As novidades da ABC para a Fall-Season 2016

20
3385

A ABC é o canal aberto americano que fez o oposto da NBC e está apostando no volume para essa Fall-Season, sendo a emissora que vai lançar mais novidades nos próximos meses. Esse pode ser um dos piores anos que a ABC já teve e eu estou preparado para a avalanche de flops. Bora lá!

Speechless

speechless

Sinopse:

Speechless conta a história de uma família que luta pelos direitos do filho mais velho, portador de necessidades especiais. Minnie Driver foi escalada como a mãe Maya DiMeo no último minuto antes de o piloto ser gravado. John Ross Bowie (The Big Bang Theory), também faz parte do elenco, como o pai Jimmy.

Pitacos pessoais:

Eu já assisti ao piloto de Speechless e embora os assuntos abordados na série sejam importantes e relevantes, como comédia, a série não soube encontrar o equilíbrio necessário para abordar situações que na vida real não são nada divertidas. Encarar esse desafio já é admirável, porque logo nesse primeiro episódio, os assuntos envolvendo inclusão, aceitação, racismo e bom-senso, já ganham destaque. Os roteiristas fizeram milagre em conseguir abordar tantos assuntos complicados e ao mesmo tempo tentar encontrar um ângulo cômico em todos eles. E em alguns momentos eles são felizes nessa difícil missão, o problema é quando eles tentam tirar sarro de estereótipos, sendo que a própria série tem em sua protagonista uma mistura óbvia da mãe de The Middle com a mãe de Raising Hope. Sem falar que esse sotaque de Minnie Driver é absurdamente irritante. Para a sorte de Speechless, ela vai entrar no já consolidado bloco de comédias da ABC, entre The Goldbergs e Modern Family. A concorrência no horário é dura, batendo de frente com Survivor da CBS e Blindspot da NBC. Meu coração diz que vai ser flop, mas por outro lado eu também apostei no fracasso de black-ish em 2014 e o negócio está fazendo bastante sucesso. Dou 60% de chances de vingar.

Designated Survivor

designated-survivor

Sinopse:

Em Designated Survivor,  Kiefer Sutherland (24 Horas) interpretará um membro do baixo escalão na Casa Branca, que abruptamente é indicado a presidência, depois que terrível ataque mata o Presidente Americano junto com todos os outros membros do gabinete que estavam na sua frente para a linha de sucessão. O elenco ainda conta com Kal Penn (House), Maggie Q (Nikita), Natascha McElhone (Californication) e Adan Canto (The Following).

Pitacos pessoais:

Gosto do Kiefer Sutherland, a 2ª temporada de 24 foi uma das coisas mais fantásticas que já assisti na vida e essa história me parece bem interessante. Porém, é o tipo da trama que parece uma boa ideia para um filme, e não para TV. Vai ser legal se descobrirmos que o personagem do Kiefer Sutherland é o grande vilão da série e que ele foi o responsável pela explosão que o tornou Presidente. Isso colocaria Frank Underwood num patamar de juvenil master. Não consigo imaginar Designated Survivor fazendo sucesso, não por causa da série em si, mas pelo horário na grade da ABC. Ir logo depois de black-ish, que entrega 5 milhões e 1.5 na demo, é praticamente uma sentença de morte. Esses números são ótimos para comédias, mas para um drama caro como Designated Survivor, pode ter certeza que não vai ser suficiente. Dou 25% de chances de vingar.

Notorious

notorious

Sinopse:

Baseada em fatos reais, Notorious vai focar no famoso advogado criminalista Mark Geragos e a produtora de televisão Wendy Walker, que  juntos ele mantém um perigoso relacionamento que mistura as manipulações da justiça e mídia.

Pitacos pessoais:

O que acontece quando um brilhante advogado e uma bem-sucedida produtora de televisão, descartam qualquer código de ética para juntos manipularem a popula… Boring! Absolutamente NADA nessa série me soa novo ou atraente. Um personagem vai ficar puxando o tapete do outro e empurrando os limites da lei, até que algum crime muito grave ou uma mentira deslavada crie um rompimento no acordo entre eles, que mais tarde será reconstruido, isso é claro em meio a uma tensão sexual irresistível. Já vimos tudo isso milhões de outras vezes. Porém, o fato de eu não estar comprando a ideia da série, não quer dizer que será um fracasso, ainda mais quando a ABC foi generosa o suficiente para exibir o episódio piloto logo depois de Grey’s Anatomy, seu drama veterano mais consolidado na audiência. A principal disputa no horário será Chicago Med da NBC, a mais fraca em termos de número da franquia Chicago. Dou 65% de chances de vingar.

