Australian Survivor 3×09-11: Blunders Never Cease/A Super Villain Is Born/Shift Key

14
377

O desespero de uma tribo banalizada por uma twist mal executada, e que também não consegue encontrar o balanço certo entre união e estratégia.

Na fase tribal de Survivor, o jogo se desenrola de uma forma mais lenta e comedida, e aqueles jogadores que não contribuem em nada – seja em desafios ou no coletivo – são eliminados. De fato, essa previsibilidade vem sendo redesenhada ao longo dos anos, onde jogadores com uma sede maior de estratégia vem colocando o futuro a frente do que está acontecendo no momento. Nós, como espectadores, não podemos negar que é muito mais prazeroso de assistir jogadas pensadas do que jogadas previsíveis. Entretanto, existe uma regra que deve ser seguida, e essa regra foi o carro chefe da temporada 29 do reality original: um passo de cada vez.

É interessante notar que a vingança é realmente o que vem motivando muitos dos jogadores dessa temporada, porém pouco deles absorveram o que a excelente Natalie Anderson ensinou em SJDS. Em um jogo onde números são critério decisivo, às vezes, é importante deixar o orgulho de lado e saber trabalhar com aqueles que você mais deseja a cabeça sendo servida em uma bandeja, para que então (na hora certa) você possa atacar. Essa história e a execução da vingança pelas mãos da garota foi o suficiente para carimbar em seu currículo a vitória e mudar de vez o rumo do jogo, eliminando Jon na hora em que ele se sentia mais confortável no jogo.

Nos episódios dessa semana, a vingança de Kat contra Rohan deu certo para sua satisfação pessoal, mas logo em seguida colocou todo seu jogo a perder no episódio seguinte.

Em Blunders Never Cease, a edição já havia entregado bastante nos sneak peeks do episódio, e mesmo assim ainda fui surpreendido. Não com a eliminação em si, mas com o desenrolar dela.

Os desafios desse episódio exigiram um contato corporal entre os participantes e geraram até momentos meio que desconfortáveis para alguns, com umas passadas de mão aqui e ali, bem evidenciadas pela edição. Foi até engraçado, para não dizer estranho ver JLP narrando a prova e esses momentos. Em ambos os desafios, Sanaapu foi a vencedora, deixando Vavau sem recompensa e mandando-os direto para o conselho tribal.

Sendo assim, Rohan provou exatamente o contrário daquilo que queria, e foi sim um “dumb model”. Vamos contar o número de cagadas?

  1. Começando por entregar de mão beijada a Conner e Andrew sobre a vida na extinta Aganoa, contando das alianças e desavenças – a principal claro, entre ele e Kat. Kat ouvindo tudo foi a cereja do bolo, pois a raiva que sentia de Rohan foi só aumentando com o passar do episódio.
  2. Confirmar para Sue e Conner que tinha um ídolo de imunidade, e logo em seguida tentar justificar dizendo que não iria usá-lo. De burro ali só ele, pois continuou falando mal de Kat e com a garota mais uma vez ali do lado.
  3. Votar em Kat aleatoriamente, indo contra o combinando da sua aliança.
  4. Dar o ídolo de imunidade para Phoebe, selando assim a sua saída.

É Rohan, realmente não tinha como te defender, porém você é muito sortudo de ter Phoebe ao seu lado. A garota é estratégica, persuasiva, tem boa leitura do jogo, é bonita, tem excelentes confessionais e eu realmente não tenho mais adjetivos para descrevê-la. O plano de Phoebe poderia ter deixado as coisas um pouco mais justas para Aganoa, que era claro, que seria dizimada pela aliança majoritária. Se tivesse funcionado seria uma jogada brilhante: usar o ídolo do amigo em si, salvar a si mesma, o amigo e de quebra eliminar alguém da aliança rival. Apesar de entender o voto de Kat (pois realmente é difícil conviver com alguém que constantemente te maltrata), é aquilo que eu disse no começo da review, às vezes, em prol do jogo é necessário deixar o orgulho de lado.

