Australian Survivor 3×06-08: No Room For Integrity/A Precision Decision/Setting The Table

3
302

Um brinde a dinamicidade de um jogo, que apesar da previsibilidade da edição, tem usado e abusado daquilo que a temporada tem de melhor: seus participantes.

Australian Survivor até o momento continua apresentando uma crescente enorme de qualidade, e grande parte disso se deve a seus participantes. A narrativa da temporada tem se mostrado bem interessante, e apesar de previsível em certos momentos, vem entregando um dinamismo pouco se visto na longeva franquia. Dinamismo esse que basicamente grita para todos os participantes “Ninguém aqui está a salvo! “. A produção tem um papel determinante nisso tudo, pois diante das twists que está inserindo, vem tirando os participantes de suas zonas de confortos, fazendo muitos deles terem que rebolar para se sentirem seguros novamente e dando aos underdogs munição suficiente para virarem o jogo a seu favor.

Em No Room For Integrity e A Precision Decision, o que tivemos de mais interessante foram os desafios de recompensa e imunidade (que inteligente e legal, aquele da pessoa suspensa), pois desde o início, com os confessionais e o desenrolar dos episódios, a eliminação de dois participantes bem apagados pela edição já era dada como certa.

Barry, tinha um jogo autodestrutivo. Não depender de alianças e simplesmente utilizar critérios aleatórios para votar o tornavam um jogador perigoso, pois todos sabemos que apenas um voto a mais é capaz de eliminar um participante. Teoricamente sua forma de jogar a princípio, parece inofensiva, mas no futuro, é como uma erva daninha que precisa ser exterminada. Imaginem, se por alguma hipótese, o destino de alguém estivesse nas mãos de Baz, ninguém, mas absolutamente ninguém, gostaria de correr esse risco. Foi um acerto em cheio eliminá-lo, até porque Conner provou para tribo que está ali com sede de jogar, e claro, como Andrew está atrás da cabeça de Craig, ter uma aliança secreta a seu favor só fortalece a decisão de não eliminar ninguém da antiga Sanaapu.

Falando em Craig, devo dizer, o cara é um participante e tanto. Seus confessionais são divertidos, sua leitura de jogo é uma das melhores, tiradas ácidas e uma força a ser batida nos desafios. Para mim, ele e Jennah formam uma dupla bem interessante, e são os cabeças por trás de Vavau. Entretanto, Andrew vem fazendo um papel de coadjuvante capaz de tirá-los do pódio. Pódio esse, do qual Jennah despencou nos episódios seguintes.

Tegan, ou avulsa, conseguiu seus 5 minutos de tela, mesmo que apenas no episódio de sua eliminação. Suas palavras não condiziam com nada daquilo que ela estava demonstrando. Se por um lado começou jogando Nick embaixo do ônibus para as meninas, pecou logo em seguida, ao entrar debaixo das asas dele e aceitar fazer uma jogada perigosa, para ambos. O que mais me irritou em Tegan, foi a sua tranquilidade e passividade em relação as coisas. Não que o excesso de Nick não me irrite, mas é que a forma como ela estava jogando, não era algo prazeroso de assistir, portanto, essa é uma justificativa justa para sua edição negligenciada.

O conselho tribal do segundo episódio, deixou um nó na minha garganta. Eu estava torcendo muito por outro blindside em Nick, mas não suportaria ver Tegan no jogo novamente. Entre um jogador insuportável, mas que joga e uma jogadora avulsa que não joga, sempre vou preferir o primeiro. Portanto nesse, e talvez único conselho tribal, torci para o Nick até o final. E acredito que fiz a escolha certa.

australian-survivor-3x06-img1

Agora chegamos ao ponto alto da semana, mesmo que em um episódio sem eliminação – que chacoalhou um pouco as coisas – entre erros e acertos, deu poder aqueles que mais precisavam no momento: Nick e Kat.

Nick, olha aí você de novo. Nessa temporada, de duas, uma: ou Nick vai muito longe no jogo ou sai de uma forma esplêndida, pois sua edição é uma das que ocupa mais tempo da maioria dos episódios. Que me perdoem o uso das palavras, mas sim, Nick está fudido no jogo. Não existe uma viva alma naquela ilha que confie 100% no cara. E mesmo se sentindo no controle no momento, eu tenho quase certeza, que no final quem vai se ferrar bonito é ele.

A twist que coroou Sanaapu como a tribo detentora do poder de escolher as novas tribos foi injusta. Como assim uma tribo tem o poder de decidir os destinos de vários jogadores? A sorte deveria ser um fator intrínseco no jogo, e dessa vez, a produção errou feio. Jennah poderia estar na tribo de Nick de outra forma, pelo seu azar, mas não pela sorte do companheiro. Assim como a aliança principal de Aganoa dividida, ou Kat no poder. São variáveis que se colocadas em um sorteio, me agradariam muito mais. A produção basicamente disse aos participantes da nova Sanaapu, para escrever seus próprios destinos e dos outros participantes, e foi exatamente assim que as escolhas foram feitas. Sam para fortalecer a aliança principal e finalmente terem os números necessários sem dependerem de Nick; Lee e El para manterem a resiliência da tribo (que já existia); e por fim, Jennah, como presente em uma bandeja para Nick e voto fácil a ser dado.

