Brooklyn Nine-Nine 4×06: Monster in the Closet

0
296

VINDICATION!!!!

Primeiro: como eu estava com saudades dessa série maravilhosa e, arrisco em dizer, a melhor comédia da TV aberta americana. Tem pra ninguém não!

Segundo: Que episódio fantástico, foi tão bom que a review seria só esse elogio e pronto.

Terceiro: Holt está se consagrando como um dos melhores personagens da história das comédias.

Quarto: Partiu review.

Mais uma semana e mais um puta episódio de B99, está ficando repetitivo já falar isso toda semana. Ainda bem né.

Em Monster in the Closet tivemos a volta do amado por uns e odiados por outros, Pimento. Enfim, depois de um mês após a prisão do Figgis, o maluco volta via Nárnia pelo armário do filho do Boyle após uma fuga de uma prisão do Uzbequistão. Pensei que a Rosa ia ficar puta com a volta dele, mas como esse casal não é nada normal, fizeram foi um amor louco bem na sala de reunião do esquadrão e decidiram se casar.

Melhor casal de B99 com a Amy e do Jake. Brooklyn Nine-Nine --- Monster in the Closet.
Melhor casal de B99 com a Amy e do Jake. Brooklyn Nine-Nine — Monster in the Closet.

Nada mais que natural para esse casal bizarro, então até que não fiquei surpreso com a decisão deles, ou muito menos com o cancelamento do casamento aos 47 do segundo tempo, já que para uma boa construção do relacionamento, tanto por parte da história, quanto para os personagens, a formação de um elo maior no amor dos dois antes de casar é uma opção mais vantajosa.

Durante os preparativos do casamento relâmpago organizado pela Sempre Linda Amy, acompanhamos duas vertentes: a moça tentando controlar seus colegas de equipe na árdua tarefa de criar um casório em 14 horas, e Peralta acompanhando Gina e Pimento na busca pelos brincos mágicos que irão abençoar o enlace.

Começaremos pela roadtrip tão maluca em que Jake era o cara mais responsável do trio. Foi uma boa sequência de aventuras dos personagens na captura dos brincos, com destaque para a superstição da Gina e do Pimento. Colé Jake, até eu que sou cínico pra burro sei que não se deve xingar o universo, mancada, mané.

O próximo é o seus hein, crianças. Brooklyn Nine-Nine --- Monster in the Closet.
O próximo é o seus hein, crianças. Brooklyn Nine-Nine — Monster in the Closet.

Foi um bom plot, com piadas bem colocadas, ótimo timing e interação dos atores. Porém, não foi o ponto alto do episódio, já que, para mim, o outro núcleo dominou nessa semana de maneira arrasadora.

Todos os diálogos entre o restante da equipe tentando organizar a cerimônia foram excelentes. Desde o Terry ficando bêbado ao tentar salvar o Charlie de ficar bêbado enquanto tenta salvar a Rosa de ficar bêbada (ufa) até Hitchcock e Scully roubando a cena com sua super dedicação em escolher a cadeira correta.

Fazia tempo que eu não ria tanto com um plot só, e tenho que agradecer principalmente ao Rei da Porra Toda: Capitão Holt. O que esse cara tá fazendo nessa temporada é incrível, e nesse episódio, sua tara com arcos de balões foi absurdamente ótima. É mais uma daquelas situações que você nunca imaginaria que veria ele fazendo e que são fantásticas.

Mais um excelente episódio para a conta do quarto ano de B99. Foi bem conduzido, com todo mundo afiado do início ao fim, Raymond brilhando e Scully e Hitchcock recebendo as devidas atenções.

> O futuro da Marvel depois de Doutor Estranho!

Peralteando:

– Holt entusiasmado com o arco de balão. O que foi aquilo?

– Desde quando extintor deixa a pessoa instantaneamente sóbria? WTF

– Veria fácil fácil um episódio inteiro com o Boyle, Terry e Rosa bêbados conversando sobre qualquer coisa

– Dêem mais espaço para a melhor dupla desse mundo!!!

– A Rosa tava papaidocéumainhanenéeeeem  toda vestida de noiva, hein!