Se Kat tivesse votado com Phoebe, não só poderia ter se salvado no episódio seguinte, mas também nos posteriores, além de garantir um lugar melhor do que na outra aliança. Rohan apesar de suas burrices, era ótimo nos desafios físicos, e Vavau sentiu o impacto de sua eliminação. Entendo o lado de Kat, mas deixou um instante de glória, custar para si o restante da temporada. E claro que Phoebe não ia deixar barato e já mandou a realidade para Kat, em mais um dos seus ótimos momentos.

img1

No episódio seguinte em A Super Villain Is Born, vemos dois alter egos de Russel Hantz surgindo e batalhando entre si, de um lado Phoebe encontrando um ídolo de imunidade sem nenhuma pista e Andrew mostrando para todos o quanto é frio e calculista.

Vale notar que Andrew tem uns confessionais muito bizarros, chega a dar medo a forma como ele se expressa se importando zero com as pessoas e para alguns aspectos do jogo em si. Ele fala com todas as letras que adora ir para os conselhos tribais, não contribui em nada nos desafios e fica rondando a tribo como um zumbi, se assegurando de que ninguém arme pelas suas costas.

Phoebe ao contrário é uma vilã carismática, ela arma suas jogadas em beneficio de si própria, mas mostrou que também se importa com os outros ao revelar a Kat e Kristie que havia encontrado um ídolo de imunidade, a custo do seu próprio jogo. Peça chave que poderia garantir a segurança das três, se não fosse o jogo dúbio da primeira. Quando Kat respondeu as perguntas de JLP deixava claro que estava com a Vavau, mas Phoebe não poderia correr o risco de acreditar nela mais uma vez. Além disso, Craig e Kate estavam em dúvida se votariam em Andrew. Portanto a decisão de eliminar Kat foi mais do que justa, mas sua falta será sentida, pois foi uma ótima participante, mesmo cometendo erros agora no final. RIP Kat.

Em Shift Key, mais uma vez Vavau é derrotada por sua rival, que passa invicta nesses três episódios. Fica difícil comentar sobre uma tribo que dia após dia vai vivendo à sombra e água fresca, mas com a alforria das galinhas, ficou provado que nem tudo são flores. Existe um trabalho sendo feito por trás das cortinas e esse é o de Jennah-Louise. Essa vem provando que sabe que está em uma posição extremamente ruim, mas tem chance de reverter isso. Foi muito sincero sua conversa com Kylie na recompensa do spa, e essa última é realmente uma competidora que vem me cativando episódio após episódio. Ela dizendo para Jennah não desistir foi uma das conversas mais sinceras que já vi, provando que ela consegue se conectar as pessoas além do jogo em um nível humano e pessoal.

Kylie é o número fora da curva, se El, Lee e Jennah se unirem a ela, e bolarem estratégias, fica fácil reverter a situação de todos. Um exemplo disso é, em caso de perda, sugerir a divisão dos votos e os quatro se manterem unidos votando em uma pessoa só, ou a busca por um ídolo de imunidade, entre outras coisas.

Flick e Nick secando o jogo de Matt também foi clássico de bons vilões, afinal de contas, em um jogo de sobrevivência libertar galinhas é um movimento extremamente estúpido, e pior ainda ver toda a tribo sendo persuadida para realizar o feito foi difícil de engolir. Se querem defender galinhas, aprendam com a Kim em Austrália.

Em Vavau, uma ponta de esperança surgiu no desafio dos cocos e eu fiquei impressionado com o desempenho de Sue. A velha realmente mostrou que tem lenha para queimar, até porque Craig já vem provando seu valor há muito tempo.

Outra pessoa que eu deixei o final foi Kate, que saiu do posto de avulsa e realmente entrou no jogo de verdade. Sua ioga motivadora para a tribo, seu desempenho excepcional nos desafios, o fato de pensar em várias direções tem feito seu jogo aparecer mais um pouco. Ela e Craig tem mantido uma relação interessante, ponderando os votos da maneira que querem. Enquanto Andrew, Conner e Sue prezam a estratégia de se manterem leais, Kate e Craig tendem a união tribal. É óbvio que se Vavau continuar perdendo os membros da aliança principal vão ter que começar a votar em si.