Torço muito para que Nick se ferre. Era mais do que certo que o objetivo principal de Nick não era o de trazer Jennah para eliminá-la (isso também!), mas sim de desestruturar Craig, seu arqui-inimigo no jogo. Achei engraçado como a edição abordou Jennah muito segura de si em Vavau, para logo em seguida, coloca-la nessa edição. Essa garota deve ter um papel importante no jogo, pois seus confessionais são sempre repletos de uma boa leitura e análise dos participantes, e eu realmente espero que seja, pois gosto muito dela.

Flick por outro lado é muito sortuda, e se já estava com a faca e o queijo na mão, agora é aposta certa em uma merge, afinal, os números estão do seu lado, seu jogo de manipulação é excelente e seu duo com Brooke é uma das melhores coisas da tribo, e essa segunda não fica atrás da amiga. Só eu que ri do Charlie’s Angels? Matt vai se ferrar bonito na mão dessas duas.

Kylie é uma outra figura que tirou um alvo enorme de suas costas ao utilizar o ídolo no conselho tribal anterior, pois mesmo que não tenha tido um efeito grande na eliminação, pois via Tegan sendo eliminada de qualquer jeito, garantiu seu lugar na aliança principal por simplesmente eliminar o colar que passou de dádiva á maldição a partir do momento em que ela decidiu usá-lo lá no início.

Agora, vamos a nova Vavau, cujo novos integrantes já começaram a colocar as garrinhas de fora. Eu fico extremamente feliz de ver Kat jogando Phoebe e Rohan para debaixo de uma frota de ônibus, e acredito que ela escolheu a melhor pessoa para contar todos os podres de sua antiga tribo. Kate apesar de avulsa, tem credibilidade com o resto da sua tribo, e não é de causar muito alvoroço. Caso ela tivesse contado o mesmo para qualquer outra pessoa, poderia parecer um ato desesperado de alguém encurralado, e levantar suspeitas e os reais motivos que levaram a garota ao bottom de sua antiga tribo. Kate já começou a espalhar os rumores de que Rohan tem um ídolo o que rendeu as melhores reações por parte de Craig.

Acredito que Kat deva conseguir se livrar de Rohan, mas Phoebe ainda tem muito o que render. Essa vilãzinha é para quem eu torço, e espero que ela consiga escapar dessa encruzilhada que Kat a colocou. Sua edição não é de alguém que vá decepcionar, e que vai embora cedo. Quero ver a ascensão dessa garota, e estou apostando todas as minhas fichas nela.

Com episódios previsíveis, mas bons, pudemos ter uma visão mais ampla das narrativas que estão sendo criadas. Um jogo de vingança é o que deve movimentar o resto da temporada até a merge, e cabeças que se consideravam salvas, provavelmente irão rolar. Vilões e mocinhos começarão a emergir e entretenimento puro está por vir. E você, agora com 18 participantes, para quem vai a sua torcida?

PS1: Christie não falei de você, mas não te esqueci. Gostei de te ver aparecendo mais nos episódios e mostrando que está pronta para o jogo, por favor, não seja eliminada agora!

PS2: JLP já está virando craque na narração das provas, nos conselhos tribais, ainda insisto que pode melhorar.

PS3: Matt falando que um dos seus objetivos estava cumprido, que era chegar na merge. Pode rir que ninguém contou para ele que aquilo é uma mistura de tribos? Pode rir mais ainda que ninguém contou para a edição que aquilo é só uma mistura de tribos?

PS4: Com 18 participantes tudo flui melhor, entretanto, ainda acredito que não estamos preparados para um ranking, deixa os jogadores se desdobrarem agora para carimbarem seus lugares quando a merge realmente chegar. Por enquanto, arrisco dizer que Flick ocupa um lugar alto no meu pódio.

PS5: Falando em previsibilidade, não assistam a promo do próximo episódio. Basicamente mostrou tudo aquilo que vai acontecer no episódio inteiro. Por que né?

  • Craig e Kat Diva me ganhando a cada episódio. Os problemas de edição estão me irritando. Gente vamo eliminar esses participantes pra eu começar a me importar na merge.

  • Leo

    Curtindo muito essa versão australiana e adorando suas reviews. As plantas estão saindo e deixando só os melhores jogadores no jogo.
    Uma pena a Vavau ter ficado tão fraca, deve ir aos próximos TCs até rolar uma nova mistura.
    Vai ser horrível ver o Nick eliminando a Jennah, ela junto com Craig e Sue formam a melhor aliança. Mas acho que esse dois vão longe e vão render um bom embate, a edição tá dando muito espaço para essa rixa.
    Quero ver a Kat de volta ao jogo e se unindo aos antigos Vavaus e como os antigos membros da Aganoa vão se virar agora que estão em minoria.

  • Lybio Jeffersom

    A temporada tá começando a esquentar, o twist que originou a swap me agradou, apesar de deixar a nova Saanapu muito forte. Craig é minha atual torcida, ele é centrado, na dele e não é arrogante, fora q tem um idol clue, Jenna-Louise teoricamente esta lascada, mas em uma tribo que tem o Nick, sempre tem a chance de uma blindside vindo ae.

    Obs 1: Kat e Jenna-Louise, podem tá a 18 dias sem tomar e tal, mas continuam limpinhas hahaha

    Obs2: Matt tá bem, mas prevejo tombo tour a qualquer momento.

    Obs3: Phoebe e Rohan com essa swap tão lascados, pelo menos um deles sai, se forem espertos.