Chicago PD 4×07/08: 300,000 Likes/A Shot Heard Around the World

4
524

Goodbye Antonio! Bem vinda, Kim!

Fall finale com episódio duplo, mas eu fiquei mais interessada nos plots secundários de Antonio e de Kim do que nos casos principais. Não sei se por ter um episódio duplo pra assistir ou se por estar atolada de coisas pessoais pra fazer, mas eu fiquei com a sensação de que 300,000 Likes passou se arrastando para mim. Não foi de todo mal, afinal tivemos bons momentos durante os minutos da trama.

O primeiro ponto alto de 300,000 Likes foi ver o plot do Antonio sendo desenvolvido como merecia, Voight reconhecendo o valor do detetive e fazendo-o enxergar que ele estava pronto para comandar sua própria equipe. Antonio é um personagem maravilhoso, sem dúvidas, mas assim como tantos outros foi deixado de lado em maior parte dessas quatro temporadas. Sem dúvidas ele vai fazer falta na Inteligência, mas espero que ele tenha um melhor desenvolvimento em Justice.

O segundo ponto alto foi ver Erin desmontando a arrogância de Oliver. Eu gosto quando colocam a Erin assim bad ass, que não larga o osso até conseguir justiça, mas tudo isso com frieza e classe, e foi o que aconteceu no episódio. Do outro lado da investigação, tivemos Al com sua calmaria para conectar os pontos.

O saldo do sétimo episódio não foi maravilhoso, foi apenas: bom o suficiente. É lamentável ver como os grandes que são montados em grana brincam com a vida dos outros como se fosse uma bolinha de papel que é amassada e arremessada no lixo. Gente rica que abusa do dinheiro que tem para cometer atrocidades como as que foram apresentadas no episódio e outras tantas, me causa uma repulsa imensurável. Outro personagem que definitivamente ganhou minha repulsa foi o parceiro de Kim, um babaca em toda extensão da palavra.

“A Shot Heard Around the World” foi consideravelmente melhor que 300,000 Likes. A trama já me agradou mais bem como o drama. Quando o episódio de PD tem uma carga dramática mais elaborada, ele facilmente me agrada. Mortes de policiais sempre irão marcar, mas os assassinatos desse episódio me arrancaram um “wow” quando a segunda policial foi atingida. Que ousadia o tiro na cabeça, pensei que seria no peito, mas não vou mentir que adorei pelo fato de tudo ter convergido bem para o drama que estava instaurado na polícia.

Voight foi o destaque do episódio ao tentar salvar o responsável pelas mortes dos blues, já que ficou claro que ele tinha problemas psicológicos. Foi um golpe para todos ao saberem que o responsável pelas mortes era um filho de um policial que havia morrido em serviço. A cena de todos prestando homenagem foi bem bonita. Voight com o pai, Antonio com Jules… Cara parece que foi ontem que a Jules morreu. As cenas de homenagem, de respeito em One Chicago são sempre muito bonitas mesmo.

Durante o episódio vimos o plot do Antonio sendo fechado ao mesmo tempo em que o da Kim foi sendo aberto e agora é oficial: Kim está finalmente na Inteligência. A temporada ainda está no começo e com certeza muitas coisas vão rolar, mas não posso dizer que estou animada. Uma nova dinâmica dentro da Inteligência e espero que continue sem dramas de casal, como os produtores tem feito com Erin e Jay.

Falando em Erin… papai está na cidade e quer te conhecer… O que será que nos aguarda em Janeiro? Ansiosos? Nos vemos lá!

  • João Carlos

    Foi um episodio duplo so porque precisaram ocupar a grade, pois um nao ligava o outro. Sem duvida o segundo episodio foi o mais incrivel entre os dois. A trama toda, as mortes dos policiais foi sensacional.
    Agora a dinamica da Unidade ira mudar. Antonio indo embora (ao menos deram uma despedida e nao fizeram a la Mouse) e Kim finalmente no lugar que merece.

  • Libriane

    O QUE ErinFEZ COM O RIQUINHO FOI ASSÉDIO E, SE NÃO ME ENGANO, HÁ LEIS CONTRA ISSO… ESTOU PEGANDO BIRRA COM A PERSONAGEM DE TANTO QUE DÃO DESTAQUE A ELA, ESQUECENDO DOS OUTROS TÃO MAIS INTERESSANTES. E, NOVAMENTE, MAIS UM PRA ELA SOBRE O SEU PAPAIZINHO QUE VOLTOU.
    TOMARA QUE NA NOVA SÉRIE, ANTONIO TENHA O DESTAQUE MERECIDO.
    NÃO CURTI A KIN IR PARA ESSE NOVO SETOR. ACHO QUE AS RUAS MERECEM UMA POLICIAL COMO ELA, PRINCIPALMENTE COM COLEGAS E FARDA TÃO COMPLICADOS QUANTO OS DOIS ÚLTIMOS RAPAZES. E SE ELA RETORNAR COM O ANTIGO NOIVO, SERÁ PIOR AINDA. E O QUE FOI AQUILO DELE O ANTIGO PARCEIRO DELA BRINDAREM COM AS CANECAS APÓS UM COMENTÁRIO IRÔNICO? JURO QUE NÃO ENTENDI.
    OS CASOS NÃO ME INTERESSAM, POIS GOSTO TANTO DOS PERSONAGENS, QUE PASSAM BATIDO PARA MIM.
    KD O MOUSE?
    KD A NOVA TÉCNICA?
    AL NÃO TAVA SUSPENSO?
    4 DÚVIDAS

    • VALERIANA BARROS

      Também preferia que a Kim continuasse na patrulha. Acho que passou da hora dela ir pra Inteligência, demoraram tanto que não gostei. Que não venham com mimimi de casal.

  • Criei uma certa expectativa, pois geralmente, episódios duplos de Chicago PD são bons, tramas mais intensas. Mas um não teve ligação com o outro, não foram bons episódios, mas nada de muito surpreendente. O ponto mais alto foi a entrada da Kim na inteligência, estava esperando isso desde a season 1 o/