O blindside em Andrew foi lindo, pois presunção nunca é bem vista. Foi como Kate disse, ele não tinha nada além de lealdade para oferecer, e nessa parte do jogo a vitória tribal após várias derrotas em sequencia pesou na decisão. Sendo assim, o jogador que se denominava dono da temporada, foi eliminado por aqueles a qual ele sempre mirou. Craig, Phoebe, Kristie e Kate que já foram cogitados receberem votos dele, se rebelaram e fizeram do episódio 11 mais um excelente episódio de uma excelente temporada.

Com episódios que apresentaram um nível de qualidade semelhante a franquia original, com novos e ótimos personagens aparecendo, blindsides, desafios interessantes e ídolos da imunidade, Australian Survivor provou que realmente veio para ficar. Se a merge for 1/3 do que estamos vendo na fase tribal, mais coisas boas estão por vir.

PS: A preview do próximo episódio, fala sobre uma grande jogada e claro Phoebe deve estar envolvida. Com isso fica claro que Vavau perdeu mais uma vez, valeu edição! Acho que meu blindside em Nick vai ter que esperar ):

PS2: Porque uma imagem vale mais do que mil palavras:

img2

PS3: Porque um gif vale mais do que mil imagens:

  • Leo

    O que ninguém queria aconteceu, a Vavau pagongou. A edição tá estragando o programa, no episódio 9 a Sanaapu nem foi mostrada, além de retratrar o Andrew só agora nos últimos episódios antes da eliminação.
    A temporada tá ótima mas temo em perder o Craig ou a Phoebe, tem que rolar uma swap e botar os membros da Sanaapu no jogo.
    PS: saudades da Kat desde já. Sue se superando. E Conner ainda tá na ilha?

    • To pra te falar que ou a Phoebe tira o Craig, ou o Craig tira a Phoebe, e a preview do próximo evidencia isso. Entre os dois, prefiro a garota. Então realmente espero que seu move funcione.

      E sobre Conner ta fazendo fotossíntese mesmo…

  • Rafael Tietz

    Estou bem triste que a Vavau está ainda sofrendo com a Twist da Swap, Ficou muito óbvio que eles não teriam chances em challenges físicos após isso, ponto negativo pra você Survivor AU.

    Confesso que era hater da Phoebe e queria um blindside pra ela na antiga Agonia. Massssssss se ela continuar assim tem tudo pra se tornar uma favorita. Não sei se vai ter tombo no próximo episódio, mas acho que não quero ela saindo agora.

    Rohan, assim não dá pra te defender.
    Kat, meh.
    Andrew, JÁ FOI MUITO TARDE. Que pessoa horrível e inútil pra se conviver, nesses dois últimos episódios ele atingiu o ponto Phillip na escala de chatisse de Survivor, credo.

    Semana que vem tem 4 episódios de survivor por semana, socorro.

    • Gosto da Phoebe desde o primeiro episódio, ela tem todos os atributos, ainda mais agora que passou ao posto de underdog + vilã + estrategista. Suas chances de vencer são grandes. Fico imaginando ela e Flick com perfis bem parecidos, ou se unindo ou se atracando uma com a outra hahaha.

      E sobre a overdose de Survivor, manda mais que tá pouco haha.

  • Lybio Jeffersom

    Curti os eps mas o q não curti foi o resultado do twist, claramente a Vavau vai pra todos os TC’s que terão até uma nova swap; curti as eliminações e tô bem animado com a temporada, mesmo com esse twist triste, o bom é q vemos uns bons moves e players se destacando, nas duas tribos.

    Obs1: #MEDO, toda vez q passa a preview do próximo ep, quem é taxado de vilão leva uma blindside, e quem foi dessa vez foi a Phoebe, então……………

    Obs2: sobre libertarem as galinhas da Saanapu: Stupid peaple!!!!

    Obs3: Top Players: Matt, Craig, El, Brooke and Phoebe

    • Eu vi outra preview aqui e tão endeusando o move da Phoebe, então acho dificil ela sair (e eu realmente espero que ela não saia!).

      Eu acredito que ela deve colocar um idolo da imunidade falso no lugar daquele e deixar o Craig achar. Como ele também estava em evidencia na preview é capaz dela tentar eliminá-lo e se ela conseguir isso, definitivamente consegue o controle pleno da Vavau.