Conviction

conviction

Sinopse:

A estrela de Agent Carter, Hayley Atwell está de volta no papel de Hayes Morrison, uma brilhante advogada e filha do ex-Presidente Americano, que se vê obrigada a trabalhar na promotoria de Nova Iorque, para não ser presa por porte de drogas.

Pitacos pessoais:

A ABC foi muito esperta em assinar um contrato com Hayley Atwell quando o fim de Agent Carter era certo. O anúncio do cancelamento ainda nem tinha sido feito, e ela já estava filmando Conviction. Atwell é talentosa, linda e carismática, mas se tem uma coisa que já foi provada em Agent Carter é: não adianta nada ter uma protagonista forte quando a história é fraca. O horário das 22h nas noites de segunda-feira é um dos mais tranquilos e a série não terá uma forte concorrência no começo da temporada. Se a audiência americana se estabilizar até o 4ª ou 5ª episódio, as chances são boas, mas se passar um mês seguido de quedas, pode ter certeza que o cancelamento vem com força. Dou 50% de chances de vingar.

American Housewife

american-housewife

Sinopse:

Katie (Mike and Molly) é uma dona de casa confiante, bocuda, esposa dedicada e mãe de três filhos. Sua principal missão no mundo é criar os filhos de maneira que eles não sejam sugados pela futilidade da nova cidade que se mudaram, dominada por pessoas ricas e egocêntricas.

Pitacos pessoais:

Confesso que enquanto eu assistia a esse promo, lá fundo da minha cabeça eu pensava, “Até parece que uma comédia familiar água com açúcar que quer tirar sarro de uma comunidade infestada por pessoas brancas/ricas/privilegiadas vai dar certo”. Mas quer saber? Me parece bastante divertido. É mais uma comédia da emissora que quer abordar assuntos complicados como body shame, toc e o culto à futilidades de forma cômica. No entanto, American Housewife é de longe a nova série da ABC que vai ter a concorrência mais difícil, batendo contra The Voice da NBC, NCIS da CBS e The Flash da CW. Por outro lado, essa forte concorrência vai exigir menos da série, pois os executivos da emissora vão olhar para a grade de programação e levar em conta essa situação. Dou 60% de vingar.

Outras novas séries da ABC que já receberam luz verde, mas ficaram para o ano que vem são: Time After Time, Still Star-Crossed, Downward Dog e Imaginary Mary. Uma chuva de flops para alegrar nossa mid-season 🙂

Até o momento eu já falei sobre as novidades da CBS (veja aqui) e da NBC (veja aqui). O próximo canal será a FOX e na sequência a deliciosa CW, para concluir essa saga. Fique por perto e não perca nada 😉

PS – Você pode conferir as datas de todas as séries da Fall-Season 2016 aqui.

  • Alan

    Speechless – família, família e família, só isso que a ABC sabe abordar nas suas comédias. Parece muito desinteressante. Não acredito na segunda temporada.

    Designated Survivor – que desinteressante. Chega a 7 episódios.

    Notorious – mais uma série que é mais do mesmo, deve conquistar alguns fãs, mas vai entregar algo de péssima qualidade.

    Conviction – mais algo comum e que terá um final comum. Não vai longe.

    American Housewife – segunda temporada a vista.

  • André

    Só Designated Survivor se salva

  • Bel Ribeiro

    Eu vou ignorar o comentário sobre Agent Carter e me concentrar em fazer uma lista de séries que seriam ótimas minisséries mas o povo insiste no formato longo. Vocês sabem, Designated Survivor precisa de companhia.

    (Eu já tinha ouvido falar dessa coisa do sobrevivente mas alguém sabe se é verdade?)

  • G Factor

    Meu Deus
    É muito flop, mas eu vou acompanhar e me torturar! ABC trouxe prováveis cancelamentos, mas ainda assim acho que vou acompanhar alguns. Chamaram minha atenção:
    -American Housewife
    -Conviction
    -Designated Survivor

  • American Housewife parece ser uma delicinha 😀

  • ricardo

    De acordo com as primeiras reviews do Metacritc: Speechless, American Housewives e Designated Surviver – boazinhas em torno de média 70.

    Conviction: fraca e Notorius: bomba

  • Carina Z.

    Vontade de ver nenhuma dessas séries. Talvez dê uma chance para Designated Survivor, por causa do Kiefer. mas estou morrendo e preguiça dessas séries com mais de 20 episódios por temporadas… dessas só sobrou Supernatural e TWD na minha lista de séries.

