 minuto e depois ninguem deve tocar no assunto, foda quando um personagem tão importante tem que sair assim da série independente da sua história no seriado

  • nathitah

    Espero que eles revejam a decisão e tragam o gibson de volta, pq a série ficou sem graça sem o Hotch! O moço que entrou não me agradou, a audiencia ta caindo, esperar pra ver….

  • João Manoel

    Só ontem de noite consegui terminar de assistir o episódio inteiro. No final de semana, por mais de 3 horas tentei ver, mas dormia a cada cinco minutos e tinha que voltar tudo de novo.
    CM entrou em uma espiral de episódios ruins e cansativos muito cedo. Nos primeiros eu achava que era por causa da demissão do Thomas Gibson, que estavam remendando episódios para compensar a sua saída, etc, porém, mesmo com apenas 4 episódios exibidos, já dá para perceber que a temporada é fraca. E a forçação de barra para o Adam Rodriguez parecer simpático aos olhos do público é evidente, o que acaba por contribuir justamente para o contrário. Além do mais, acho que isso também reflete um pouco a insegurança dos produtores quanto a escolha do ator. Talvez nem eles achem que o AR possa dar conta do recado na substituição do Shemar Moore.
    Enfim, sinceramente espero que melhore. Como muitos, gosto de CM e apesar de passadas 11 temporadas completas, ainda tem lenha para queimar. Só que com o que vem sendo apresentado até o momento, fica difícil.