      • Lybio Jeffersom

        Seria de uma burrice sem tamanho se deixar eliminar podendo dividir os votos entre ela e Kristie, mas com um idol de fato ela não sai não, se conseguir tirar o Craig será um big move mesmo, mas ainda não vi essa preview q vc falou pra ver se eu tenho a mesma impressão.

  • Hufus

    Gente, que temporada maravilhosa. Eu tô amando, ainda mais que são 3 episódios por semana (4 na próxima? PODE MANDAR!) Não tá devendo em nada à franquia original, talvez só essa twist mal feita (chamada de merge????) e claramente injusta. Mas quem sou eu pra reclamar? Vavau >>>>>>>>> Saanapu em termos de entretenimento, e esse último epi só confirmou isso. xD

    Phoebe é rainha demais, pqp! Desde o primeiro episódio que eu tenho uma boa impressão dela e que vinga até hoje. Acredito que se ela chegar até à merge (a verdadeira), dá pra se reconectar com Lee/El, puxar o Sammy para ser o novo Rohan, pegar alguns números e conseguir a maioria. Espero MUITO que ela chegue lá. Tô muito ansioso para a próxima semana, principalmente pela preview endeusando as estratégias dela. <3

    • Dá uma agonia toda hora que chamam essa mistura tribal de merge, é quase um afronte aos fãs, mas a gente deixa passar porque tá tudo muito bom haha.

      Vavau era uma tribo extremamente ruim no inicio, vencendo tudo e com participantes com pouco carisma frente aos outros, bastou uma mistura e umas (várias) derrotas para assumir o posto de tribo preferida.

      Phoebe é minha torcida desde o primeiro dia, e espero que continue assim até o 55º dia. Que sua jogada funcione no próximo episódio, torcendo aqui.

  • Alisson

    Opa, tudo bem? Tô lendo as reviews desde a premiere mas resolvi comentar só agora que deu uma afunilada no jogo. Gostei muito dos episódios e a temporada tá incrível, a edição tendo mais tempo e variedade faz com que a gente possa se importar muito mais com cada participante. Concordo bastante sobre Rohan e Andrew, mas acho que Kat saiu no momento certo. É o tipo de jogadora mais emocional, que apesar de causar um certo caos, pode se tornar irritante com o tempo, e como ela mesma disse, só de ter conseguido eliminar o Rohan já fez valer a pena a sua participação.

    Vou fazer um ranking com o que eu acho dos participantes até aqui e o que espero deles no futuro.

    #1 – Phoebe: Nem tem muito o que dizer, né? Ela ainda tem um idol, as duas pessoas que mais queriam ela fora saíram uma depois da outra e ela conseguiu se integrar na Vavau muito bem. Uma possível swap no f14 deve ajudá-la.

    #2 – Craig: Minha torcida, ele é muito carismático, amo praticamente tudo que ele faz. Ainda está em uma posição segura e não acredito que possa ser uma vítima do idol de Phoebe.

    #3 – El: Quem eu acredito que possa ser a vencedora. Toda vez que aparece é com um detalhe do jogo que ela notou, parece uma pessoa real e não só “números, números, estratégia, estratégia”. Atualmente ela tá em uma posição ruim, mas acredito que possa virar o jogo em breve.

    #4 – Kylie: Tem uma noção de jogo que ora parece muito boa, ora parece terrível, mas ela tem potencial e se encontra em uma posição interessante no jogo. Provou lealdade à sua tribo original mas ainda não confia neles por todas as atitudes passadas.

    #5 – Sam: Ele me deixa confuso. Tem horas que eu o acho muito bacana, outras horas muito boring. Acho que só veremos o seu verdadeiro jogo quando a merge chegar, como é normal com o pessoal que domina desafios.

    #6 – Brooke: Da aliança principal da Saanapu é quem se encontra mais segura. Até agora ninguém mirou nela, ninguém acha que ela é a maioral e mesmo assim decide as coisas quase junto com a Flick. Creio que se forem mirar em algum deles, ela será a última opção, por isso vejo-a indo longe. Mas por essa mesma razão, se ela não fizer nada, será finalista derrotada no fim.