  • Fernando d.S.

    Vou conferir Designated Survivor pois gosto de dramas políticos e a série tem um parece ter um bom elenco.
    Conviction e principalmente Notorius parecem ter surgido para pegar carona no sucesso das séries da Shonda tipo Scandal e How to Get Away with Murder.

  • Luis Fernando

    Conviction pela Hayley Atwell e American Housewife pela diversão.

  • gabriel nunes

    DS parece ser legal, mas tenho medo de ser uma nova Quantico (horrivel essa). O elenco é bom, mas as previsões de flop do Michel não animam.
    Veria Conviction por causa da Hayley, mas tem tanta série já pra assistir que passo também.

  • NowSilva

    Não boto fé em nenhuma.

  • Carol Geaquinto

    Adorei Speachless, mas o resto nem sei se verei o piloto, ABC cheia de flop

  • Fernanda :)

    Tomara q Speechless seja boa e Maggie Q vai me obrigar a dar uma chance pra Designated SurvivorzzZZz

  • Marcos

    Tirando o comentário sobre Agent Carter ter uma história fraca, que fica na fronteira entre o ridículo e o ofensivo, de resto eu tendo a concordar com as avaliações sobre esses pilotos. Com certeza não baixarei nenhuma dessas séries, mas talvez assista a da Hayley e a do Kiefer, se passarem na tv, provavelmente na Sony. Talvez eu faça o mesmo com a comédia da atriz que fez Mike e Molly.

  • Anderson Luis

    Vou assistir Designated Survivor por causa de Maggie Q (Nikita<3,Stalker <3) e até curti o trailer mas acho que é o tipo de série que não serve pra ter 20 episódios.
    Conviction me chamou atenção e acho que American Housewife vai ser aquela comédia delicinha, vou checar.

  • Clíssia

    “Este pode ser um dos piores anos que a ABC já teve e eu estou preparado para a avalanche de flops” MORTA COM ESSE SHADE

    Nenhuma dessas séries me deu vontade de assistir, aguardarei as reviews pra ver se a situação muda.

  • Eu deveria estar radiante de alegria porque vários atores e atrizes que gosto estarão protagonizando algo nessa fall-season, mas não estou. Adoro o Kiefer Sutherland, Maggie Q, Hayley Atwell e a Minnie Driver, mas as séries deles não me parecem realmente boas, vejo mais chance de flop do que de sucesso. Ontem vi o piloto de StartUp, estava super empolgado, tem o Martin Freeman, Adam Brody e o Edi Gathegi, é cedo para um veredicto mas perdi boa parte da empolgação. É uma pena, tem muita gente talentosa nessa fall-season, mas a maioria das estreantes parecem estar fadadas ao flop ou a mediocridade.

    Ps: Você tem toda razão Michel, a 2° temporada de 24 horas é ótima, foi uma das coisas mais tensas que eu já vi na tv.

  • Izaias teodoro

    Não vou ver nenhuma, kkk, uma pior que a outra, cada ano que passa os canais a cabo reinam.

  • Matheus

    Já faz tempo que a ABC vêm errando nas séries que estreiam na sua fall e mid-season. Nenhuma dessas séries me empolgou, não é nada do mesmo, mas vou pelo menos tentar assistir o piloto de cada um, pois no último ano tive uma grande surpresa com Quantico e The Family, essa última tinha ainda um grande potencial para uma segunda temporada e foi cancelada prematuramente.
    Mas falando da ABC não me surpreendo, pois renovaram a superestimada The Catch, mesmo com uma trama clichê e apesar de ter uma boa protagonista, não foitinha nada de novo para quem jáconheceu os dramas da Shonda.

  • Walber Lima

    Sempre torço pela ABC mas essa fall season tá complicada.
    Não tem tema que mais me afasta que política, tirando Veep. Mas se fosse em outro horario apostaria fácil em Designated Survivor, achei interesante para quem gosta da proposta. Já Conviction me pareceu bem boring.

    Notorius apostaria que sairia em algo bom, e até me interessei levemente pela trama, essas tramas estilo Quantico e Revenge me atraem um pouco hehe.

    Speechless jurava que era drama ao ler a sinopse, gostei da ideia e to torcendo, mas não devo acompanhar. Já American Housewife me pareceu bem interessante, fora que me lembrou The Neighboors que era otima, e adoro essas criticas ao povo rico, futilidade, e os esnobes (como em The New Old Christine tinha), entretanto não gostei muito dos protagonistas em termos de comicidade.