Ballers 2×08: Laying in the Weeds

1
171

É, parece que a vida pós-demissão não está sendo fácil para Spencer. Depois do pé na bunda que levou da AMS, o ex-jogador precisa se despedir de Tracy no início deste oitavo episódio, aumentando ainda mais a depressão. Ela realmente vai assumir a sua posição na ESPN, o que é o sonho de qualquer jornalista esportivo, e ele entende isso, claro.

Spencer contudo, teve uma excelente ideia para não se deixar abalar nesse momento: Se o antigo patrão está realmente disposto a vender o negócio, então ele próprio comprará! Assim ele tem a oportunidade de provar três pontos a todos: que ele tem sim total capacidade para gerenciar carreiras de jogadores, uma vez que o gerenciamento de uma empresa inteira representaria um grande avanço nos seus negócios; prova que ele realmente está levando esse trabalho com toda a seriedade do mundo; e se apresenta como uma chance para que, mesmo na pior das hipóteses, ele saia “por cima” de Andre.

Em um episódio focado na festa pré-draft de Spencer, Travis foi um personagem muito importante, e a sua escolha na sexta colocação da primeira rodada é de fato sensacional. Foi bem engraçado ver o jogador disputando espaço com jovens prospectos que realmente participaram do draft desse ano, como Jalen Ramsey, Carson Wentz ou Joey Bosa. Uma das coisas mais legais de Ballers é justamente ver esse tipo de bastidor da NFL que a gente não consegue normalmente, e todo esse processo de recrutamento inclui uma série de fatores muito mais incomuns do que nós imaginamos. O Baseball especificamente, com a sua MLB é conhecido por recrutar jogadores com base em fatores como: ele teve muitas namoradas? Namora uma garota geniosa? Namora a garota popular? Tem um queixo quadrado, bem definido? Os pais são separados? Todos são fatores psicológicos que podem determinar as escolhas de jogadores a um nível absurdo. Na NFL esse processo não é tão subjetivo assim, mas é muito comum escolher um jogador mais pelo seu potencial físico e de aprendizado, do que por seu talento atual. Enfim, Travis Mach foi para os Baltimore Ravens, que realmente estão precisando de novos talentos em sua parte defensiva após a saída do Ngata entre outros jogadores, recentemente. Nesse ponto é importante destacarmos o trabalho do ator Adam Aalderks, que faz um bom trabalho com Travis.

De volta à Anderson Sports Management, Joe vê a chance de cativar seus comandados e ser o chefe legal do lugar. Ao melhor estilo Lobo de Wall Street, ele realmente parece ter causado uma excelente primeira impressão, e estou curioso para saber como essa competição vai se desenvolver. Não entendi exatamente por que ele próprio não foi demitido junto com Spencer, que era no fim das contas mais importante do que ele.

Ballers se encaminha para o penúltimo episódio com uma trama interessante. Spencer está meio que correndo contra o tempo para viabilizar a compra da agência antes que a notícia da sua demissão se espalhe, contudo, depois da língua nos dentes que o Terrell Suggs deu, acho que ele terá que correr mais rápido ainda, se quiser levar alguns clientes consigo.

Primeira descida: MUITAS participações especiais! Bem legal!

Segunda descida: Andre sabe como ser babaca, mas tenho a impressão de que ele quer se aproximar de Spencer…

Terceira descida: Você é um idiota?

  • Alan

    Desisti de ver,mão estava aguentando tanta morosidade e roteiro de te aberta, uma pena agora é impossível de ver ao vivo com a volta da NFL