    #7 – Kate: Amo a Kate desde o episódio sobre o seu acidente. Semana passada ela parecia uma doidona enquanto tiravam o negócio do braço dela e ela batendo panela e forçando uma aula de ioga foi demais.

    #8 – Matt: Gosto dele e de sua relação com o Chester. Não tenho muito o que dizer sobre o seu futuro, mas por enquanto é visto claramente como o líder da Saanapu. Se alguém flipar, ele provavelmente sai.

    #9 – Flick: Flick é o lado que mais corre perigo de sua dupla. Acredito que pode render, mas sua personalidade e a forma como soou duas caras lá atrás, no episódio 5, me fez torcer um pouco nariz pra ela. Ainda vai demorar um pouco até mostrar do que realmente é capaz.

    #10 – Lee: Ah, ele é legal, vai fazer tudo que a El mandar, tanto é que tem boatos de que os dois tão namorando, mas nunca vai render muito em questão de jogo. Ainda assim quero ver como será mais pra frente.

    #11 – Conner: Gosto muito dele, mas seu plot tem se resumido a “olha minha carinha de cachorro abandonado” desde que a sua tribo o chutou. Acho que volta a render depois de uma swap, principalmente se voltar a se reunir com Sam ou Kylie (de preferência os dois).

    #12 – Nick: Cada vez que ele abre a boca sobre o jogo quero arrancar meu tímpanos. Ele é completamente sem noção. Mas ainda assim traz entretenimento, como suas brigas com JL e os pertinentes comentários sobre determinadas ações no jogo. Como diria um outro flopado da versão US que nunca cala a boca: Zero chance of winning the game.

    #13 – Sue: Amo a Sue e como ela vai contra o seu estereótipo. Mas deve ser o próximo alvo de Phoebe e Kristie se elas quiserem fazer alguém flipar ou Phoebe usar o idol.

    #14 – Kristie: Amo suas esquisitices, carinhas estranhas e ótimos confessionais. Mas Phoebe pode muito bem virar as costas pra ela e ainda é vista como a mais fraca das duas, então deve ser o alvo da antiga Vavau.

    #15: Jennah-Louise – Há muito tempo não via alguém em uma situação tão merda assim em Survivor. Tá tipo o Chris em Vanuatu. Acredito que ela é capaz de virar o jogo, mas as coisas não parecem muito boas.

    Sobre a swap, como eu odeio sorteio e acho que tem sido usado demais nas últimas temporadas, ver esse método diferente foi como respirar um novo ar. Entendo como soa injusto, mas a própria tribo não se ajudou ao eliminar Rohan, o seu maior participante físico. Meu estilo de swap favorita pra temporadas de 3 tribos é a primeira de All Stars, onde a tribo mais fraca é dividida entre as outras duas. Nesse caso ter tirado Lee e El de Aganoa (que tava em segundo lugar naquele desafio) deu uma diminuída na sua força, enfraquecendo ainda mais Vavau. Mas Schoolyard Pick ou uma swap igual a primeira de Gabon também é interessante (pra mim tudo menos sorteio). Próxima semana promete, até lá!

    • Parabéns pelo ranking, ainda estou com uma preguiça de fazê-lo, primeiro porque sou triste pra previsões e segundo que jurei pra mim mesmo que só faria quando a verdadeira merge acontecesse, é bom que você vai me dando ideias haha.

      Só discordo de algumas posições, mas por critério pessoal mesmo, como por exemplo Jennah (não vejo ela em ultimo, até pela edição que tem). Mas Phoebe e Craig tem feito um Top 2 valer a pena, porém não os vejo seguindo juntos, e to achando que um dos dois roda no proximo episodio, espero estar muito errado! ):

      Eu não gostei nem um pouco dessa twist de escolher os membros da propria tribo, deu poder demais para uma tribo só, mas as twists de Survivor realmente dividem opinioes. Eu acho que AS tá fazendo um otimo trabalho em tirar os jogadores da zona de conforto, mas ainda peca em alguns aspectos, mas acredito que com o tempo eles encontram um balanço certo.

      Vlw por comentar e até a proxima semana (:

  • Marcus

    Eu tenho lido todas as reviews mas também só resolvi comentar agora. Primeiro quero dizer que essa twist foi muito injusta mesmo, mas o que tiro de bom nela é que pude conhecer melhor cada um da Vavau e tbm serviu pra solidificar minha torcida pro pessoal dessa tribo e torcer pra grande maioria da Saanapu se fuder lindamente (com exceção de El e da maravilhosa Jenna <33).

    Confesso que apesar de a eliminação de Rohan ter sido boa por toda a história da Kat com ele e pela questão dela se vingar, não era a hora mesmo. Ele era muito importante pra tribo nos challenges. Eu até vibrei com a eliminação mas sabia que aquilo tinha fudido com o jogo da Phoebe naquele momento. Phoebe que aliás eu detestava antes mas depois dessa swap me conquistou. Acho que pelo fato do tempo de tela com a Vavau ser maior por eles perderem tudo permitiu que eu criasse simpatia por quase todos eles. Atualmente só não engulo Conner que já tá fazendo hora extra. Fico triste de saber que provavelmente Craig ou Phoebe devem rodar no próximo episódio. Gosto tanto dos dois, não estou pronto pra deixar um deles partir, mas minha torcida é pra que Phoebe seja malandra e consiga se safar mais uma vez. Ela é maravilhosa demais.

    Kat foi burra demais, por mais que odiasse seus companheiros de tribo aquele não era o momento pra fazer a jogada de eliminar Rohan e como de certa forma foi burra, pagou um preço alto no outro episódio.

    E o que foi a Phoebe encontrando o idol? Eu pirei demais nessa hora ahuauhahuaa mas logo pensei "vai dar ruim pro Craig, que merda"

    Enquanto isso a tribo boring lá no maior estilo paz e amor, sem grandes momentos, apesar de já se desenhar uma ruptura ali teve nada demais. Por lá continuo torcendo por Jenna, El, fazendo macumba pro Nick rodar logo com um blindside lindo e simpatizo ainda com o Sam, o resto não me importo por hora.

    Sobre o episódio de eliminação do Andrew, putz, foi tarde, já tinha pegado ranço dele, que mala viu. E claro que adorei Kate aparecendo pro jogo, sempre achei que ela tinha potencial. E a Sue se SUEperando? Que guerreiraça, a velha é dura na queda, gente.

    Agora é esperar pelos próximos episódios, torcer pros meus faves não se darem mal e claro, agradecer bastante por ter 4 episódios essa semana. Podia ter mais pra falar a vdd, Survivor nunca é demais. kkkkkkkk

    Quero deixar meu agradecimento pro Igor que tá cobrindo o programa até bem em vista do tanto de episódio que tem e o trabalho que deve ser pra comentar tudo num post só. Estou adorando suas reviews. Obrigado. E GO GO PHOEBE!!

    • Estamos na mesma página em quase tudo então. E o meu GO pra Phoebe tá desde o primeiro episódio, sabia que ia ser surpreendido. Perder ela ou o Craig no proximo episódio vai ser foda, espero que a preview dê um blindside em todo mundo, pq quero muito os dois trabalhando juntos.

      Conner tá fazendo fotossintese, e ele tinha tudo para ser um excelente personagem e jogador, mas desde que foi chutado pela propria tribo adotou a postura de “cachorro abandonado” e realmente só não irrita mais porque realmente não faz nada.

      Essa overdose de Survivor é cansativa, mas prazerosa. Ficaria muito triste de fazer reviews de episódios ruins, mas a qualidade da temporada tem me motivado bastante. Que bom que está gostando, até a próxima semana (:

  • daniloanndrade

    Ótima review! E minha torcida também é da Phoebe.
    Ela já provou que é uma boa jogadora quando soube persuadir, se posicionar e fazer jogadas silenciosas. Gosto de jogadores com uma boa dose de inteligência emocional.
    Espero que ela não use o idol no próximo episódio. E principalmente que ela não saia, né (pelo amor de Deus, NÃO).
    Você sabe quando acontece the real merge?